“Clínica de reabilitação” no Paraná cultivava 550 pés de maconha

Um suposto centro de tratamento e reabilitação psicossocial em Londrina, no Paraná, cultivava 550 pés de maconha de alto poder tóxico. O local possuía estufas, equipamentos sofisticados, e a droga tinha logomarca e selo de qualidade. A informação é do portal UOL.

Bombeiros foram ao endereço para atender uma ocorrência de incêndio, mas acabaram encontrando a estrutura para o plantio da droga e, por isso, a Polícia Militar foi chamada. Segundo a PM, a maconha era cultivada em locais com ar-condicionado, ventiladores e iluminação.

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta