Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Crise na Polícia Civil revela abandono do setor

0

Ele fez de novo…

Alexsandro Mendes Castelo Branco, que matou friamente sua ex-namorada de apenas 15 anos em um ponto de ônibus em Porto Velho porque não aceitava ter sido deixado pela menina, mudou-se para Guajará-Mirim e arrumou uma nova namorada. Pois ele desceu o cacete nela e foi preso novamente. A juíza Euma Mendonça Tourinho, que responde pela 1ª Vara do Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho (RO), deferiu o pedido feito pelo promotor de Justiça Ademir José de Sá e decretou a prisão preventiva do réu.

Com isso

O valentão de araque vai ficar na grade até que seja julgado pelo bárbaro crime que cometeu. O rapaz ainda havia ameaçado o avô de sua atual namorada. Esse, de fato, merece estar na grade por um longo período.

Caso Arthur Pietro

Após as notas na última coluna sobre os acertos da SESDEC, recebi algumas manifestações discordantes sobre o caso do menino Arthur Pietro. Eu havia dito, “justiça seja feita, apesar de algumas tropeçadas dadas por sua secretaria, principalmente na Operação Apocalipse, resultados positivos foram obtidos, principalmente nos casos mais emblemáticos como o Caso Arthur Pietro, desvendado na semana passada”. Sobre isso, recebi a seguinte mensagem, “a  Sesdec e Bessa não deram apoio ao Caso Arthur, aliás a unica vez que Bessa apareceu na Delegacia foi para aparecer na foto para imprensa, não recebemos apoio além do estritamente já existente, a saber: uma viatura gol caindo aos pedaços, gasolina sendo 2 tanques ao mês e foram 7 meses de humilhações e muito trabalho”.

Mais segurança

“Após mais de três anos de governo, Confúcio Moura não só descumpriu o que prometeu, como também conseguiu piorar ainda mais as condições de trabalho e o salário dos servidores da Polícia Civil. A insatisfação atinge todas as categorias, todo esse movimento conta com o apoio irrestrito do sindicato dos delegados-sindepro, bem como dos sindicatos dos peritos-sinpec”. Essas informações são do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia – SINSEPOL, que afirma ainda, em carta, que pretende “acionar o Ministério Público do Trabalho (MPT) e vai pedir o fechamento de delegacias que não possuem as condições de funcionamento”.

Se isso acontecer

A maioria das delegacias vai ficar fechada, porque a coisa está feia.

Porém

Nesta terça-feira a SESDEC lançou o edital do concurso público para a Polícia Civil, uma notícia que vinha sendo aguardada há tempos. Mas ela só satisfaz os concurseiros, porque quem já está empregado anda reclamando, e muito, das condições de trabalho atualmente. Essa situação coloca em xeque as declarações dadas pelo secretário Marcelo Bessa, de que “a segurança está melhor que nunca”. Das duas uma, ou os policiais estão querendo demais, ou Bessa já está mais político do que servidor público.

E o pior

Policiais estão falando em perseguições e transferências. Em Ji-Paraná foi registrada a Ocorrência Policial 1427/2014 dp/jp em que um agente relata ter sido retirado de um grupo e foi “isolado em uma DP podre e cheia de sujeira”. Ele relata ainda que registrou outra ocorrência em que foi “transferido para um pardieiro onde trabalha sozinho”. Em outra situação, uma escrivã relata ter sido agredida por um delegado. Ela registrou uma ocorrência administrativa. A escrivã alega ter se recusado a fazer um procedimento que a lei determina que seja feita na presença de um delegado. Por causa disso, “o delegado teria surtado e partiu para a agressão, tentando lhe desferir um soco”.

Evidente

Que essas situações precisam ser apuradas, principalmente no que diz respeito a perseguição contra policiais. Eles se queixavam dessa prática na gestão de Ivo Cassol e Confúcio garantiu que isso não aconteceria. Pelo visto, é mais uma promessa de campanha que foi quebrada pelo governo da enganação.

Os policiais

Estão seguindo uma cartilha, elaborada pelo sindicato intitulada “Cumpra-se a Lei”, que estabelece, entre outras coisas, que todos os procedimentos devem ser seguidos de acordo com a legislação. Isso inclui a não realização de trabalhos por falta de equipamentos, material de escritório e outros, que antes eles próprios compravam para não deixar a população na mão.

Enquanto isso

No Porto de Porto Velho uma situação inusitada está acontecendo. O diretor-presidente José Ribamar da Cruz Oliveira, que foi superintendente do DNIT em Rondônia nomeou para chefe de transportes seu cunhado, Carlos José da Silva Neto. Ele também vem tentando, junto com o senador Valdir Raupp, liberar cerca de R$ 20 milhões oriundos do PAC, uma transferência obrigatória de recursos. A liberação está na mesa da ministra Miriam Belchior, mas nos bastidores da secretaria dos portos circula a informação que, enquanto Oliveira for presidente, o dinheiro não sai. Segundo eles, seria mais ou menos como “colocar a raposa para cuidar do galinheiro”…Tem alguma coisa muito errada naquele porto…

Olha essa

O governo da enganação vem desde o ano passado anunciando que iria construir um complexo esportivo no Espaço Alternativo. A área pertence a Força Aérea, Infraero, União, enfim, tem um monte de donos, menos o governo. Mesmo assim, fizeram o projeto e deram início aos trabalhos.

Só que

O Ministério Público Federal interviu, assim como a Infraero e os demais “donos” e agora todos querem saber quem é o pai da lambança, o responsável pela aprovação de tal projeto que, segundo eles, nunca passou por lá. A obra está orçada em cerca de R$ 20 milhões e pelo visto, é mais uma trapalhada apocalíptica confuciana.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Line e Telegram.. Para mais informações clique AQUI.

Uso excessivo de smartphone pode prejudicar a vista

Pessoas que passam muito tempo “vidradas” em seus smartphones podem estar aumentando os riscos de danos aos olhos, advertem oftalmologistas britânicos. O alerta diz respeito também ao uso excessivo de outros dispositivos como computadores, tablets e TVs de tela plana, que pode provocar danos de longo prazo. A advertência deriva de uma pesquisa britânica feita com 2 mil participantes, que indica que pessoas com menos de 25 anos checam seus telefones 32 vezes por dia. “A luz azul violeta que brilha na tela dos smartphones é potencialmente perigosa e tóxica à parte de trás de seus olhos”, diz o oftalmologista Andy Hepworth. “Por isso, uma longa exposição pode, potencialmente, causar danos aos olhos.” Segundo ele, testes mostraram que exposição à luz azul violeta em excesso pode nos colocar em maior risco de degeneração macular, uma das principais causas de cegueira.

 

Comentários
Carregando