fbpx
Casal morre eletrocutado quando estendia roupa molhada

Eles não notaram que um fio estava em contato com um cabo solto. O filho, uma criança de cinco anos, viu o acidente

Um casal foi eletrocutado em casa, na cidade de Cochabamba (Bolívia) ao manipular um fio de metal que teve contato com um cabo de energia elétrica estava solto em casa e eles não tinham notado.

O comandante da polícia do departamento de Cochabamba, Ronald Sánchez, confirmou o acidente infeliz e disse que os corpos foram removidos de sua casa por agentes da Divisão de Homicídios da Força Especial contra o Crime (FELCC).

“Houve um caso de morte acidental por choque elétrico”, o chefe de polícia disse ontem de manhã e disse que o caso no domingo foi gravado em um edifício localizado na Esteban Gonzáles Avenue, perto da área de Villa México.

As vítimas foram identificadas como Roly Torrico, 30, e Shirley Patricia Arévalo Mamani, 31.

Criança pediu ajuda

O relatório da polícia afirma que Shirley Patricia foi a primeiro a sofrer o choque, quando tentava pendurar roupas molhadas no fio eletrificado e foi lançada a vários metros ficando inconsciente no chão.

Vendo isso, Roly veio para ajudá-la, mas não tomar cuidado para verificar o que estava acontecendo e também sofreu um choque que o deixou inconsciente.

O filho do casal, um menino de cinco anos, viu o que aconteceu e pediu ajuda de um vizinho.

As informações são do site El Deber

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta