• Homepage
  • >
  • Cotidiano
  • >
  • Polícia
  • >
  • Casal de namorados assassinado com 26 tiros não tinha inimigos e crime pode ter sido “por engano”

Casal de namorados assassinado com 26 tiros não tinha inimigos e crime pode ter sido “por engano”

Os parentes do casal de namorados Diogo Alves Nunes, de 21 anos, e Mariana Helena Siqueira Matias, de 20, estão indignados com o assassinato deles, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Os familiares afirmam que não têm conhecimento de desavenças dos jovens, pois eram queridos por todos.

“Nunca imaginei que meu filho fosse morrer dessa forma, meu coração está quebrado, destruído. Eles eram pessoas maravilhosas”, disse a mãe de Diogo, a administradora Maria José Alves Nunes, de 49 anos.

O duplo homicídio aconteceu na noite de sexta-feira (16), no Setor Mont Serrat. Segundo o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), Mariana Helena foi encontrada morta na porta de casa. Já o namorado estava caído ao lado do carro do pai dele, um VW Jetta, a cerca de 100 metros do corpo da jovem.

Casal foi assassinado com 26 tiros

O delegado Fabrício Flávio Pereira, que foi no local do duplo homicídio, suspeita que os criminosos tenham agido de forma premeditada, cortando o pneu do automóvel para obrigar Diogo a parar e trocá-lo. No momento do crime, o veículo estava suspenso por um macaco hidráulico, com o estepe e a chave de roda ao lado.

Segundo a equipe do GIH, os policiais encontraram 17 perfurações no corpo de Mariana e outras nove, no de Diogo. Porém, a quantidade de tiros só será confirmada após o laudo do Instituto Médico Legal.

Maria José não sabe o que pode ter motivado o crime, pois não tinha conhecimento de desavenças do filho. “Eu não sei o que aconteceu. Que eu saiba, ele não recebeu nenhuma ameaça. Não tinha envolvimento com nada de errado, era tranquilo, muito esforçado, ficava muito com a Mariana, gostava de andar de moto, de carro”, relatou.

Primo de Mariana Helena, o consultor de vendas Victor Augusto Siqueira, de 33 anos, também não tem ideia do que levou alguém a matar o casal. O parente, que morava na mesma casa da jovem, considera, inclusive, que eles podem ter sido mortos por engano.

O delegado informou que nada foi levado das vítimas, que não possuíam antecedentes criminais. A corporação busca imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar os criminosos. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Por favor, dê um like em nossa página no Facebook
Placeholder
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília

Associado da Liga de Defesa da Internet