Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Bloco vai receber mais de R$ 1,3 milhão da prefeitura, governo e deputada

0

Buracão

O jornal Folha de São Paulo, em sua edição desta segunda-feira, apresentou um levantamento sobre o rombo fiscal nos estados e adivinhem só, Rondônia ocupa a quarta posição no ranking, com um déficit de R$ 425 milhões. Esta situação, claro, não é novidade alguma. E devemos fechar esse ano devendo ainda mais, em função dos gastos com o empréstimo feito junto ao BNDES, o famoso PIDISE. E foi exatamente por causa desse empréstimo, desnecessário para Rondônia, que o rombo fiscal aumentou.

Contas furadas

Outro problema foi que o governo da atrapalhação contava com o dinheiro que, em tese, sobraria após a transposição dos servidores públicos para os quadros da União. Começou a gastar esse dinheiro de forma irresponsável, é mais ou menos como contar com o ovo na cloaca da galinha. O resultado foi um aumento nas contas públicas de forma desordenada, como aliás, tem sido desde o começo dessa administração.

Agora

O estado acumula dívidas, apresenta queda na receita e no PIB, que encolheu 1,32%. A máquina estatal inchada e uma série de compromissos sem ser cumpridos, entre eles as tais emendas parlamentares. Apenas alguns deputados muito próximos ao palácio conseguiram a liberação de uma parte. Os demais, aguardam na fila e vão sendo empurrados com a barriga.

Falando nisso

Essas emendas precisam ser fiscalizadas com muita atenção pelos organismos de controle. É que alguns deputados espertinhos destinam suas emendas para instituições que pertencem a eles próprios ou a pessoas próximas. E o esquema funciona na cara dura, normalmente o parlamentar recebe um “percentual” de troco. A prática é antiga e é uma forma que o governo tem para cooptar deputados. Em troca de liberação de emendas, vota-se o que o executivo quer e qualquer tipo de oposição é brecada. Mas esse jeitinho não é apenas aqui em Rondônia, o governo federal também faz isso.

E a transposição?

Virou lenda e vai ser, mais uma vez, explorada à exaustão durante as eleições desse ano. Não vão faltar promessas e muita, mas muita conversa fiada sobre o assunto. E nesse caso, a verdade é apenas uma, a União vai enrolar o quanto puder para fazer essa transposição. O Planalto não quer assumir um conta desse tamanho, e essa questão só vai ser resolvida, se for, no Supremo Tribunal Federal. O mais grave dessa história toda é que o governo da atrapalhação torrou por conta e agora não sabe de onde tirar recursos para cobrir o rombo. Mas a gente até pode imaginar que essa conta vai sobrar para empresários e a população.

Majoritária

A ex-senadora Fátima Cleide que afirmou na semana passada que “a população de Porto Velho está com saudades da administração petista” decidiu que vai se candidatar ao Senado. Segundo informações de sua assessoria, “a ex-parlamentar foi convidada a concorrer ao cargo, já que pesquisas internas da legenda apontam uma liderança tranquila para Fátima nos grandes municípios”. O único empecilho, ainda de acordo com a assessoria da ex-senadora,  será ela ter que subir no mesmo palanque com o senador Ivo Cassol (PP), que estaria costurando um acordo com o Partido dos Trabalhadores.

Pode votar

Ao contrário do que andaram falando por ai, o ex-senador Expedito Júnior pode votar e ser votado. Sua assessoria fez circular nesta segunda-feira uma certidão de quitação eleitoral que comprova sua aptidão.

Perdeu

A prefeitura de Pimenta Bueno, administrada por Jean Mendonça, irmão do deputado estadual Kaká Mendonça, teve cancelado recursos da ordem de R$ 1.565.350. A maioria dos convênios cancelados, haviam sido conseguidos ainda na gestão anterior. Até mesmo o dinheiro para reforma do estádio, R$ 136 mil foi perdida. O local está caindo aos pedaços, o muro está desabando e o local destinado às emissoras de tv que acompanham os jogos, virou uma espécie de sanitário. E que também está desabando.

Turista

Lá pela cidade, a população diz que Jean é um “prefeito turista” porque vive viajando. Na semana passada, a vereadora Scheilla Cassol acusou o prefeito de ter abandonado a cidade. Quem passa por lá tem a mesma impressão, que falta prefeito na cidade.

Calote

E o presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho deu o tombo lá em Pimenta Bueno também. Quando esteve por lá no final do ano passado, prometeu que doaria um carro para o Centro de Atendimento às Pessoas Especiais – CENAPE. Ficou apenas na promessa.

Folia

Enquanto Porto Velho submerge no Madeira, o prefeito vai repassar a uma tal Associação Bloco Carnavalesco Arco Iris, R$ 830 mil, que serão liberados sem licitação, pela prefeitura através da Fundação Cultural. Interessante que essa mesma entidade que se diz “sem fins lucrativos”, já conseguiu R$ 200 mil do orçamento estadual para o carnaval desse ano e R$ 350 mil de emenda parlamentar da deputada Epifânia Barbosa. Os recursos serão repassados pela SECEL.

Ou seja

A tal Arco Íris, que é classificada como um “bloco de trio elétrico” vai receber a ninharia de R$ 1.380 mil para fazer o carnaval de Porto Velho. Sei não, mas com tanta gente perdendo casas, bens e precisando de apoio, é no mínimo uma irresponsabilidade destinar esse dinheiro todo para meia dúzia de gato pingado brincar carnaval, né não Ministério Público?

Anuários

Já estamos encaminhando as propostas para os anuários dos advogados e médicos de Rondônia. Contatos para maiores informações podem ser feitos pelos telefones (69) 9363-1909 ou 3225-9979, falar com Murilo.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância.

Pesquisadores dizem que traição ajuda felicidade dos casais

Dormir com outras pessoas pode ser a chave para um casamento feliz. Essa foi a surpreendente constatação divulgada na última sexta-feira (14) – data em que é comemorado o Dia dos Namorados em diversos locais do mundo – em um estudo realizado pela Universidade Northwestern, em Illinois, nos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, a “externalização” da relação – inclusive do sexo – pode tornar os relacionamentos mais felizes. A pesquisa ouviu de casais que eles esperam que seus cônjuges sejam melhores amigos, conselheiros e incentivadores de suas carreiras profissionais. No entanto, apesar dessa longa lista de exigências, constatou-se que estamos gastando menos tempo com os nossos companheiros. Como resultado disso, nossas necessidades psicológicas não estão sendo satisfeitas, e a maioria dos relacionamentos de hoje é pior do que os do passado, observou o estudo. A pesquisa revelou também que precisamos deixar de encarar os parceiros apenas como alguém que fornece comida, abrigo e segurança. Eles precisam se tornar, segundo Finkel, aquela pessoa que nos aconselha e ajuda a nos tornar melhores.

 

Comentários
Carregando