Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Briga entre cunhados termina com morte de vizinho que voltava de supermercado

Segundo o registro policial, suspeito fez vários disparos de arma de fogo contra o alvo, mas acabou acertando a vítima que nada tinha a ver com a discussãoSegundo o registro policial, suspeito fez vários disparos de arma de fogo contra o alvo, mas acabou acertando a vítima que nada tinha a ver com a discussão

0

Um homem de 35 anos morreu quando voltava do supermercado, onde tinha ido comprar um refrigerante, na noite de segunda-feira (23), no bairro Portal Caioba II, em Campo Grande. A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo que partiu de uma residência onde ocorria uma festa de família e dois cunhados começaram a discutir.

Segundo o registro policial, dois cunhados estavam brigando após uma tarde de festa regada a bebida alcoólica. Um deles, que mora em uma fazenda e estava passando um tempo na cidade, foi esfaqueado no pescoço e, em seguida, alvo dos disparos de arma de fogo.

Mas o suspeito acabou acertando o vizinho nas costas, nádegas e ombro que perguntou ao suspeito se precisava de ajuda e nada tinha a ver com a discussão de família. Uma multidão logo se formou em torno do suspeito e gritava por justiça.

Os policiais fizeram buscas pessoal no suspeito e encontraram na cintura dele um revólver calibre 32 milímetros com numeração raspada e cinco cápsulas deflagradas. Em seguida ele foi levado para viatura.

Também foram acionados o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atender o cunhado do suspeito que estava ferido no pescoço e estava em estado grave.

A irmã da vítima esfaqueada disse à polícia que os familiares estavam bebendo na residência havia horas, enquanto ela lavava roupa no fundo da casa. Quando ouviu uma discussão anormal, foi ver o que acontecia e quando perguntou ao marido, esse pegou a faca tipo peixeira e feriu o irmão dela. Ela tentou defender o irmão e ninguém viu porque estavam todos na cozinha.

Ela ainda disse que, em seguida, furioso, teria pegado o revólver calibre 32 dentro do guarda-roupa no quarto e efetuado dois disparos dentro da residência e saiu gritando em direção à rua. O marido teria parado na frente da casa quando o vizinho teria perguntado se estava tudo bem. Nesse momento o suspeito teria descarregado o revólver.

De acordo com a polícia, o cunhado esfaqueado tem um mandado de prisão em aberto e foi encaminhado para Santa Casa sob escolta policial. A assessoria do hospital informou que a vítima deu entrada como desconhecido e está no centro cirúrgico na manhã desta terça-feira (24).

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil, homicídio simples na forma tentada e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga.

Comentários
Carregando