Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Dessa vez o avião não foi. E a paciente morreu

0

Mulher morre na estrada de Guajará-Mirim porque avião do governo não foi resgata-la

Ainda o silêncio

Nem DER, nem DECOM, nem ninguém, é como se não tivesse acontecido nada. É dessa forma que o governo da cooperação (com os amigos) vem se comportando em relação a suposta fantasmice da servidora comissionada Fabiana de Vito, lotada como Chefe de Equipe II, mas morando em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), recebendo salário de R$ 6.152,98. Também não deram uma única palavra sobre quem estaria abonando a folha de presença da moça. Tem que ser um chefe imediato, ou alguém do gabinete.

Fica olhando

Na coluna anterior falamos sobre o parto realizado em uma aeronave do governo que transportava uma grávida de Guajará-Mirim para Porto Velho. O assunto, bonitinho, esconde uma realidade cruel, que as emissoras de TV certamente não querem nem saber, que é a falta de estrutura na cidade fronteiriça.

Continuando

Na última quinta-feira, por volta das 18 horas, uma paciente teve um acidente vascular cerebral (AVC). Ela ingressou no hospital regional de Guajará-Mirim e os médicos fizeram o que podiam, inclusive ajudando com respiração manual, porque a unidade não dispõe ao menos de um respirador. O médico conversou com os familiares e explicou que a paciente precisaria ser trazida para a capital, pois se ficasse lá, morreria.

Precariedade

Porém, além do problema do hospital não ter a menor condição de funcionamento, o aeroporto de Guajará também não fica atrás. A família conseguiu um voo para as 6 horas desta sexta-feira, porque o avião não tinha como pousar a noite, devido a falta de suporte técnico e operacional no aeroporto.

O avião não foi

Após passar a noite toda mantendo a paciente viva com muita dificuldade, foram avisados, já pela manhã, que o badalado avião do governo não iria mais. A paciente estava em estado crítico, o avião do governo tem equipamentos modernos e poderia ter resgatado a mulher. Porém, alegaram que “a paciente não estava estabilizada”, portanto, não tinha necessidade do transporte. A irmã então, em um ato de desespero, coloca a paciente em uma ambulância e tenta traze-la à Porto Velho. A mulher morreu na estrada, não suportou.

Revolta e dor

O problema maior é o avião não ir. Não ser pode fazer esse tipo de escolha. Tem que ir, buscar, tentar. Ela não estava estabilizada mas passou a noite viva, e todos com esperança de que pela manhã ela seria resgatada. Se morresse no avião, ao menos teriam tentado. O mesmo aconteceu com o policial militar Sérgio Campos, baleado em uma ocorrência em Cujubim. Após agonizar por horas aguardando a chegada de um avião que nunca foi, “faltou pista”, disseram os pilotos. Melhor não ter esse avião então. Não se pode escolher quem vai ser resgatado, tem que ir, fazer o trabalho, queimar gasolina mesmo.

Guajará-Mirim

Continua sem incubadora neo-natal (foi por isso que o bebê nasceu no avião). O hospital continua jogado às traças. Ou seja, mais pessoas irão morrer, e talvez, mais bebês nasçam no ar.

Perdeu

Em Cacoal a polícia civil e Ministério Público resolveram colocar um fim na bandalheira envolvendo vereadores e a chefe de gabinete do prefeito Franco Vialletto (PT). Na manhã desta sexta-feira foi deflagrada a “Operação Detalhe” que mandou para a cadeia além do presidente da Câmara, Paty Paulista (PTB), também foram presos Donizete Souza da Silva, o Donizete da Sucam (PTB), Toninho da Emater (PTN), César Condack, do PSDC (condução coercitiva) , Valdomirto Corá, o Corazinho (PV), Valter Pires  (PT)  e Pedro Antônio Ferrazin ( PP). Além, é claro, da chefe de gabinete do prefeito, Maria Ivani Araújo.

Pois é

Essa patota toda estava, segundo as investigações, agindo em conluio para desviar recursos públicos do município, além de uma série de outras marautaias. Em março deste ano PAINEL POLÍTICO divulgou uma série de gravações da chefe da casa civil com o ex-secretário de saúde Márcio Weder, onde eles tratavam de questões nada republicanas. Uma CPI constatou diversos crimes e foi votado um relatório para afastar o prefeito. Advinha quem votou a favor do prefeito e contra? Pois é, Cacoal tem 12 vereadores, 7 estão enrolados.

O prefeito

Ainda tentou processar PAINEL POLÍTICO, alegando que as gravações haviam sido feitas sem a autorização de sua chefe de gabinete, portanto não poderiam “ser usadas como prova” e pediu, em liminar, a retirada de todas as matérias. A justiça de Rondônia, que tem um histórico de defesa da liberdade de expressão, negou. O prefeito de Cacoal defendeu a chefe de gabinete até o último momento. Vamos ver o que ele diz agora, que ela foi presa. Na verdade, a Câmara deveria ter afastado Franco. Sua situação é insustentável, ele está mais ou menos como Confúcio, está no cargo, mas mandar que é bom…e também faz vistas grossas as coisas erradas. Deveriam, ambos, serem responsabilizados pelas lambanças de seus subordinados.

Acesso vetado

E os advogados dos presos e conduzidos em Cacoal protocolaram uma denúncia contra o delegado Elizeu Muller, responsável pela Operação Detalhe. Eles alegam que o policial falou em alto e bom som, “estou avisando todos os advogados aqui presentes, bem como dando ordem a todos os policiais, caso algum advogado instruam seus clientes no sentido de permaneceram calados, é para dar voz de prisão ao advogado. Aviso ainda aos advogados que  caso tumultuem os trabalhos serão postos para fora. Informo ainda que o acesso a delegacia está sendo restringido aos advogados, sendo que só entra um advogado por detido. Os conduzidos ainda estão sendo oitivados ou ouvidos informalmente sem a presença dos advogados, mesmo quando esses informam que possuem advogados constituídos”.

Os causídicos

Enviaram documento ao Tribunal de Prerrogativas da OAB exigindo um posicionamento. Essa decisão do delegado por ser caracterizada como uma afronta e levar a nulidade das prisões em flagrante.

Segurança pública

Os aprovados no último concurso para a Polícia Civil, realizado em 2014 em uma manobra puramente eleitoreira do governo, estão cobrando a convocação, uma vez que o concurso já completou um ano e até agora é apenas uma lenda essa convocação. Eles elaboraram um detalhado relatório sobre a caótica situação da segurança pública e devem encaminhar cópias aos deputados estaduais. Se isso vai surtir efeito, honestamente não acredito. O governo está apertando os cintos principalmente da segurança pública. Só não faltam recursos para viagens internacionais, é claro.

Emergencial

A Secretaria de Educação continua mantendo um contrato emergencial mesmo outra tendo vencido uma licitação. O contrato em questão é o processo administrativo 16010201700002014, que trata do transporte escolar na região de Alvorada do Oeste. A empresa vencedora preencheu todos os requisitos, venceu a licitação mas a “emergencial” continua executando o contrato por questões de “amizades” dentro da secretaria. O dono da empresa emergencial, detém contratos em praticamente todo o Estado e a Seduc dificulta a vida de qualquer outra empresa que tente entrar no ramo.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Um copo de vinho por dia faz bem ao coração de diabéticos

Clínica Mais Saúde (agende seu check-up 3214-847/9242-1079) – O vinho tinto já compõe a mesa de jantar de muita gente aos fins de semana, mas um estudo desenvolvido por pesquisadores israelenses afirmou que um cálice da bebida todos os dias da semana faz bem ao coração de pacientes diabéticos. Segundo a pesquisa, o vinho tinto aumenta a quantidade de colesterol bom (HDL) no organismo, responsável por remover o colesterol ruim (LDL) e proteger de ataques cardíacos. Os cientistas acompanharam mais de 220 diabéticos tipo 2, que compartilhavam de uma dieta mediterrânea, durante dois anos. Alguns deles foram autorizados a tomar 150 ml de vinho tinto todos os dias. O resultado foi que os que beberam o tinto diariamente durante o jantar apresentaram níveis maiores de colesterol bom do que os que beberam vinho branco ou água na refeição. Além disso, os que tiveram o hábito de beber uma taça de vinho tinto e eram predispostos a metabolizar bem o álcool registraram ainda um melhor controle de açúcar no sangue. A partir daí, os pesquisadores afirmam que a característica genética pode ser usada para identificar pacientes de diabete tipo 2 que podem se beneficiar do consumo moderado da bebida. Apesar do benefício do consumo diário de vinho, os médicos alertam para o risco de ingerir grandes quantidades da bebida alcoólica, o que poderia ocasionar o efeito contrário contribuindo para o desenvolvimento de doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.

Comentários
Carregando