fbpx
Casal morre com 20 minutos de diferença após 63 anos juntos

Henry, veterano da Guerra da Coreia, e Jeanette De Lange, professora de música, se casaram em 1953.

Um homem e uma mulher octagenários que estavam juntos ha 63 anos morreram com apenas 20 minutos de diferença em um asilo de Platte (Dakota do Sul) no domingo, informou nesta terça-feira a imprensa local.

Jeanette, de 87 anos e que sofria com Alzheimer desde 2011, morreu primeiro às 17h10 da tarde de domingo; e apenas 20 minutos depois, no mesmo quarto, morria Henry, que tinha câncer de próstata, indicou a emissora local KSFY.

Henry costumava visitar diariamente sua esposa na residência da terceira idade onde estava internada em Platte, mas após várias quedas, os médicos o aconselharam se internar também na semana passada. “Colocaram mamãe e papai no mesmo quarto, o que foi muito doce. Na quarta-feira, quando entrou na residência, disse ‘não sei quantos dias tenho. Quantos dias mais o bom o senhor me terá aqui”, explicou Lee De Lange, um dos cinco filhos do casal em uma entrevista à KSFY.

No domingo, os médicos chamaram a família ao ver que o final já estava próximo. “O médico disse que o pulso de papai tinha piorado e avisado que achava que ele iria primeiro. Cinco minutos depois, o assistente disse que achava que mamãe iria em breve”, acrescentou.

Jeanette morreu às 17h10 do domingo. “Meu irmão Keith disse ao papai: ‘mamãe foi para o céu, não precisa lutar mais, pode ir quando quiser’. Estava na cama. Pela primeira vez, abriu seus olhos, olhou atentamente para onde estava mamãe. Fechou os olhos e voltou a dormir, quase dez minutos após isso, ele morreu”, disse Lee.

Henry De Lange morreu às 17h30. Uma emotiva história similar aconteceu no início de verão quando George e Ora Lee Rodríguez morreram com apenas horas de diferença após 58 anos casados em sua casa de San Antonio (Texas).

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta