China intercepta avião militar dos EUA em águas internacionais

China intercepta avião militar dos EUA em águas internacionais

Dois caças chineses interceptaram um avião militar dos Estados Unidos no Mar do Sul da China, informaram nesta sexta-feira as Forças Armadas americanas, que descreveram o encontro como “não profissional”.

As aeronaves, do modelo Sukhoi-30, se aproximaram de um avião de vigilância WC-135 da Força Aérea dos Estados Unidos, em território internacional, nesta semana. Os dois países mantém conversas em privado para tratar do assunto e uma investigação militar americana é conduzida.

O ministério de Relações Exteriores da China divulgou nota em que confirma as atividades “próximo do território chinês, o que pode ter levado a algum erro de cálculo entre as partes”. “A reação foi considerada não profissional dadas as manobras do piloto da China e a velocidade de aproximação dos caças”, afirmou a coronel Lori Hodge, porta-voz da Força Aérea dos Estados Unidos.

A região do Mar do Sul da China é foco de conflitos internacionais, já que além de ter soberania reivindicada pelos chineses é disputada por Brunei, Malásia, Filipinas e Vietnã. A China, por sua vez, acusa os Estados Unidos de conspirarem contra o seu comando na região.

O WC-135 é usado para identificar radiação nuclear em tempo real, de acordo com documentos militares, ao capturar partículas no ar. No passado, a aeronave já foi usada para investigar evidências de testes nucleares norte-coreanos.

Tanto Pequim quanto Washington estão alertas para a possibilidade de novos treinamentos da Coreia do Norte, após uma série de testes balísticos este ano. Em janeiro, o ditador Kim Jong-un indicou que pretende desenvolver um míssil capaz de levar uma ogiva até os Estados Unidos.

Fonte: veja.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

Direto de Brasília