Casal preso na Cerberus ganhava junto R$ 7 mil, mas tinham imóveis, lojas e até um haras

A Operação Cerberus que desarticulou uma quadrilha de fraudadores com ramificações dentro da prefeitura municipal de Mirante da Serra tendo como corpo principal o ex-prefeito Vitorino Cherque, revelou uma faceta de um casal preso na referida operação comandada pela PF e CGU. Trata-se do secretario municipal de Fazenda e Administração da prefeitura de Mirante da Serra, João Paulo Leocardio e sua esposa a contadora Josiane Tereza Moreno Yasaka o casal levava uma vida de riqueza e ostentação uma afronta para o pequeno município onde os serviços básicos estão em estado de calamidade pública tendo como exemplo maior o Hospital Municipal que passa por uma grave crise sem precedentes faltando desde uma simples gaze até o profissional médico para atender a população que clama por Justiça.

O casal João Paulo e Josiane Yasaka sempre foi alvo de comentários na cidade quanto ao patrimônio ostentado levando em conta a renda do casal como funcionários públicos municipais que somados não chega a R$ 7 mil reais mensal. Lotes rurais e urbanos, lojas de confecções, uma oficina de motos, duas casas de revenda de produtos agropecuários, uma loja de informática entre outros bens foi o que descobriu a PF e a CGU durante as investigações da Operação Cerberus. A coisa estava tão sem limites que João Paulo mantinha em uma de suas propriedades rurais um haras somente com cavalos de raça com o preço médio de R$ 60 mil cada animal.

Quando os policiais federais chegaram à mansão do casal em Mirante da Serra avaliada em cerca de hum milhão de reais encontraram no seu interior o que tem de melhor em termo de moveis e eletrodomésticos, mas o que chamou a atenção dos agentes da Lei foi um quarto com ar-condicionado e no seu interior como hospedes cachorros de raça.

Veja alguns dos bens materiais do casal que é considerado um verdadeiro fenômeno na arte de multiplicar um ganho mensal de cerca de R$ 7 mil reais num patrimônio avaliado até o presente momento em milhões de reais.
















Fonte: ouropretoonline.com

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário