Canadá pode ser 2º país a legalizar maconha para lazer

Desde agosto do ano passado, pacientes que usam a maconha como forma terapêutica podem cultivar as plantas em suas casas.

O Canadá poderá se tornar o segundo país no mundo a permitir em todo o seu território o uso recreativo de maconha, depois apenas do Uruguai.

Cumprindo uma de suas promessas eleitorais, nesta quinta-feira (13/4), o primeiro-ministro da nação, Justin Trudeau, apresentou um projeto que defende que cannabis seja usada de todas as maneiras em um período de um pouco mais de um ano.

Se o projeto for aprovado, o que muito provável, ele legalizará o uso da substância para lazer até 1º de julho do ano que vem, data que coincide com um feriado nacional. No Canadá o consumo da droga para fins medicinais já era permitido desde 2011.

Além disso, desde agosto do ano passado, pacientes que usam a maconha como forma terapêutica podem cultivar as plantas em suas casas, mesmo que em “quantidades limitadas”.

O maior debate em relação à questão acaba não sendo a aprovação do projeto em si, mas sim a idade mínima para a compra da cannabis pelos canadenses. Alguns ativistas e organizações acreditam que a idade deveria ser 18 anos. Já outros acham que a ideal é 25 anos para evitar que a maconha prejudique o cérebro dos mais jovens.

Fonte: metrópoles.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta