Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Chuva deixa II Conselho Tutelar de Porto Velho alagado

0

O II Conselho Tutelar de Porto Velho, localizado na zona leste da capital, teve documentos e móveis molhados pela forte chuva ontem. Situado na rua Rua Rosalina Gomes, após aproximadamente 40 minutos de chuva, a água represada na rua invadiu o terreno, e a parte interna do prédio foi molhada pela água que descia pelo forro. De acordo com os conselheiros, todas as vezes que chove forte o local é invadido pela água, molhando computadores, cadeiras e documentos.

Na semana passada, segundo a conselheira, o local foi detetizado, mas o mal cheiro continua exalando. “Nosso trabalho está embaraçado porque não tem como a população vir buscar ajuda e correr o risco de pegar algum tipo de doença. Com a chuva, entrou água da rua, pelo teto e arrastou com ela fezes de ratos que estavam no forro”, declara Ângela.

O II Conselho Tutelar atua no endereço há aproximadamente dois meses. Os conselheiros declaram que se a chuva aumentar, a água continuar atrapalhando a prestação de serviços e nenhuma providência for tomada, os atendimentos serão suspensos ou transferidos para algum outro ponto da cidade.

Ângela Fortes, uma das conselheiras, afirma que os prejudicados são ao Conselho e a população. “Nossa competência é atender a comunidade, mas não temos condições de atender no momento, porque o local está insalubre. O Poder público deve zelar pelo dinheiro publico investido e pela integridade física da criança e do adolescente”, diz a conselheira.

Ainda de acordo com ela, o Conselho pode responder judicialmente pelos documentos caso não saiba dar alguma informação sobre algum caso para a Justiça. “Se precisarmos de algum documento e não pudermos utilizar porque molhou, podemos responder na Justiça como se não tivéssemos feito nossa parte e não tivéssemos os guardado bem. Não temos culpa”, conclui Ângela.

Comentários
Carregando