Cidade do interior de SP proíbe servidores da saúde de usar celular durante o expediente

Os servidores da saúde do município de Rio Claro, a cerca de 180 quilômetros da capital, foram proibidos de usar telefones celulares e tablets durante o expediente nas unidades da cidade.

A decisão aprovada pelo prefeito da cidade, João Teixeira Junior, foi publicada na sexta-feira (20), no Diário Oficial, e começa a valer a partir desta segunda (23).

Segundo texto, os funcionários poderão usar os aparelhos apenas quando tiverem autorização de superiores ou puderem justificar o uso em razão de problemas de saúde própria, de familiares, ou para auxiliar no atendimento do paciente.

Segundo a norma, o uso também é liberado nos intervalos de trabalho, e caberá ao chefe geral de cada unidade a adoção de medidas para o cumprimento.

Segundo a secretaria de Saúde, as sanções a serem aplicadas ao servidor que desrespeitar essa lei estão previstas na legislação e, dependendo do caso, o funcionário poderá ser exonerado.

A pasta também comunicou  que denúncias podem ser feitas  no telefone  (19) 3526-7105 ou pelo 156 da prefeitura. A ocorrência será registrada e apurada.

Fonte: vejasp

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta