Cinegrafista é morto a tiros na porta da casa da namorada em Anápolis (GO)

Elvis Greener Rosendo, de 25 anos, trabalhou em um programa policial de TV da cidade. Polícia Civil apura se crime tem ligação com atividade profissional do jovem.

O cinegrafista Elvis Greener Rosendo, de 25 anos, foi morto a tiros na porta da casa da namorada, na quinta-feira (27), em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, o jovem estava dentro do carro quando um veículo se aproximou e o carro de Elvis foi alvejado. O caso está sendo investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade.

Segundo o assessor de imprensa da corporação, o delegado Gylson Mariano, ainda não há suspeitas da motivação do crime. “Ao que tudo indica foi execução. Ele esperava a namorada dentro do carro e teve o veículo atingido por diversos disparos. A equipe do GIH de Anápolis compareceu ao local e já deu início à apuração”, disse ao G1.

O crime aconteceu por volta das 22h15 de quinta-feira, na Rua Floriano Peixoto. Segundo a Polícia Civil, o carro e o celular de Elvis foram apreendidos e encaminhados para perícia da Polícia Técnico-Científica.

Elvis Greener já trabalhou como cinegrafista do programa policial “190”, que era exibido por um canal fechado de televisão de Anápolis. No entanto, a Polícia Civil informou que ainda não tem informações se a morte do jovem tem algum tipo de ligação com a atividade profissional desempenhada por ele.

O corpo do cinegrafista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, passou por necropsia e foi liberado à família.

Fonte: g1/go

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário