fbpx
Camaro invade calçada, mata mulher e deixa dois feridos em Florianópolis; veja

Justiça acatou pedido de prisão preventiva do motorista

Um motorista matou uma mulher e deixou outras duas pessoas feridas na madrugada de Réveillon nos Ingleses, em Florianópolis. Ela foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Outros dois homens atingidos estão internados em estado grave.

O carro, um Chevrolet Camaro preto com placas de Sapiranga (RS), invadiu a calçada em frente à loja RMS Auto Som, na rodovia Armando Cali Bulos. Foi por volta das 3h. Conforme parentes, a mulher que morreu se chamava Cristiane Flores e era esposa do proprietário do estabelecimento, que também foi atingido, Nilandre Lodi. Ele está internado no Hospital Celso Ramos e precisou amputar as duas pernas acima do joelho, segundo a direção do hospital. O casal era de Passo Fundo (RS) e estava junto há 8 anos, três deles morando em Florianópolis.

Nilandres e a esposa, Cristiane, planejavam voltar com os filhos para Passo Fundo em fevereiro
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O terceiro ferido foi identificado como Gean Mattos. Ele foi levado ao Hospital Regional e está em coma induzido. Ele é amigo da família e levava casal de volta pra casa, após passar o Réveillon na praia. A casa fica atrás da loja de auto som. Lá estavam os dois filhos do casal, uma adolescente de 13 anos e um menino de 5, além de outros parentes que vieram passar o ano novo no norte da Ilha.

Prisão preventiva

O pedido de prisão preventiva foi aceito pela Justiça, e o motorista do Camaro que atropelou três pessoas na madrugada de Réveillon nos Ingleses, em Florianópolis, é oficialmente considerado foragido. Jeferson Bueno, 29 anos, fugiu do local do acidente e responderá pelo crime de homicídio doloso e duas tentativas de homicídios.

Conforme o delegado Eduardo Mattos, responsável pelas investigações, as polícias Civil e Militar gaúchas estão auxiliando nas investigações, já que é possível que ele tenha voltado para Sapiranga, (RS), onde mora e possui uma empresa especializada na confecção de metais.

— Já estamos em contato como advogado do Jeferson. Há a possibilidade de uma equipe nossa se deslocar para lá. É questão de tempo até que ele se entregue ou seja preso — afirma o delegado.

Empresário Jeferson Bueno, 29 anos, é considerado foragido
Foto: Reprodução / Facebook

Jeferson é o único suspeito do crime. De acordo com Eduardo Mattos, não há comprovação de racha. Mas é possível que um terceiro veículo envolvido no acidente, um Audi, tenha contribuído, ainda que sem intenção. Conforme a Polícia Civil, em um primeiro momento o motorista do Audi foi confundido com o causador do acidente e acabou agredido por moradores. O jovem já foi ouvido pelo delegado Eduardo Mattos, mas não teve o nome divulgado.

Horas depois do atropelamento, segundo Mattos, o condutor deixou o imóvel que ele e a família haviam alugado nos Ingleses. Bueno teria alegado problemas de saúde entre os familiares. O motorista teria chegado no dia 29 de dezembro em Florianópolis e pretendia deixar a cidade nesta segunda-feira.

Motorista fugiu sem prestar socorro

A namorada de Gean Matos, Schaiane Sotelli, de 17 anos, estava no local quando tudo aconteceu. Ela usava o celular dentro da camionete de Gean, enquanto o namorado, Cristiane e Nilandres, saíam para pegar o cooler no porta-malas. Estavam voltando do Réveillon na praia. Neste instante, os três foram atingidos pelo Camaro preto, que invadiu a calçada.

G1 e Diário Catarinense

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta