Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

“Caso Neymar”: ex-presidente do Barça pode ir para a cadeia

0

O ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, pode pegar quatro meses de prisão na Espanha devido a irregularidades na contratação de Neymar, em 2013. O clube catalão admitiu que houve problemas na transação e negocia o pagamento de multa à Justiça para encerrar o caso. As informações são da rádio espanhola Cadena SER.

O Barça estaria analisando como atender o pedido da justiça local, que inclui, além de indenização de 22 milhões de euros (R$ 72,3 milhões), a apresentação de uma figura central no caso, que ficaria detida por 120 dias. O Barça aceita o pagamento da multa, mas contesta a detenção, pois ressalta não ter agido com ma-fé no caso. Mas o Ministério Público espanhol alega ter elementos contundentes comprovando que Rosell simulou contratos com o pai do jogador para fugir do pagamento de impostos. A polêmica custou o cargo de Rosell no clube catalão.

A investigação nasceu de denúncias de que o ex-presidente se apropriou de parte do valor da transferência sem justificar ao fisco espanhol. Os valores chegariam a 9 milhões de euros, cerca de R$ 27 milhões).

O Barcelona, que no início da investigação havia dito que pagou 17 milhões de euros por Neymar, admitiu posteriormente o pagamento de 57 milhões de euros. A diferença seria um adiantamento ao pai de Neymar, que admitiu o recebimento, visto como ilegal pelo Santos, que entende que o valor teria de ser igualmente repartido entre os donos dos direitos econômicos do atleta na época (o Santos, a DIS e a família de Neymar). Posteriormente, o valor final do negócio foi de 86,2 milhões de euros (R$ 286 milhões). As contas não fecham.

Fonte: terra

Comentários
Carregando