Cerveja reduz dores crônicas, diz estudo

As dores crônicas podem ser aliviadas por meio da ingestão de bebidas alcoólicas. Foi o que mostrou um estudo da Universidade Americana de Reumatologia. Segundo o levantamento, as pessoas que tomam meio litro de cerveja por semana têm 67% menos riscos de sofrerem esses transtornos, como a fibromialgia, doença que atinge os tecidos musculares do corpo, causando intensas dores.

Publicado no site científico ‘EurekAlert’, o estudo analisou 2.239 voluntários, acima de 25 anos, que tinham algum tipo de dor. Depois, os pacientes precisaram preencher questionários com perguntas sobre suas patologias e de que forma consumiam o álcool. No fim da pesquisa, os cientistas detectaram que quem tomava entre 21 a 35 doses de cerveja semanalmente tinham menos dor em relação aos participantes que nunca tinham tomado bebidas alcoólicas.

De acordo com a nutróloga Alice Amaral, o relaxamento do organismo se dá pela associação do álcool a receptores do sistema nervoso central. “Com isso, há a diminuição da dor”, completou.

Apesar do resultado do levantamento norte-americano, o presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Edison Parisi, ressaltou que é preciso ter cuidado com o consumo de álcool. Para ele, o ideal é que as pessoas tomem, no máximo, o equivalente a uma taça de vinho por dia. “Caso passe desse limite ‘ideal’, há maior possibilidade do aparecimento de doenças no fígado, além da dependência”, alerta o especialista.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta