DestaquePainel Político

Coluna – Confúcio entrega Rondônia à Deus. Literalmente

Coluna – Confúcio entrega Rondônia à Deus. Literalmente

Olha essa

No último dia 4 foi realizado em Porto Velho um importante seminário para debater a questão da logística de transporte para Rondônia. O evento foi promovido a pedido do senador Valdir Raupp e da deputada federal Marinha Raupp (ambos do PMDB), e contou com a participação de entidades como a FIERO, FECOMÉRCIO, CNI e CNC, além de prefeitos, vereadores e empresários. Foram debatidos temas como novas rodovias, ferrovia transcontinental no trecho entre Vilhena e Porto Velho. Enfim, um seminário estratégico e de extrema importância para um estado cuja capital está economicamente estagnada.

Na mesma noite

O governador Confúcio Moura protagonizava mais uma de suas gafes, aconselhado sabe-se lá por quem. Ele estava em Ji-Paraná participando de um evento denominado “Clama Jipa”, segmentado ao público evangélico que reuniu nomes da música gospel. Evidente que Confúcio preferiu se apresentar à massa em detrimento de um evento cujo tema certamente não renderia visibilidade. Mas, assim como quase tudo que esse governo faz, o tiro saiu pela culatra.

Um atraso

De aproximadamente três horas devido ao deslocamento entre Ariquemes (onde o governador estava) a Ji-Paraná, causou revolta entre os presentes, que o receberam com uma sonora vaia, enquanto ele lia uma espécie de “decreto espiritual”, onde ele tascou essa, “conforme Deus revelou para o Edivaldo Soares…eu Confúcio Moura entrego o estado de Rondônia para Deus”. O texto havia sido escrito pela assessoria do deputado e ex-adjunto da Casa Civil. Não bastasse o atraso e a pérola, ainda teve a entrega simbólica da chave do estado para Deus.

Em que pese

O fato de estarmos ás vésperas de uma eleição, na qual o governador pretende disputar a reeleição, temos ainda o agravante da teatralidade da situação. Confúcio, até onde se sabe, não é evangélico, não acredita, de fato, na entrega da “chave do estado”. Eu acredito que ele deva estar querendo entregar Rondônia para Deus porque não está dando conta de governar. As previsões econômicas para 2014 são tenebrosas e para os próximos anos ainda mais, em função dos empréstimos que estão sendo feitos. Sei não, mas acho que está faltando gente que sabe fazer contas nessa gestão. É básico, você não pode gastar o que não tem, do contrário, vai acabar nos órgãos de proteção ao crédito.

Um exemplo

Dessa trapalhada econômica foi contar com o dinheiro que seria “economizado” com a transposição dos servidores para a União. As contas não fecham e estão longe da previsão feita pelo governo.

Fechando

Esse assunto, é bom a turma de Confúcio lembrar que Ivo Cassol responde a ação similar, exatamente pela participação em um evento evangélico. Nada contra a conversão de Confúcio, mas que está havendo exagero, é inegável. Pior ainda é ficar mal tanto com o público presente ao evento, quanto com empresários e autoridades que participavam do seminário em Porto Velho. O governo sequer mandou representante. Nesse caso se aplica bem aquela máxima de “dois coelhos com um tiro”. Só que mais uma vez, um tiro foi no pé. E o coelho ainda está vivo a beça.

Podcast

Ainda suspenso

E o plano de saúde dos delegados continua suspenso pela Unimed. O governo enviou nota nesta terça-feira afimando que “já fez os repasses aos sindicatos”. A dívida junto à Unimed é de cerca de R$ 160 mil e foram pagos cerca de R$ 105 mil. A Unimed disse que só libera o atendimento quando receber tudo. Sei não, mas acho que eles não acreditam muito na boa fé governamental quando o assunto é dinheiro.

Na biqueira

O deputado Edson Martins, que já foi prefeito de Urupá, está na iminência de perder o mandato. É que uma ação de improbidade movida contra ele pelo Ministério Público já está no Superior Tribunal de Justiça aguardando apenas a publicação do acórdão. Quando isso acontecer, sua situação vai ficar bem complicada.

Absolvidos

A juíza Inês Moreira da Costa absolveu Rossilena Marcolino e Luis da Silva Pinto das acusações que foram imputadas em sede de ação de improbidade, mas condenou Daniel Alves de Souza, pela prática imputada. A ação proposta pelo Ministério Público estadual tinha como objetivo a responsabilização dos requeridos pela prática de atos de improbidade administrativa, configurada pelo uso indevido de recursos do convênio no 104/PGE/2000 celebrado entre o Estado de Rondônia e a ASDEFRON (Associação de Deficientes Físicos de Rondônia), no ano 2000, época em que Daniel Alves era o Presidente da Instituição. A justiça entendeu, após conferir as documentações apresentadas pela defesa, que Rossilena e Luis sequer participavam da direção da Instituição na época dos fatos e que nada a ligava aos desmandos perpetrados pelo então dirigente que, aliás, já havia sido condenado pelo Tribunal de Contas antes dessa ação. Foi Daniel quem resolveu tentar por a culpa nos gestores anteriores, mas não colou. Rossilena foi defendida pela Banca Machado Nogueira e Vasconcelos.

Comentário pesado

Uma decisão polêmica da atriz Tássia Camargo está gerando comentários na internet. Em seu Facebook, a artista que atuou em várias novelas na Globo e na Record, anunciou que vai processar um internauta que a seguia na rede social. Uma pessoa comentou uma foto de Tássia ao lado do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva: “Traidor, comunista, assassino do povo brasileiro com o roubo de mais de 2 trilhões de reais da saúde, educação e segurança. Pelo jeito tu também é da quadrilha dele. Tenha vergonha de você”, escreveu. Tássia ficou indignada com o comentário e anunciou que passou a frase para seus advogados: “Recebi esse comentário que já foi encaminhado para os meus advogados. Crime. Calúnia, difamação e Danos Morais. Tu tu para esse senhor”.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon.

Remédio para pressão alta pode ajudar a tratar câncer

Um medicamento normalmente usado contra pressão alta pode ajudar a combater o câncer ao abrir os vasos sanguíneos em tumores sólidos, segundo um novo estudo. Segundo os responsáveis pela pesquisa, usada em conjunto com drogas convencionais de combate ao câncer, o medicamento losartan poderia elevar a expectativa de vida dos pacientes. Após testar a técnica com sucesso em camundongos, os pesquisadores pretendem agora dar losartan a pacientes com câncer no pâncreas para ver se conseguem o mesmo resultado no combate a tumores de tratamento difícil. Atualmente, só 5% dos pacientes com câncer no pâncreas sobrevivem mais de cinco anos após o diagnóstico. Isso ocorre porque somente um em cada dez pacientes com a doença tem um tumor capaz de ser operado.

 

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Next article Sema informa que árvores serão substituídas por Ypês e Oiti
Previous article Federal tem a pior nota do Enade

Related posts

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Você pode ser o primeiro a comentar esta postagem postar comentário!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta