Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Assessora de Confúcio constrói casa de R$ 2 milhões em Ariquemes

0

Olha essa

A senhora Vilma Alves dos Santos foi denunciada no Ministério Público de Ariquemes por ter recebido um terreno que lhe foi “gentilmente” doado pelo município. Segundo a denúncia, não foi feito o devido processo legal. Em outubro de 2010, Vilma Alves dos Santos protocolou na prefeitura de Ariquemes, um pedido para a expedição do título de domínio do imóvel. Agora vem a parte interessante dessa história, Vilma é Secretária Executiva Adjunta, do Gabinete do Governador Confúcio Moura.

Tem mais

No terreno que Vilma “ganhou” da prefeitura está sendo construída uma casa avaliada em R$ 2 milhões, cujas obras estão em fase final. Mas não é só isso. Vilma tem uma filha, que chama Taynara que por sua vez é casada com o empresário Winston George Saíta, aquele que apareceu no início do governo Confúcio querendo abocanhar o contrato de alimentação de presídios e hospitais. E conseguiu.

Essa relação

É ainda mais complicada devido ao fato de Vilma ser uma espécie de braço direito de Confúcio. Se Vilma tem ou não dinheiro para construir uma cassa de R$ 2 milhões é uma questão que ela vai ter que responder no Ministério Público. Agora, tentar convencer alguém que seu genro conquistou o cobiçado contrato por “mérito próprio” vai ser um pouco demais. A denúncia foi protocolada sob o número 05963/2014.

Falando em Ariquemes

O governador Confúcio Moura quando era prefeito parece que era chegado a se meter com questões de imóveis. Tramita na Câmara Municipal uma Comissão Especial de Inquérito que investiga os atos da companhia de desenvolvimento de Ariquemes (CODARI), que andou vendendo alguns terrenos sem a anuência da Câmara. Confúcio foi intimado a depor na condição de testemunha para falar sobre o assunto, mas solenemente ignorou a intimação, entregue em dezembro do ano passado.

E a Câmara

Também enviou ofício ao Tribunal de Contas do Estado cobrando o envio das contas do então prefeito Confúcio Moura, referentes ao ano de 2010. Interessante que as contas de 2011 e 2012 da prefeitura de Ariquemes já foram entregues, mas as de Confúcio, não. No ofício encaminhado, o vereador Lano Matias alerta para o perigo dessa demora, “senhor presidente, as contas que devemos apreciar e votar trata-se nada mais nada menos do que as contas do antigo prefeito que hoje é governador do Estado e apontam pré-disposição para a reeleição de 2014. É imoral e ilegal que deixamos que registre candidatura sem mostrarmos para a sociedade os motivos e fatos que o Tribunal de Contas está com suas contas retidas há três anos”. O ofício foi encaminhado em 16 de dezembro do ano passado, e até agora nada do Tribunal responder.

Fechando

Em Ariquemes corre a notícia que um secretário do governo comprou uma fazenda no valor de R$ 12 milhões e pagou à vista. O tal secretário é amigo de longa data de Confúcio.

No noticiário

Desta segunda-feira o jornal O Estado de São Paulo trouxe reportagem falando sobre o pagamento, pelo Senado, de tratamentos de saúde do ex-senador Expedito Júnior, Demóstenes Torres e outros. O jornal só esqueceu de dar a informação completa. Quem assume o Senado, mesmo que seja por um dia, tem direito a esse plano de saúde vitalício, que se estende ao conjuge. E nessa lista, aqui em Rondônia, temos Tomás Correia, Amir Lando, Moreira Mendes, e acredite, até Mário Calixto quando puder voltar ao Brasil também tem esse direito.

Na verdade

O Senado é uma esculhambação em matéria de benesses aos ilustres senadores. Essa política deveria mudar, mas quero ver eles fazerem isso.

Nesta terça

A Assembleia Legislativa deve votar o relatório final da comissão processante que quer punir os parlamentares indiciados pela Operação Apocalipse. A punição prevista no relatório do deputado Luiz Cláudio seria o afastamento por seis meses dos deputados Ana da 8 e Adriano Boiadeiro e do deputado Cláudio Carvalho por dois meses.

A pressão

Está grande sobre os deputados, que não querem ser afastados em ano de eleição. Eles vão tentar se reeleger e fora da Assembleia, sem salário, a coisa complica. O presidente da comissão, deputado Lebrão, quer votação aberta e nominal, ou seja, tem que votar e dar “a cara a tapa”. Vamos ver se o corporativismo do legislativo vai prevalecer.

Pegou mal

Circulou nas redes sociais uma foto do deputado federal Rubens Moreira Mendes, no sambódromo do Rio de Janeiro, ao lado do diretor da empresa Energia Sustentável do Brasil (construtora da Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira), José Lúcio Arruda. A usina é apontada como uma das responsáveis pelo agravamento das alagações provocadas pelo rio Madeira na capital.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Line e Telegram.. Para mais informações clique AQUI.

Fumo passivo causa danos irreversíveis às artérias das crianças

O prejuízo do cigarro à saúde das crianças – vítimas do fumo passivo – é algo que já vem sendo provado há muito tempo pela ciência. No entanto, um novo estudo publicado na “European Heart Journal” traz novos dados sobre o risco que as crianças correm ao conviverem com adultos fumantes. De acordo com a pesquisa, o problema causa danos irreversíveis às artérias de crianças, tornando os vasos sanguíneos até três anos mais “velhos” do que se não estivessem expostos à fumaça. Esse “envelhecimento”, segundo a BBC News, engrossa as paredes das artérias, o que eleva o risco de ataques cardíacos e enfartes na idade adulta. O estudo analisou mais de 2 mil crianças com idades entre 3 e 18 anos na Finlândia e na Austrália e concluiu que esse tipo de dano ocorria quando pai e mãe fumavam.

 

Comentários
Carregando