Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Caso Raíssa: Alexsandro Mendes Castelo Branco vai à Júri no próximo dia 20 de Maio

0

O réu, que se encontra preso, em Guajará-Mirim, desde o ultimo dia 03 de Março por ter agredido sua atual companheira, também menor de idade, e alguns familiares da companheira, Alexsandro Castelo Branco vai ser julgado pelo Tribunal do júri por ter praticados os crimes do Artigo 121, parágrafo §2º, incisos II e IV (Homicídio Qualificado) e se for condenado sua pena pode variar entre 12 a 30 anos iniciado pelo regime fechado.

A Família busca a condenação do réu para que ele tenha muito tempo para pensar na crueldade que cometeu a uma pessoa que não teve ao menos a oportunidade de defesa, inclusive fornecendo assistente de acusação para o caso.

 

ENTENDA O CASO

No dia 11 de Setembro, Raissa estava em um ponto de ônibus quando Alexsandro parou a motocicleta que conduzia e efetuou um único disparo de uma arma calibre ponto 380, no pescoço de Raissa, que morreu na hora.

Alexsandro foi preso no dia 13 de setembro de 2012 e na delegacia confessou o crime cometido.

Posteriormente Alexsandro foi solto no dia 23 de Outubro do mesmo ano, após receber do juiz da vara do tribunal de júri o direito de ficar em liberdade enquanto responde o processo.

Posteriormente o réu foi preso novamente, desta vez em Guajará-Mirim, após agredir e ameaçar de morte sua atual companheira e o avô dela. Desde então Alexsandro se encontra sob a responsabilidade do Estado até que se finde o processo, ou se condenado, até o fim de sua pena.

Comentários
Carregando