fbpx
Cogumelos ‘mágicos’ podem ajudar a combater depressão

Uma substância alucinógena presente em cogumelos se mostrou promissora como um possível tratamento para depressão pelo que indicam resultados de uma pesquisa de curta duração realizada com um número pequenos de voluntários.

O estudo foi feito pelo Imperial College de Londres e publicado na revista especializada The Lancet Psychiatry.

O componente que causa alucinações, presente nos chamados “cogumelos mágicos”, a psilocibina, foi testado em um grupo de 12 pacientes – nove deles sofriam de depressão aguda, três tinham de uma forma mais moderada da doença.

Em um dos pacientes os sintomas já duravam 30 anos. Todos eles já tinham tentado pelo menos dois tratamentos diferentes para depressão e não conseguiram melhorar. Um deles já tinha tentado 11 tratamentos diversos.

Inicialmente os pesquisadores deram aos voluntários uma dose baixa de psilocibina, por razões de segurança.

Em seguida, eles receberam uma dose alta, equivalente a “vários cogumelos”, segundo os pesquisadores.

A experiência psicodélica durou até seis horas, chegando ao seu auge após as primeiras duas horas. Tudo teve o acompanhamento de música clássica e também de apoio psicológico.

Depois da experiência “mística e espiritual” induzida pela substância, oito pacientes já não estavam mais deprimidos.

“Estas experiências com a psilocibina podem ser incrivelmente profundas, às vezes as pessoas têm o que descrevem como experiências místicas ou espirituais”, afirmou Robin Carhart-Harris, um dos pesquisadores.

A reportagem é da BBC e você confere na íntegra AQUI

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta