Brasileiro detido nu no Vaticano está em hospital psiquiátrico, diz irmão

Parente de Cerquilho (SP) diz que Luis Giampaoli quer voltar ao Brasil. Retorno não é forçado por uma extradição, conta Alexandre João Paulo.

O brasileiro Luis Carlos Giampaoli, de 44 anos, que foi detido ao entrar pelado na Basílica de São Pedro, no Vaticano, está internado em um hospital psiquiátrico na Itália e voltará ao Brasil, afirma o irmão Alexandre João Paulo, de Cerquilho (SP). Giampaoli está em um hospital em Roma desde que invadiu nu a basílica em 4 de janeiro, confirma o irmão. 

Alexandre diz que conversou com o irmão nesta terça-feira (12), mas que não falaram sobre o assunto. A volta ao Brasil não seria por deportação, isto é, por obrigação. “Falei só um pouco com ele, a ligação teve que ser bem rápida no hospital. Ele disse que está bem, que está tranquilo. Contou que o Consulado do Brasil o está acompanhando e falou que está ajeitando as coisas para voltar, mas não comentou quando será o retorno. A volta é uma opção dele”, conta.

O Itamaraty foi procurado nesta terça-feira (12), mas não comentou sobre o retorno de Giampaoli ao país. O órgão reforçou apenas que o Consulado do Brasil na Itália acompanha o caso.

Entenda o caso

Luis Carlos Giampaoli entrou pelado na Basílica de São Pedro em 4 de janeiro, dias depois de chegar à Itália. A invasão foi filmada por um turista. No vídeo, ele parece desorientado, usa apenas meias, tênis e carrega uma mochila preta. Giampaoli levanta os braços e grita que não há solidariedade em Roma, dizendo que demorou 17 anos para conseguir a esperada cidadania italiana e que teve que dormir nas ruas.

Ele caminhou nu pela nave da Basílica e se aproximou do Baldaquino sobre o Altar Papal, até que foi contido por seguranças, que o cobriram com um casaco.

Segundo os irmãos, ele é solteiro e não tem filhos. Ao todo, a família é composta por sete irmãos. A maioria vive em Laranjal Paulista (SP), onde os pais de Luis, já mortos, viveram. Alexandre explica que o irmão tem o sobrenome diferente porque foi corrigido. “O certo da família é Giampaoli, mas aqui no Brasil, desde a época do meu avô, erraram o sobrenome e todos nós ficamos como o sobrenome João Paulo”, explica.

Com informações do site G1

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário