China puniu mais de 1 milhão por corrupção desde 2012

Alguns analistas consideram que essa campanha contra um mal profundo na sociedade chinesa é, além disso, um instrumento para eliminar adversários políticos.

Um total de 1,2 milhão de pessoas foram punidas desde o início de 2012 na atual campanha contra a corrupção na China. Cerca de 2.600 fugitivos foram repatriados e as autoridades apreenderam bens no valor de 8,6 bilhões de iuanes (3,4 bilhões de reais), indicou a Comissão Centra de Inspeção Disciplinar (CCDI) do Partido Comunista da China (PCC), encarregada da campanha contra a corrupção nos quadros comunistas.

No entanto, em 2016, pela primeira vez desde o início da campanha, diminuiu o número de casos de corrupção assinalados à comissão. Em 2016, 57.000 integrantes do PC chinês se apresentaram de forma voluntária ante as autoridades anticorrupção.

Desde sua chegada ao poder em 2012, o presidente Xi Jinping supervisiona uma campanha de muito impacto público contra a corrupção. Alguns analistas consideram que essa campanha contra um mal profundo na sociedade chinesa é, além disso, um instrumento para eliminar adversários políticos.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário