fbpx
Cabo da Aeronáutica e mais 7 são executados em chacina

Cerca de 10 homens armados invadiram festa e começaram a atirar

Oito pessoas morreram e uma ficou ferida em uma chacina na noite deste domingo, 5, por volta das 22h, na cidade de Porto Seguro, no Extremo Sul da Bahia. De acordo com o site Radar 64, cerca de 10 homens armados invadiram uma casa onde era realizada uma festa e começaram a atirar.
Testemunhas relatam que os criminosos usaram armas pesadas, como fuzil e metralhadora, no atentado. Cinco corpos foram encontrados dentro da casa e os demais do lado de fora do imóvel.
O ferido foi levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães. Não há informações sobre o estado de saúde dele, que não foi identificado.
As pessoas que morreram também não tiveram os nomes revelados. Contudo, há relato de que duas vítimas são filhos de policiais.
CABO DA AERONÁUTICA
Uma das vítimas da chacina de Porto Seguro, na noite de ontem, no bairro Porto Alegre I, foi identificada como o CB da Aeronáutica Vinicius Bispo, natural de Itabuna. Outra vítima foi identificada como Gabriel. Na tragédia, oito jovens morreram.
De acordo com a polícia, ainda não existe uma linha de investigação, a primeira suspeita que aparece ainda não oficial, seria o envolvimento de uma das vítimas com uma ex-mulher de traficante.
O ataque aconteceu por volta das 23 horas, quando pelo menos 10 bandidos fortemente armados atiravam sem parar contra a casa que estavam os rapazes.

Tiraram as mulheres

A caminhonete usada pelos bandidos na chacina foi encontrada abandonada, nesta segunda-feira (06), no bairro Mirante. Segundo a Polícia Militar, o veículo modelo Ranger, cor vermelha, havia sido roubado pouco tempo antes do crime no Ubaldinão.
O ataque a uma casa no bairro Porto Alegre I, onde acontecia uma festa, resultou em oito homens mortos e um gravemente ferido. Bandidos armados com fuzis, metralhadora e pistola retiraram as mulheres do local e atiraram em nove pessoas.
“A casa era alugada para realização de festas. Inclusive, em dezembro, bandidos já haviam atirado na fachada desse imóvel, mas não havia ninguém no local”, disse o major Anacleto França, comandante do 8º Batalhão. O dono da casa também está entre os mortos.
Até o momento, apenas seis nomes de mortos foram confirmados: Os irmãos Vinícius Bispo, cabo da Aeronáutica, e Victor Bispo, servidor público municipal, eram filhos de um policial civil. Igor Lélis, 22 anos, também era filho de um policial militar.
Também morreram Felipe Ricardo Lopes Borges, 27 anos, Gabriel Lobo, 22 anos e Caio, de 21.
Com informações A Tarde, Radar 64 e Plantão Itabuna
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta