Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Crescem rumores sobre candidatura de Mariana à prefeitura de Porto Velho

0

Mas confirmação oficial ainda não aconteceu

Medo

Abro meu e-mail e me deparo com o seguinte título em uma mensagem, “Projeto do deputado federal Lúcio Mosquini poderá mudar o futuro das terras em Rondônia”. Se ele mudar “o futuro das terras” igual mudou o “futuro do DER” quando foi responsável pelo órgão, temos que nos preocupar de verdade. o DER virou uma zona (e continua). E nem li o restante do e-mail. Vai saber o que o “futuro” nos reserva…

Falando em Mosquini

O Tribunal de Contas do Estado multou o ex-diretor do DER em R$ 3.240 por uma série de irregularidades cometidas no período em que comandou o órgão. Ele atrasou, em 7 dias, a entrega dos balancetes do DER.

Dentro do prazo

A Ação Penal 644, que apura a participação do deputado federal Nilton Capixaba no chamado “Escândalo das Sanguessugas” está correndo rigorosamente dentro dos prazos e praticamente toda a semana tem uma movimentação, coisa rara de acontecer em processos que envolvem políticos. Mas, parece que o afilhado de Roberto Jefferson não vai conseguir encerrar o atual mandato. A ação já está com o relator, ministro Gilmar Mendes que anda com pressa de resolver o assunto. A revisora é a ministra Carmén Lúcia, que despachou no dia 29 de junho a abertura de prazo de 5 dias para a defesa se manifestar, o que ainda não aconteceu, ao menos no sistema do STF…

Falando em Capixaba

O deputado é relator das obras de esgotamento sanitário em Porto Velho, que foram paralisadas pelo Tribunal de Contas da União ainda em 2010 por denúncias apontadas pelo ex-vereador Cláudio Carvalho. O TCU havia pedido informações sobre o caso quando concluiu que haviam “irregularidades insanáveis” no processo. Como relator, Capixaba apresentou parecer pelo arquivamento do pedido do TCU, alegando que “os órgãos responsáveis já estão tomando as providências”. Não sei quais foram as “providências”, mas sei que por causa de trapalhadas iniciadas no governo Cassol e continuadas no governo Confúcio, até hoje Porto Velho continua com 3% de saneamento.

Polêmica

PAINEL POLÍTICO publicou na manhã desta segunda-feira fotos que foram feitas por leitores indignados por terem encontrado centenas de ‘vademecuns’ em uma lixeira próxima a Defensoria Pública. Qualquer pessoa de bom senso suspeitaria que os livros pertenceriam à instituição. Minutos após a publicação, o defensor esclareceu que na verdade se tratavam de livros que pertenceriam à Ulbra e a versão foi publicada também. Porém, na Defensoria e redes sociais, passaram o dia inteiro falando sobre o assunto, divulgando notas de esclarecimentos e outras bobagens, como se a defensoria não tivesse trabalho, e muito, para fazer. Mas, pelo jeito, perder tempo sobre um tema já esclarecido parece que é mais importante.

Lenda

Até hoje usuários reclamam do tal “SUS Mediado”, uma lenda que o governo do Estado criou no início desse ano mas que até hoje não saiu do papel. A idéia é que ao invés de recorrer à Justiça, quem necessitar de um atendimento que considera diferenciado e urgente aciona a Câmara de Mediação da DPE, formada por um médico, farmacêutico, procurador de Justiça e  defensor público. Como eu disse, lenda. Isso é mais importante que o debate sobre os livros que não são da DPE.

R$ 5 mil

Foi o valor da  multa aplicada pelo Tribunal Regional Eleitoral ao pré-candidato peemedebista à prefeitura de Porto Velho Williames Pimentel, na semana passada. O Tribunal também determinou a retirada do ar das páginas williamespimentel.com.br do ar. A representação, movida pelo prefeito Mauro Naizf, candidato à reeleição, apontou que Pimentel vinha fazendo campanha eleitoral antecipada.

Falando em TRE

Depois de terem abandonado o prédio do Tribunal, após a enchente de 2014 e ficarem “acampados” no CPA, o TRE retornou a sua sede, em Porto Velho esta semana. O prédio foi liberado para uso. Durante os últimos dois anos, muita confusão aconteceu sobre a discussão de voltar ou não para a sede. As desavenças foram parar no CNJ e no STJ. Mas, pelo jeito, a coisa já foi resolvida.

Ela vem?

Mariana Carvalho pode ser candidata do PSDB à prefeitura de Porto Velho. Desde o fim de semana passado, que aumentaram os rumores sobre sua definição. Mas, confirmação oficial mesmo, nenhuma. Caso ela não venha, os tucanos devem lançar Hildon Chaves, empresário e ex-promotor. Sobre uma chapa “puro sangue” encabeçada por Mariana e Chaves, a possibilidade é remota.

Passagem

Faleceu em São Paulo a advogada rondoniense Carina Fortes, vítima de acidente de trânsito. Seu corpo foi trasladado para Porto Velho e o enterro deve acontecer nesta terça-feira, no cemitério Jardim da Saudade. A advogada tinha 30 anos.

Clínica Mais Saúde informa – Obesidade diminui expectativa de vida em até 10 anos, diz estudo

Estar acima do peso diminui cerca de um ano da expectativa de vida de um indivíduo, um preço que sobe para cerca de 10 anos nos casos de obesidade severa. É o que diz um amplo estudo publicado nesta quinta-feira na revista médica The Lancet. A pesquisa refuta estudos anteriores que concluíram que ter alguns quilos extras não traz riscos para a saúde. Em vez disso, o novo estudo revelou evidências de que o risco de morrer antes de completar 70 anos aumenta, “de forma gradual e acentuada”, conforme a cintura se expande. “Esse estudo mostra, definitivamente, que o excesso de peso e a obesidade estão associados a um risco de morte prematura”, disse à AFP a líder da pesquisa, Emanuele Di Angelantonio, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. O risco de doença cardíaca coronária, acidente vascular cerebral, doenças respiratórias e câncer aumentaram todos os pacientes estudados. Usando dados de quase quatro milhões de adultos de quatro continentes, o estudo descobriu que as pessoas consideradas moderadamente obesas perdem cerca de três anos de vida. “Pessoas severamente obesas perdem cerca de 10 anos da expectativa de vida”, afirmou Di Angelantonio. Em 2014, de acordo com a OMS, mais de 1,9 milhão de adultos em todo o mundo estavam acima do peso. Desses, mais de 600 milhões eram obesos. O excesso de peso é associado a doenças cardíacas, derrame e a alguns tipos de câncer.

Comentários
Carregando