fbpx
Briga de PMs por disputa de terreno acaba em assassinato no Lago Norte (DF)

Uma discussão entre dois policiais militares do Distrito Federal sobre a posse de um terreno na MI 10, no Lago Norte, na chácara Vale dos Ipês, acabou com a morte do sargento Raimundo Ribeiro dos Santos Muller, atingido por um tiro no peito. O crime ocorreu na manhã desta terça-feira (1º/8).

O autor do disparo, o subtenente reformado Osvaldo Arcanjo de Souza, se apresentou em seguida na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), acompanhado de um advogado.

Segundo informações preliminares da polícia, o subtenente já teria sido citado em outras ocorrências relacionadas à disputa de terras na região, por ameaças. Não foi a primeira vez que os dois brigaram por causa do lote.

Sargento Raimundo Ribeiro dos Santos Muller
Sargento Raimundo Ribeiro dos Santos Muller

A vítima, lotada no Colégio Militar Tiradentes, chegou a ser socorrida com vida, em estado gravíssimo, e levada ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa). Porém, não resistiu aos ferimentos.

Ao Metrópoles, o filho de Raimundo, Camilo Yago Ribeiro dos Santos, disse que na manhã desta terça a família ouviu um barulho no portão e o sargento saiu para saber do que se tratava. “Depois que ele saiu de casa, só ouvimos um barulho semelhante a tiro. Saímos e vimos o meu pai deitado de bruços em um poça de sangue”, contou.

Ainda de acordo com ele, o subtenente teria ficado parado, olhando o outro PM morrer. Segundo o jovem, o pai saiu desarmado de casa e não teria motivos para ser assassinado.

A Polícia Militar informou, por meio de nota, “que o fato será apurado pela Corregedoria e, por ser um crime comum, também será analisado pela Justiça comum”.

Fonte: metropoles.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta