fbpx
Candidata Ada Dantas tenta justificar um erro com outro erro

Ela divulgou (e apagou) foto com policiais militares fardados exibindo cartaz de campanha e acusa comando de “favorecer” outro candidato

A candidata Ada Dantas, que disputa uma cadeira na Câmara de Vereadores de Porto Velho, que na semana passada havia postado em seu perfil no Facebook uma foto com uma guarnição fardada da Polícia Militar em horário de expediente (eles estavam ao lado de uma viatura, portando armas), tentou justificar

Postagem feita na página da candidata que já foi apagada
Postagem feita na página da candidata que já foi apagada

seu erro usando outro.

Ela divulgou um video acusado o Coronel Alcântara, do Primeiro Batalhão, de ter feito “campanha” para o vereador Cabo Anjos, e mostrou uma foto no computador em que aparece o cabo e o coronel em uma sala.  Segundo Ada, “o coronel apóia o cabo e em nenhum um momento ela fez declaração  ou jogou na imprensa”. Ela disse ainda que a polícia está “punindo os policiais que a apóiam e fazem vista grossa ao apoio do coronel a seu candidato”.

Na verdade Ada Dantas cometeu três erros, o primeiro de não ter denunciado Cabo Anjos e o coronel, o segundo de ter usado policiais fardados como seus apoiadores e o terceiro de tentar justificar um erro com outro erro. Veja abaixo o vídeo com as “explicações” da candidata:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Candidata Ada Dantas tenta justificar um erro com outro erro

  1. A Candidata cita a punição da PM,mais não cita que seu esposo que é Deputado,tambem está punindo,seus assessores de Gabinete que se recusam a trabalhar na campanha de sua esposa.

Deixe uma resposta