Caerd executa plano de contingência e começa a exonerar membros do alto escalão

O Plano também contempla a cobrança de consumidores devedores

Para deixar a folha de pagamento em dia (está com atraso de três meses), a companhia se comprometeu em desonerar a folha, fazendo o enxugamento nas polpudas gratificações e salários que são pagos atualmente aos membros do alto escalão. O Plano também contempla a cobrança de consumidores devedores.

Na edição desta quarta-feira (27) o Diário Oficial do Estado publicou uma lista com mais de 30 exonerações de membros do alto escalão da CAERD, atingindo o Setor de Gestão e Negócios da estatal.

Nova diretoria

A nova diretoria da Caerd foi empossada no dia 10 de junho pelo Conselho Administrativo da Companhia. Ex-vereador de Pimenta Bueno José Irineu é o novo gestor.

Em Porto Velho vinha faltando água sistematicamente em diversos pontos da cidade. A atual gestão conseguiu resolver a questão. O problema ocorria, pois, na captação do Cai N’Água tem um encanamento flexível. Com o peso da água rompia-se a junção, e consequentemente o fornecimento era interrompido. Eles fizeram um suporte metálico que mantém o encanamento fixo e agora não rompe mais.

A Caerd tem para receber apenas dos municípios onde atende, cerca de R$ 50 milhões. O rombo na empresa é de R$ 61 milhões. Além disso existe a inadimplência dos consumidores. Levantamentos preliminares apontam que a empresa é viável sim, o que falta é gestão e vontade governamental.

A previsão de economia apenas com a extinção das gratificações e dos cargos comissionados, passa de R$ 1 milhão/mês.

Painel Político/ Com informações do Rondoniaovivo

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta