Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Espaço Alternativo: Empresa foi criada após vencer licitação

0

Foi assim

Uma das três alas da executiva peemedebista se reuniu ontem a noite e decidiu por conta que iria colocar o empresário Mário Português como vice de Confúcio Moura. O governador já estava dormindo e Português não estava sabendo de nada. Logo cedo, nas primeiras horas desta quinta-feira, Confúcio foi informado da troca, e não gostou. Não pelo nome, mas pelas negociações que estavam sendo feitas a sua revelia. Apesar da executiva ter autonomia, as coisas precisam ser combinadas antes. Como resultado, Confúcio mandou que parassem todas as conversas e fosse encaminhada sua chapa para registro no Tribunal Regional Eleitoral. Português, que só quer ser prefeito de Porto Velho, deve ficar fora do processo, e já anda pensando inclusive em sair do PMDB.

Mesmo assim

A notícia agradou muita gente e deixou o PSB de barbas de molho. Nazif disse que ia esperar ser comunicado oficialmente para tomar uma posição. É que em troca de Daniel Pereira compor a chapa com Confúcio, o governo se comprometeu a colocar 400 máquinas em operação na capital nas próximas semanas. Com essa ação, Confúcio espera reverter sua impopularidade e de quebra, dar uma força para Nazif, que também anda mais baixo que barriga de cobra. Portanto, até agora, fica Confúcio/Daniel.

Registrando

Jaqueline Cassol entregou hoje no Tribunal Regional Eleitoral sua documentação para o registro de sua candidatura. Ela estava acompanhada do irmão, o senador Ivo Cassol e do deputado estadual Luiz Cláudio. “Fiz questão de ser a primeira a protocolar o registro como prova da minha determinação nessa causa. Tão logo seja permitido vamos pra rua mostrar que somos capazes, que temos competência para mudar”, disse a entusiasmada candidata.

No mesmo horário

O candidato Expedito Júnior concedia uma entrevista coletiva no hotel Rondon, onde tinha mais correligionários que imprensa. Uma péssima escolha de local, tendo em vista que nos últimos tempos as coletivas de imprensa tem de tudo, menos jornalistas. Tá ficando difícil.

Antes da coletiva

Expedito disse que sua chapa foi a primeira a ser definida, e que ele está tranquilo em relação a seu registro de candidatura. Quem não simpatiza com a candidatura de Expedito vem cobrando o fato de que, mesmo ele estando apto, “continua ficha suja”. De fato, se olharmos por esse prisma faz sentido. Mas, como no Brasil existe o “direito ao esquecimento” e ninguém pode ser penalizado após cumprir pena, teoricamente ele estaria zerado. O complicado é explicar isso para o povo.

Novidade

A OutBeer está com novidades em seu empório e agora oferece uma variada carta de vinhos portugueses de primeira linha. Além disso, a OutBeer também conta com mais de 120 rótulos de cervejas importadas e uma variedade imensa de especiarias e azeites. Dá uma passada para se preparar para o jogo desta sexta-feira. A OutBeer funciona na João Goulart com Calama.

Olha essa

Para encerrar a questão da obra de R$ 22 milhões do Espaço Alternativo, nos chega a comprovação de que, de fato houve manipulação na licitação, e favorecimento. Só para deixar as coisas bem explicadas, no processo licitatório existem dois fatores, preço e capacidade de execução. No processo em questão, a licitação 012/2013 foi aberta em março. Várias empresas se inscreveram e em 5 de dezembro a comissão desclassificou a empresa Hidronorte Construções, uma gigante de Rondônia por uma questão que poderia ter sido resolvida em caso de recurso. A Hidronorte não recorreu.

No mesmo dia

Os envelopes foram abertos e venceu o consórcio de Obras Centro Oeste, formado pelas empresas Max Silva Lopes Construções Eirele Ltda (20% de cotas) e a Construtora ne Instaladora Rondonorte Ltda. (80% das cotas). Em segundo lugar ficou o Consórcio Enegron Santa Cruz com uma diferença de preços de apenas 0,77%, e ela poderia ter recorrido, afinal, tratava-se de uma obra de mais de R$ 20 milhões. Observem que isso foi no dia 5 de dezembro de 2013.

Pois bem

O tal Consórcio de Obras Centro Oeste, que venceu a licitação no dia 5 de dezembro de 2013 só foi criado no dia 18 de dezembro de 2013, foi registrado no Tabelionato Ribeiro de Ouro Preto do Oeste no dia 27 de dezembro de 2013 e recebeu registro na Junta Comercial de Rondônia no dia 30 de dezembro, cá entre nós, um prazo extremamente apertado. Dia 27 foi uma sexta e 30, segunda.

A pergunta é

Como uma empresa que não existia conseguiu vencer uma licitação desse porte? Quais os documentos foram apresentados na licitação? Porque a SUPEL aceitou tamanha aberração?

Para fechar

Quem entende do assunto garante: aquele projeto poderia ser executado, na totalidade pela metade do valor, gerando lucro, pagando impostos e “até propina”. No jargão da construção civil o que está sendo feito é “medição de vento”, ou seja, colocaram “gordura” em diversos ítens para aumentar o preço. Resta saber porque o Ministério Público e Tribunal de Contas ainda não determinaram uma investigação para apurar mais esse escândalo do “governo da cooperação”, que pelo visto coopera, e muito, com o ex-secretário de Obras, Lúcio Mosquini, que tem relação direta com as empresas que compõe o consórcio de Obras Centro Oeste.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Telegram. Para mais informações acessehttp://painelpolitico.com/grupos-de-noticias.

Overdose por analgésicos mata 46 pessoas por dia

O uso indiscriminado de analgésicos tornou-se um problema a ser combatido nos Estados Unidos. Segundo relatório recente do Centers for Disease Control and Prevention (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, em tradução livre), 46 pessoas morrem de overdose com analgésicos todos os dias. O relatório apurou que foram prescritos 259 milhões de analgésicos no ano passado, o que seria suficiente para que todos os adultos dos Estados Unidos tivessem um frasco de comprimidos cheio. A maior concentração de uso do remédio está nos estados do Sul. O instituto afirma que tiveram estados com profissionais de saúde prescrevendo analgésicos quase três vezes mais do que no estado com o menor número. Esta alta quantidade é alarmante, segundo a instituição, pois está ligada ao elevado número de mortes por overdose. O centro deve aumentar seu sistema de monitoramento de prescrição de drogas para avaliar possíveis excessos.

 

Comentários
Carregando