fbpx
Briga entre cunhados termina com morte de vizinho que voltava de supermercado

Um homem de 35 anos morreu quando voltava do supermercado, onde tinha ido comprar um refrigerante, na noite de segunda-feira (23), no bairro Portal Caioba II, em Campo Grande. A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo que partiu de uma residência onde ocorria uma festa de família e dois cunhados começaram a discutir.

Segundo o registro policial, dois cunhados estavam brigando após uma tarde de festa regada a bebida alcoólica. Um deles, que mora em uma fazenda e estava passando um tempo na cidade, foi esfaqueado no pescoço e, em seguida, alvo dos disparos de arma de fogo.

Mas o suspeito acabou acertando o vizinho nas costas, nádegas e ombro que perguntou ao suspeito se precisava de ajuda e nada tinha a ver com a discussão de família. Uma multidão logo se formou em torno do suspeito e gritava por justiça.

Os policiais fizeram buscas pessoal no suspeito e encontraram na cintura dele um revólver calibre 32 milímetros com numeração raspada e cinco cápsulas deflagradas. Em seguida ele foi levado para viatura.

Também foram acionados o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atender o cunhado do suspeito que estava ferido no pescoço e estava em estado grave.

A irmã da vítima esfaqueada disse à polícia que os familiares estavam bebendo na residência havia horas, enquanto ela lavava roupa no fundo da casa. Quando ouviu uma discussão anormal, foi ver o que acontecia e quando perguntou ao marido, esse pegou a faca tipo peixeira e feriu o irmão dela. Ela tentou defender o irmão e ninguém viu porque estavam todos na cozinha.

Ela ainda disse que, em seguida, furioso, teria pegado o revólver calibre 32 dentro do guarda-roupa no quarto e efetuado dois disparos dentro da residência e saiu gritando em direção à rua. O marido teria parado na frente da casa quando o vizinho teria perguntado se estava tudo bem. Nesse momento o suspeito teria descarregado o revólver.

De acordo com a polícia, o cunhado esfaqueado tem um mandado de prisão em aberto e foi encaminhado para Santa Casa sob escolta policial. A assessoria do hospital informou que a vítima deu entrada como desconhecido e está no centro cirúrgico na manhã desta terça-feira (24).

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil, homicídio simples na forma tentada e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta