Câmara cogita CPI dos supersalários de juízes e procuradores

Uma parte dos parlamentares teme que iniciativa gere “guerra” com o Ministério Público.

Enquanto uma parte dos deputados brasileiros cogita a possibilidade de coletar assinaturas para criar uma CPI dos Supersalários, logo após o fim do recesso parlamentar, outra fatia busca a harmonia com o Ministério Público.

De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o foco do abaixo-assinado seriam procuradores e juízes, mas integrantes do Executivo e do Legislativo entrariam no escopo para evitar a ideia de perseguição.

O acirramento do embate foi agravado pela decisão da Justiça, em São Paulo, na semana passada, de cortar o reajuste dos vereadores da capital, concedido por eles próprios. A bancada paulista em Brasília não teria aceitado.

Para muitos parlamentares, no entanto, a CPI seria uma declaração de guerra e, por isso mesmo, é vista com cautela.

Deixe uma resposta