fbpx
Carta às trabalhadoras e trabalhadores da educação – Professor Xavier

Quantas vezes dirigentes do nosso próprio sindicato se aliaram ao governo?

Caríssimas e Caríssimos Colegas,

O estado de Rondônia viveu, nos últimos anos, momentos de muita turbulência política e administrativa, fatos que contribuíram, de maneira significativa, para comprometer o bom andamento de todos os setores produtivos e profissionais, como é possível constatar, mesmo em uma
análise superficial.

As rodovias estaduais estão em péssimas condições de trafegabilidade, os hospitais públicos passaram a ser controlados por políticos, através do esquema conhecido como “fura-fila”, em que o político escolhe quem vai ser atendido. Vários dirigentes de sindicatos se aliaram ao governo, em troca de
benefícios individuais e passaram trair os filiados, em negociações realizadas, muitas vezes, em salas fechadas onde os trabalhadores e trabalhadoras nem sempre eram o motivo das reuniões.

Assim, e considerando que tivemos muitos prejuízos resultantes dessa política de compadres, precisamos fazer uma reflexão muito serena, sobre o atual momento, principalmente porque diversas pessoas que judiaram da nossa categoria hoje surgem pregando que querem salvar a Educação.

Precisamos avaliar quem são realmente as pessoas que defendem nossa categoria e quem são as pessoas que, muitas vezes, venderam nossos sonhos, venderam nosso suor e traíram nossa confiança, fazendo acordos em pequenas salas fechadas da capital, muito longe de onde nossa categoria estava
reunida esperando boas notícias.

Precisamos refletir sobre situações que nos causaram muito sofrimento. Quantas vezes fomos traídos?

Quantas vezes ficamos órfãos, em nossas reivindicações? Quantas vezes tentamos ser ouvidos e os governantes fecharam as portas? Quantas vezes dirigentes do nosso próprio sindicato se aliaram ao governo? Quantas vezes encerramos greves com vontade de chorar, pelo descaso com que fomos
tratados? Quantas vezes pensamos em desfiliação do sindicato, pela sensação de traição de um ou de outro dirigente? Quando nós sofremos, de que lado estavam as pessoas que hoje pedem nosso voto? Quando reclamamos dos altíssimos valores do nosso plano de saúde, quem são as pessoas que
pararam para nos ouvir? Por que será que temos colegas esperando dois, três, cinco anos pelo deferimento de sua aposentadoria?

A resposta para estas e outras perguntas é a mesma: NÓS PRECISAMOS TER UM REPRESENTANTE QUE CONHEÇA NOSSOS PROBLEMAS. Até quando nós vamos aceitar sermos traídos, enganados por governantes ou dirigentes sindicais que defendem o governo? Até quando nós vamos aceitar a
dança das cadeiras no sindicalismo? Até quando nós vamos esperar que seja cumprido o Plano Estadual de Educação? Muitas dessas pessoas que hoje dizem que querem defender nossa categoria já estiveram em postos que poderiam ter nos defendido. Muitas pessoas que pedem nosso voto hoje já
venderam nossa categoria em encerramento de greves. É hora de refletir!!! É hora de identificar quem realmente defende nossa categoria!! Chega de traição!! Chega de enganação!!

A MUDANÇA COMEÇA PELA EDUCAÇÃO!!!

Professor Xavier

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta