Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Disputa pela direção nacional do PMDB gera ataques a Raupp

0

Para não entregar partido a senador rondoniense, Michel Temer se mantém à frente da legenda

Sem noção

Que as autoridades de Porto Velho …andam para nosso patrimônio histórico isso não é nenhuma novidade. Fora o abandono de todo o acervo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, em conjunto com a criminosa gestão anterior do IPHAN (e parece que a atual vai no mesmo rumo), eles vem ignorando sistematicamente qualquer achado feito por estudantes de arqueologia e mesmo por cidadãos. Não estão nem aí, só que agora também resolveram esculachar até o meio ambiente e depredar os poucos espaços tombados.

Uma dessas insanidades

Foi a autorização, por parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (?) de Porto Velho para a derrubada de uma imensa e centenária castanheira que estava dentro da área de preservação do cemitério da Candelária. A árvore, que não incomodava ninguém, exceto os engenheiros da empresa COENGE, que está construindo um conjunto habitacional perigosamente ao lado da área de preservação. Eles alegam terem doado “mudas de castanheiras” para a prefeitura como “compensação ambiental”. Ora senhores, é mais ou menos como você matar uma pessoa adulta e entregar para a família do morto um bebê, “como compensação”.

Pois bem

Para complicar ainda mais a triste situação, o secretário Edjales Benício, autor da aloprada autorização, não tem a menor idéia de onde andam as tais “mudas que foram doadas”. Em entrevista a uma emissora de TV, ele alegou que elas “provavelmente foram parar na área rural”. Então, voltando a nossa comparação, eles mataram o adulto, receberam um bebê e largaram ele em algum lugar.

Agora

Cá entre nós, será que nenhuma autoridade vai tomar providência em relação a todo esse descaso? Nos últimos anos tenho visto interferências de Ministérios Públicos (estadual e federal) em praticamente tudo, de “recomendações para que as salas de cinema exibam filmes legendados” a “TACs para organização de cavalgadas”, mas em relação ao abandonado acervo histórico, não temos nada. Essa alopração da SEMA é irresponsável. Se qualquer cidadão se atrever a cortar uma mangueira, é capaz de ser preso e pagar uma multa pesada. Agora, derrubar uma árvore centenária, sem nenhuma justificativa, meramente para atender interesses de uma construtora, e ainda achar que ao entregar meia dúzia de mudas estão fazendo um grande favor à comunidade?

Punição zero

Em qualquer país sério, muitas explicações seriam dadas sobre esse crime ambiental e contra o patrimônio. E os responsáveis pela lambança seriam exonerados e talvez até presos. Mas, como por essas bandas fica tudo o dito pelo não dito, vai terminar em pizza, igual a cozinha do restaurante popular, que se perdeu por irresponsabilidade. Faz mais de um ano que todo o espaço do shopping popular, onde funcionava o restaurante, está abandonado, servindo de abrigo para peçonhas e viciados.

Alguém viu aí?

O que a viagem da cúpula da segurança pública de Rondônia à Colômbia trouxe de melhorias para o Estado? Cadê o relatório da viagem de “intercâmbio”?

Expulso

O vice-prefeito de Cacoal foi expulso de seu gabinete no Palácio do Café. Acelino Marcon (PDT) estaria sofrendo retaliações porque os dois vereadores de seu partido votaram pela perda de mandato do prefeito Franco Vialetto, acusado por um grupo de vereadores de ser conivente com uma série de irregularidades que vinham sendo cometidas em sua gestão. As denúncias viraram uma CPI e seis vereadores votaram pelo arquivamento, enquanto seis votaram pelo afastamento. Como era preciso maioria absoluta de votos, o prefeito levou a melhor.

Porém

O clima em Cacoal anda nebuloso. A população anda hostilizando os vereadores que votaram pela permanência do prefeito. A cidade, que outrora foi bem cuidada, está uma buraqueira só. o próprio prefeito sofreu agressões verbais em alguns locais. Por enquanto, perdeu a população que vai ter que aguentar o Padre e o vice-prefeito, que ficou sem gabinete.

Na justiça

Os advogados do padre tentaram obrigar PAINEL POLÍTICO e outros veículos a apagarem completamente qualquer informação das investigações da CPI, que revelou conversas gravadas entre a chefe de gabinete de Franco e do ex-secretário de saúde do Município (o 13º a ocupar o cargo na gestão Franco Vialetto). O padre também queria que todo o material apurado ficasse sob segredo de Justiça. Considerando tais pedidos como “atentado ao estado democrático de Direito, o juizo da 3ª Vara Cível indeferiu a medida cautelar.

Maioridade penal

Um levantamento feito pela Agência Câmara aponta que 21 (77,8%) dos 27 deputados titulares da comissão especial da maioridade penal são favoráveis à diminuição da maioridade penal para que um adolescente de 16 anos seja responsabilizado penalmente como um adulto. Os outros 6 deputados (22,2%) titulares são contrários à mudança na legislação atual. A comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 anos para 16 anos, designou, nesta quarta-feira (15), o deputado Laerte Bessa (PR-DF) como relator da matéria.

Memória

Se estivesse vivo, o jornalista Paulo Queiroz (1949-2011) estaria completando 66 anos. Ele faleceu em março de 2011 em Porto Velho, vítima de infarto fulminante. Queiroz foi colaborador da revista Painel Político e editava a coluna Política em Três Tempos.

Operação Choque

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quarta-feira o ex-diretor da Eletronorte Winter Andrade Coelho e um parente dele, Carlos Eduardo Andrade Macedo. Eles são acusados de enriquecimento ilícito. Para a PF, existe na empresa um esquema parecido com o da Petrobrás, de pagamento de propinas. No decorrer do dia, circulou a informação que Winter havia sido indicado para o cargo pelo senador Valdir Raupp (PMDB-RO), que negou veementemente essa afirmação, “ele (Coelho) foi diretor muito antes de eu chegar aqui (ao Senado). Acho que foi diretor antes de 2000. Eu nunca indiquei o Winter. Ele nunca assumiu cargo por indicação minha. Isso é um equívoco”, rebateu Raupp.

Delicado

O atual momento político está sendo extremamente delicado para Raupp. Como ele está na disputa pelo controle do maior partido do país, começam a pipocar rumores envolvendo o senador rondoniense. O vice-presidente da República, Michel Temer, quer colocar no comando do partido o senador Romero Jucá (RR), que é o segundo vice da legenda. Mas para que isso aconteça, Raupp e a ex-deputada Íris Machado (GO) teriam que se licenciar. Por essa situação, Temer resolveu continuar ainda à frente do PMDB.

Não é

Que Raupp seja santo, longe disso. Mas o jogo rasteiro que vem sendo orquestrado mostra bem como o senador rondoniense vem operando em um nível bem acima dos mortais comuns. O PMDB atualmente é o partido que, de fato, comanda o país e para Temer, entregar a legenda nas mãos de Raupp que vem se tornando cada vez mais independente e integra um grupo que vem buscando obter um espaço maior, ele terminou virando uma enorme pedra no sapato do vice-presidente, que precisa de alguém que diga amém sem pestanejar. E essa homem é Romero Jucá, que já deu inúmeras provas de sua fidelidade. E entre nós, entre um senador de Roraima e um de Rondônia, sou mais o nosso. Mais independente, Raupp conseguiria agilizar interesses do Estado, diferente da situação em que ficou no passado, quando estava mais próximo de Temer.

Pediu as contas

Após ter sido preso na manhã desta quarta-feira pela Operação Lava-Jato, João Vaccari pediu afastamento do cargo de tesoureiro do PT. O partido “repudiou” a prisão e diz também reafirmar confiança na inocência do tesoureiro, “não só pela sua conduta frente da Secretaria Nacional de Finanças e Planejamento, mas também porque, sob a égide do Estado Democrático de Direito, prevalece o princípio fundamental de que todos são inocentes até prova em contrário”.

Feriado

Próxima terça-feira, 21 é Dia de Tiradentes. Como por aqui se trabalha demais, o governo resolveu enforcar a segunda, 20 e decretou ponto facultativo. Portanto, a vida só volta ao normal em Rondônia na quarta, 22.

Momento Câmera 11

A partir desta quarta-feira, 15, a clínica médica Mais Saúde passa a ser parceira de PAINEL POLÍTICO e passa a patrocinar o espaço das notas sobre pesquisas e saúde que divulgamos na coluna. A Mais Saúde atende com todos os exames clínicos, inclusive DNA a preços populares, de segunda a sexta-feira das 7 às 18 e aos sábados até o meio-dia. E quem se consultar na clínica ainda ganha 15% de desconto nos exames laboratoriais. O telefone de contato é o (69) 3214-8427 e o 9242-1079.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondencia para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Sistema imunológico está relacionado ao Alzheimer

O sistema imunológico parece ter incidência sobre o Mal de Alzheimer e tal indicação deve permitir a elaboração de novos tratamentos contra a forma mais comum de demência no planeta, destaca um estudo da universidade de Duke publicado no Journal of Neuroscience. Segundo o estudo, algumas células do sistema imunológico, que normalmente protegem o cérebro, consomem um nutriente-chave, a arginina, e em testes com ratos os pesquisadores conseguiram bloquear o processo com uma pequeña molécula de droga, impedindo a perda de placas cerebrais e da memória. O estudo reconhece que ainda não está claro o papel preciso das células do sistema imunológico na enfermidade, mas destaca que a pesquisa pode orientar para uma nova potencial causa do Mal de Alzheimer, abrindo a porta para novos tratamentos. “Se, de fato, o consumo de arginina” por parte de células do sistema imunológico “for importante para o desenvolvimento da enfermidade, provavelmente poderemos bloquear isto e reverter a doença”, destacou Carol Colton, professora de neurologia da faculdade de Medicina de Duke, uma das principais autoras do estudo.

Comentários
Carregando