Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Caminhão de piche pega fogo enquanto asfaltava avenida em Machadinho, RO

Veículo jogava piche na Avenida Diomero Moraes Borba, na quinta (9). Alta temperatura derreteu as saídas do produto e iniciou as chamas.

0

Um caminhão carregado com emulsão asfáltica, conhecido como piche, pegou fogo na tarde da última quinta-feira (9) na Avenida Diomero Moraes Borba, em Machadinho D’Oeste (RO), no Vale do Jamari. Conforme o Corpo de Bombeiros, uma das saídas do produto no veículo, utilizado para fixar o asfalto ao solo, se superaqueceu e fez com se propagasse as chamas. Ninguém ficou ferido no incidente.

Ao G1, o 2º Sargento do Corpo de Bombeiros, José Ricardo Vasques Melo, explica que o piche é um produto de alta combustão, por também ser derivado do petróleo, mas por se tratar de um material sólido não houve explosão.

“Existe um tubo debaixo dele que é conectado em vários sprays que jogam o piche no chão, provavelmente alguma coisa entre o tubo e esses sprays se superaqueceu e fez com que derretesse o tubo, onde o produto saiu tudo de uma vez e propagou as chamas”, comenta.

O veículo possui capacidade de 4 mil litros e no momento do incidente estava carregado com 2 mil quilos.

“Ele fica dentro do tanque em estado sólido e a temperatura exercida nos bicos vai derretendo o produto, que em seguida é jogado no solo”, detalha o Sargento Vasques.

Conforme o sargento, a corporação recebeu várias ligações de moradores da localidade para que apagar um rastro de fogo que se esparramou em meio ao produto que se espalhava em direção às residências.

Chamas são apagadas por Bombeiros no Vale do Jamari (Foto: José Ricardo Vasques/Arquivo Pessoal)

“Quando fomos acionados, a preocupação era de que as casas próximo ao incidente são todas de madeira, por que lá é um bairro é antigo e as maiorias dos imóveis são de madeira. Quando aquele produto desceu, ele formou um rastro de fogo e a fumaça preta e densa começou a ir pra cima das residências, os moradores estavam preocupados, por que o líquido estava escorrendo para dentro dos quintais”, relata.

De acordo com Vasques, dez bombeiros se deslocaram até a localidade para atuar na ocorrência com o auxílio do caminhão Auto Bomba Tanque (ABT) e um caminhão pipa da empresa responsável pelos trabalhos de asfaltamento.

Após cerca de 45 minutos, os bombeiros conseguiram resfriar o veículo e conter as chamas que se espalhavam pela via.

Para conter as chamas, os bombeiros precisaram utilizar três mil litros de água e não foi preciso utilizar a carga do caminhão pipa. O caminhão espargidor ficou totalmente destruído, mas ninguém se feriu no incidente.

Fonte: g1/ro
Comentários
Carregando