Casal morre com horas de diferença após 62 anos juntos

Um casal da Califórnia, EUA, morreu com apenas quatro horas de diferença um do outro, após viverem 62 anos juntos. Don e Maxine Simpson faleceram no último domingo, segundo informações doDaily Mail.

Don Simpson sofreu uma queda em casa, na semana passada, desenvolvendo problemas graves. Ele foi hospitalizado e, logo em seguida, a família descobriu que o câncer contra o qual Maxine lutou nos últimos anos, havia piorado.

Após receberem tratamento no hospital, os dois foram liberados e voltaram para casa. A neta dos dois, Melissa Sloan, fotografou os avós por anos e, como prova de amor, conseguiu capturar seus últimos momentos juntos, quando, mesmo doentes, estavam de mãos dadas.

No último domingo, a idosa morreu enquanto dormia (ao lado do marido). O corpo de Maxine foi retirado do quarto e, apenas quatro horas depois, foi Don quem morreu. A neta deles disse que, apesar da tristeza da família, todos estavam muito emocionados com a cumplicidade que permaneceu até o final da vida, entre eles. “É uma verdadeira história de amor”, disse.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta