Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Cúpula da segurança pública vai passear na Colômbia

0

Tudo devidamente pago com recursos públicos. Enquanto isso, delegacias estão fechadas e falta até papel higiênico

Foram passear

O governo parece que está, de fato, zombando da cara da população de Rondônia. Enquanto a segurança pública está um caos, com gente sendo assaltada a torto e a direito nas ruas da capital, e a violência imperando em todo o Estado, a cúpula da segurança pública de Rondônia resolveu passear em Bogotá (Colômbia) a pretexto de “intercâmbio de informações referentes a políticas e gestão de segurança pública para implementação no Estado de Rondônia”. Foram cinco dias de passeio, às custas dos cofres públicos, segundo denunciaram cidadãos que acharam absurda essa situação.

No tour

Foram o secretário de segurança Antônio Carlos dos Reis, o delgado Celso Souza Santos, o tenente coronel da Polícia Militar Ênedy Dias de Araújo, o coronel bombeiro Felipe Santiago Chianca Pimentel, os coronéis da Polícia Militar Fernando Luiz Brum Pretiz e José Hélio Cysneiros Pachá, além do diretor de polícia Pedro Roberto Mancebo e o tenente coronel Ranilson Lyra Brainer. O trem da alegria embarcou no dia 6 deste mês e voltou dia 11.

Olha só

Com os níveis de tecnologia alcançados atualmente, se torna completamente desnecessário que uma comitiva desse porte se desloque a Bogotá(?) para fazer qualquer tipo de intercâmbio. A Colômbia é um dos países mais pobres da América Latina e lá não tem nada que seja digno de registro na área de segurança. Até hoje eles sequer conseguiram acabar com as Farc, todo o treinamento que existe por lá foi dado por soldados americanos. Portanto, a desculpa da viagem está parecendo as dadas pelos vereadores quando querem vir a Porto Velho passear, “fomos protocolar documentos”. Então tá.

Ao mesmo tempo

O governo sequer paga as contas de telefone das delegacias, não consegue manter nenhuma delas aberta e o que funciona está sucateado. É por essas e por outras que não dá para levar a sério as ações do governo que só coopera com os amigos, enquanto a população…

Falando em segurança

O governo, alegando “falta de efetivo” resolveu fechar o posto da Polícia Militar que funcionava no bairro Caladinho, em Porto Velho. A situação inusitada causou revolta na população, que foi buscar socorro na Assembleia. O deputado estadual Léo Moraes reuniu-se esta semana com o comando da Polícia Militar e conseguiu reabrir o posto. Nesta terça-feira já haviam três policiais por lá e nesta quarta eles devem reabrir oficialmente.

Fica olhando

Aportou na Procuradoria Regional Eleitoral pouco antes do segundo turno das eleições de 2014, uma “denúncia” protocolada pela presidente da Colônia dos Pescadores e Aquicultores Z-1 Tenente Santana, Marina Gomes Veloso, filiada ao PDT de Acir Gurgacz e comissionada na prefeitura de Porto Velho até fevereiro deste ano, na secretaria de Agricultura, acusando o então candidato Expedito Júnior de “compra de votos” em uma reunião realizada na colônia de pescadores alguns dias antes do segundo turno.

Quem também

Assina a denúncia é Célio Lopes de Araújo Júnior, lotado advinha onde? No gabinete do senador Acir Gurgacz como “auxiliar parlamentar júnior”. Eles alegam que foi convocada uma reunião com pescadores para tratar de assuntos referentes a categoria. De fato houve a reunião, ela foi marcada pelos próprios pescadores e eles ligaram para a assessoria de Expedito Júnior convidando-o para apresentar suas propostas em relação ao futuro, caso fosse eleito. Escaldado, Júnior foi com toda sua assessoria ao evento e respondeu rapidamente sobre os questionamentos que lhe eram feitos.

Na denúncia

Os pedetistas alegam que Expedito fez promessas “vantajosas” aos pescadores e afirmam que “a reunião foi em um local público, pois era a beira do rio”. Não vou discutir mérito de local, mas vamos falar sobre a “compra de votos”. A reunião tinha uma pauta específica, curta e objetiva. Eram quatro pontos, o plano de financiamento para compra de barcos, escolha de um porta-voz para dialogar com o governo, reforma do flutuante da colônia e a manutenção de 20 metros jusante e montante das usinas, para que os pescadores pudessem pescar abaixo de 200 metros.

Todos os pedidos

Só podem ser resolvidos por quem estiver no governo. E foi o que Expedito falou na reunião, que foi gravada pela própria assessoria dele para evitar exatamente esse tipo de ação por parte de adversários. A Procuradoria Regional Eleitoral entrou com a ação por força de lei, ela tem que entrar. Mas percebe-se na manobra todas as digitais do mesmo grupo que forçou uma situação para tomar o mandato de senador de Expedito. Não gostar de um candidato é uma coisa, armar situações e armadilhas é outra completamente diferente.

Isso demonstra

Mais uma vez o baixo nível que chegou o grupo político que atualmente está no poder. Usaram e abusaram da máquina administrativa, da força econômica e achando pouco, ainda apresentaram denúncias sem o menor sentido. Realmente, essa turma merece perder o governo.

Só para relembrar

Dois anos após as denúncias feitas por um grupo de vigilantes, descobriu-se (e foi comprovado com videos) que os “denunciantes” foram empregados no grupo Cascavel e recebiam uma ajuda financeira em troca de silêncio e de terem feito a denúncia. Como o caso já havia transitado em julgado, não havia mais nada a ser feito.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

8 truques surpreendentes para emagrecer sem pensar

Emagrecer de maneira fácil e sem precisar mergulhar em dietas super restritivas seria o sonho de qualquer um. A melhor solução, portanto, é incorporar uma série de mudanças que nos façam comer menos sem esforço. Veja quais são: Sirva seu prato direto no fogão, longe da mesa (Este pequeno truque te ajudará a comer cerca de 19% a menos de comida por dia ). Guarde os cereais no armário e coloque os mais saudáveis à frente (Uma pessoa que mantém os cereais à vista pesa, em média, cerca de 9,5kg a mais do que as que não fazem isso). Coloque as frutas e verduras na parte mais visível da geladeira (Uma pessoa que mantém os cereais à vista pesa, em média, cerca de 9,5kg a mais do que as que não fazem isso). Se for beber vinho, melhor tinto e em taça pequena (Tendemos a beber menos vinho tinto do que branco. O motivo é que a cor da bebida faz com que ela seja mais visível e, por isso, na hora de servir, somos mais conscientes para medir a quantidade). Nos restaurantes, procure se sentar perto da porta (As pessoas que se sentam mais longe da porta comem menos salada e têm uma probabilidade 73% maior de pedirem sobremesa). Caminhe por todo o corredor do supermercado (Quando vamos a supermercados, temos uma probabilidade 11% maior de comprar a primeira verdura que vemos em comparação com a terceira). Divida o carrinho de compras em duas partes, com as frutas e as verduras na frente e o resto atrás (Cerca de 61% de tudo o que compramos está mais ou menos a altura dos olhos) e no escritório, guarde os doces em um pote opaco e tampado (desta maneira, você fará com que elas estejam menos acessíveis. As pessoas que deixam os doces em cima da mesa do escritório tendem a pesar cerca de 6,8kg a mais do que o resto).

Comentários
Carregando