Churrascaria de cantor Marrone é interditada pela vigilância, “baratas vivas”

Restaurante fica em Goiás e foram encontrados alimentos com prazo vencido

A Vigilância Sanitária interditou por tempo indeterminado a churrascaria Favo de Mel, de propriedade do cantor sertanejo Marrone, que faz dupla com Bruno, localizada em Goiás.

De acordo com a chefe da Coordenação de Fiscalização da Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental, Tânia Agostinho, além da questão documental, foram recolhidos mais de 100 kg de alimentos impróprios para o consumo. “Eram produtos como carnes, condimentos e laticínios sem procedência ou com prazo de validade expirado. Vimos até baratas vivas andando pela churrasqueira”, explicou.

Em nota, o estabelecimento anunciou “que tem por princípio a seriedade com seu negócio e com seu cliente. O respeito às normas de higiene e conservação dos alimentos são premissas da empresa.

Os produtos supostamente vencidos apontados pela Vigilância Sanitária, na verdade não possuíam a etiqueta interna da empresa, o que, para o órgão, caracteriza-se não conforme.

A churrascaria afirma que não é utilizado nenhum produto vencido na unidade”.

As informações são do TVFoco.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário