Coluna – “Esperteza” no SINE causa transtorno e confusão

E ainda, Gurgacz integra bloco que vai defender governo no Senado

Vazou

Um memorando interno do SINE vazou para algum “amigo de amigo” que queria dar uma de esperto e causou uma confusão daquelas neste feriadão em Porto Velho. Sem especificar o número de vagas, mas com postos de trabalho para pessoas com pouca, ou sem nenhuma qualificação, a coisa virou um pandemônio. E esse tipo de coisa se amplifica graças a praga que viraram essas correntes de WhatsApp com aquela famosa “só estou repassando” ou “procede essa informação?”. Pois é, entre uma “repassada” e um “procede”, centenas de trabalhadores se amontoaram na porta do SINE desde sexta-feira e por lá ficaram acampados até a manhã desta segunda.

O problema

Poderia ter sido evitado se a direção do SINE se dispusesse a enviar pessoas lá para esclarecer o assunto. Como resultado, muito empurra-empurra, desconfianças de que estavam querendo favorecer alguns (e queriam, senão o tal ofício não teria vazado), e claro, descaso com pessoas que estão padecendo em uma crise econômica causada por incompetência federal e falta de planejamento estadual. Até os bagres do Madeira sabiam que após o término da construção das usinas, milhares ficariam desempregados. E a maioria sem qualificação alguma. O reflexo é esse.

A culpa?

É da FIERO, que virou cabide de emprego de empresário falido e não organizou qualificação, tampouco colabora com o fortalecimento e ampliação de indústrias em Rondônia (federação de indústria é só no nome), do governo do Estado que não cria cursos de qualificação subsidiados, da prefeitura que só faz de conta e claro, do governo federal, que está transformando o Brasil em uma Venezuela. Enquanto isso, a fila do desemprego só aumenta e a gente continua vendo que ninguém por aqui tem um plano. Só tem papo furado. De sobra.

Falando em rio Madeira

As obras da ponte em Abunã estão paradas. Um técnico garante que o problema são erros grosseiros no projeto. O DNIT nega, claro, mas também não dá uma explicação convincente. Quem gosta e aplaude, é o ex-deputado federal Roberto Dorner, que fatura quase R$ 2 milhões mensalmente explorando a travessia com suas balsas. Às vezes, só às vezes, eu acho que essas “falhas nos projetos” são propositais….

Enquanto isso

Em Brasília o Senado elegeu os membros da comissão que vai analisar o impeachment da presidente Dilma Roussef. Serão 21 senadores, entre eles Acir Gurgacz que compõe o “Bloco de apoio ao governo” que reúne PDT e PT. São 4 vagas e ele é suplente.

Falando em Acir

Apesar do senador ter dado entrevista na semana passada informando que “não iria decepcionar os seus eleitores” e que vota pelo impeachment, ele não convenceu a população de Ji-Paraná. O clima por lá não está propício para uma visita de Gurgacz. A população olha desconfiada e promete muito barulho, caso ele não vote pela saída da presidente. E mesmo que vote, sua situação não é das mais confortáveis. Quem é de lá, sabe que o senador é mais petista que muitos por aí…Ele só está mudando de idéia (ou não) graças a forte pressão que vem sofrendo nas últimas semanas.

De novo

Pelo menos 8 horas foi o tempo que durou o bloqueio da BR 364 por moradores da Vila Samuel que protestavam contra uma decisão judicial que determinou o despejo das famílias do local onde vivem. A decisão é da Segunda Vara da Fazenda Pública. E para variar, as coisas só acontecem na pressão. O bloqueio só terminou após muita conversa com representantes do Incra.

Olha essa

Ao acessar o site Painel Político você vai olhar no canto esquerdo inferior da página e vai observar um sino vermelho. Clica nele para que você possa receber notificações de atualizações do site. Se você usa Android com navegador Chrome em seu celular, também vai poder receber em seu dispositivo. O procedimento é o mesmo. Também vale para navegadores Safari e Firefox (no computador), mas em breve estaremos disponibilizando para IOs.

Encurtou?

Pois é, vamos testar um novo formato na coluna a partir de hoje, ela será menor e vai abordar no máximo três temas. O povo anda com preguiça de ler “textões”. Mas essa semana ainda vai ter uma novidade para compensar essa redução.

Clínica Mais Saúde informa – Solidão aumenta risco de infarto

Pessoas solitárias correm um risco aumentado de infarto e acidente vascular cerebral (AVC), em comparação com aquelas que têm fortes relações sociais. A descoberta é de um estudo publicado recentemente na revista científica Heart. Pesquisadores da Universidade de York, na Grã-Bretanha, revisaram 23 estudos já existentes, envolvendo 181.000 pessoas saudáveis. Eles descobriram que a solidão – definida por um sentimento negativo em pessoas que estão infelizes com a falta de relacionamentos – está associada a um aumento de 29% no risco de ataque cardíaco e 32% de AVC. Isso faz com que a solidão seja considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares, como a ansiedade e o stress no trabalho.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário