Câmara de SP recorre para manter aumento de salário a vereadores

In Política
Câmara de SP recorre para manter aumento de salário a vereadores
Espalhe essa informação

A Procuradoria da Câmara Municipal de São Paulo protocolou recurso nesta terça-feira no Tribunal de Justiça de São Paulo; aumento dos salários foi de 26%.

A Procuradoria da Câmara Municipal de São Paulo protocolou recurso na noite desta terça-feira no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para manter o reajuste de 26% no salários dos vereadores. Em dezembro, os parlamentares aprovaram um aumento de 15.031,76 reais para 18.991,68 reais, válido para o exercício de 2017 a 2020.

O recurso da procuradoria é uma ação “automática”, adotada quando um projeto aprovado – no caso, um Projeto de Resolução, uma vez que não depende de sanção do Poder Executivo – é contestado pela Justiça, segundo informou a Mesa Diretora da Câmara, ao confirmar o ingresso do recurso. O Tribunal de Justiça barrou o aumento, aprovado por 30 dos 55 vereadores paulistanos, às 13h50 do dia de Natal, 25 de dezembro.

Ao estipular o reajuste, os parlamentares consideraram os valores dos salários dos deputados estaduais, 25.322,25 reais, e subiram seus próprios salários para 75% desse valor, o máximo permitido por lei.

Alegaram que o aumento se daria pelo teto dizendo que “a fixação pelo valor máximo permitido justifica-se diante do gigantismo de São Paulo, a maior cidade do Brasil, cujos problemas sociais, econômicos, políticos e culturais exigem dos Vereadores envolvimento e dedicação proporcionais à responsabilidade do mandato que exercem”, segundo a justificativa ao texto protocolada na Câmara. Agora, à Justiça, usam o mesmo argumento. A primeira sessão da nova legislatura da Câmara Municipal está marcada para o dia 1º de fevereiro, uma quarta-feira.

Fonte: veja.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Parentes dizem que soldados que se afogaram em lago não sabiam nadar

Parentes dizem que soldados que se afogaram em lago não sabiam nadar

Espalhe essa informação Recrutas faziam um treinamento de localização na mata em grupos de quatro pessoas. Parentes dos soldados

Read More...
Goleiro Bruno se entrega à polícia antes de receber voz de prisão

Goleiro Bruno se entrega à polícia antes de receber voz de prisão

Espalhe essa informação Como a delegacia ainda não havia sido informada da decisão do STF, o jogador do Boa

Read More...
Pai leva interno foragido de volta para Fundação Casa de Ferraz, em SP

Pai leva interno foragido de volta para Fundação Casa de Ferraz, em SP

Espalhe essa informação De acordo com a fundação, 17 internos fugiram no último domingo (23); dois voltaram para a

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu