Coluna – Ex-presidente da ALE/RO recebeu mais de U$ 5 milhões das usinas para aprovar isenção fiscal

In Painel Político
Espalhe essa informação

Mas o dinheiro foi dividido com parlamentares que apoiavam a manobra do governo. Veja com exclusividade a lista completa com os apelidos de quem recebeu propina da Odebrecht em Rondônia

Qual o interesse público?

Essa é a pergunta que deve ser feita antes de se publicar uma matéria em sites institucionais e foi isso que a prefeitura de Porto Velho não fez. Nesta segunda-feira, em manchete com letras garrafais estampava que o prefeito era o mais influente em redes sociais. E daí cara-pálida? A quem interessa essa informação a não ser ao próprio Hildon e seus simpatizantes? A matéria foi excluída após denúncia de PAINEL POLÍTICO.

Trazendo luz

Suicídio e bullying na adolescência são temas tratados na série 13 Reasons Why, quer está disponível no catálogo da Netflix. Vale a pena assistir, principalmente se você tem filhos adolescentes, o que pode parecer nada aos adultos, é uma tempestade na vida deles.

Inferno astral

Ivo Cassol foi abatido em pleno voo. O senador, que andava pelos quatro cantos do Estado avisando que seria candidato “até com liminar”, viu o sonho descer nas corredeiras do Madeira (desculpem o trocadilho, mas não resisti) após a delação de Henrique Valladares, ex-tudo na Odebrecht. A informação mais interessante da delação, entre outras, foi que a Odebrecht pagou duas semanas de férias para a família Cassol nos EUA.

Listão

Mas o executivo da Odebrecht também fez uma revelação interessante sobre os pagamentos da empresa para políticos em Rondônia e os números revelam um dado curioso, Valter Araújo, ex-presidente da Assembleia Legislativa que foi preso na Operação Termópilas (2011), identificado nas planilhas pelo codinome “Árabe”, surge como recebedor de U$ 3.172.186,27, que no câmbio do dia do pagamento (14/07/2011) equivalia a R$ 4.980.332,44, já que o dólar na época estava cotado a R$ 1.5721. Valter também recebeu outros 3 pagamentos, em 18/08/2011 (U$ 379.027,16), em 01/09/2011 (U$ 1.619.203,63) e em 15/09/2011 (U$ 86.765,39).

Mas, qual o interesse?

A isenção fiscal às usinas do Madeira, um projeto que nasceu no governo Cassol e foi levado à cabo pelo governador Confúcio Moura em seu primeiro ano de gestão. Valter era presidente da Assembleia Legislativa e saiu em defesa da isenção por diversas vezes. Para quem não sabe ou não lembra, esse assunto veio à baila em um longo depoimento que Valter deu ao procurador federal Reginaldo Trindade na ocasião de sua prisão (Valter ficou dois anos foragido). O assunto foi revelado por mim em coluna publicada no dia 25 de abril de 2014.

Portanto

A conta começa a fechar. Na época, Valter explicou ter pago cerca de R$ 1 milhão a cada deputado que votou favorável ao projeto e, segundo ele, apenas 2 dos 24 não teriam pego dinheiro. Mas não foi bem assim. Na verdade um grupo de parlamentares realmente recebeu um “incentivo” para a votação outros foram induzidos à erro de forma descarada pelo governo que afirmou “ser uma imposição das obras do PAC e que não havia previsão da despesa (impostos) no orçamento das obras”. Mas os traquinas já foram descobertos e pegando carona na Lava Jato o MPF em Rondônia se movimenta.

Nas planilhas

Valter teria recebido, em 2011, um total de U$ 5.257.182,45 para dar apoio às usinas e comprar, se necessário, os votos para manter a isenção fiscal. Mas o “árabe” não foi o único envolvido nessa maracutaia. Quem articulou essas reuniões (e participava diretamente) era o cunhado de Confúcio Moura, Francisco de Assis e o ex-secretário da Sefin Wagner Luiz de Souza, o “Wagner Bocão”.

Outros apelidos

Na planilha apresentada pelo delator, aparecem os seguintes apelidos, “graveto”, tricolor”, “Israel”, “Barbudos”, “Companheiro”, “tribo”, “flamenguista”, “torrada”, “santa”, “mano”, “anjo”, “Dallas”, “Pontual”, “Ixareu” e outros. A relação completa você confere no final da coluna com exclusividade. A lista contém apelidos, datas, moeda e valores pagos a cada corrupto que andou circulando pelas usinas.

Roberto Sobrinho

Muita gente não sabe mas foram mais de R$ 240 milhões em recursos que Rondônia recebeu para minimizar impactos sociais e ambientais provocados pelas usinas, sendo a maior parte do recurso, administrado pela própria prefeitura de Porto Velho. O “manda-chuvas” era Roberto Sobrinho, prefeito petista que chegou ao cúmulo de abrir uma empresa em seu próprio nome e de seu filho para alugar caminhões para as usinas. Para quem não sabe ou não lembra, a prefeitura de Porto Velho era composta por um bando que estava sempre aprontando. As denúncias mais graves foram feitas por mim e Paulo Andreoli no Rondoniavivo e só para relembrar, até grama eles conseguiram roubar em um esquema que o ex-secretário de Obras Jair Ramires plantava, vendia, pagava e recebia grama esmeralda hiperfaturada. Nas próximas colunas vou estar relembrando algumas traquinagens dessa turma.

Crianças que usam tablets ou celulares todos os dias dormem menos

O uso diário de smartphones e tablets pode prejudicar o sono de bebês e crianças, revela um estudo publicado na última sexta-feira no periódico Scientific Reports. Segundo os pesquisadores, os pequenos passam a dormir menos e demoram mais para pegar no sono quando brincam com esses dispositivos todos os dias. Esse efeito pode ser observado inclusive em bebês a partir de seis meses de idade. Os cientistas descobriram que, a cada hora de uso diário dos aparelhos, as crianças dormem 16 minutos a menos em um período de 24 horas. Como o sono é um fator importante para o desenvolvimento cognitivo, os pesquisadores acreditam que a descoberta aponta para um hábito preocupante e muito comum atualmente. “Esses resultados indicam que a popularidade e acessibilidade de dispositivos touchscreen (aparelhos controlados pelo toque) levou a níveis mais altos de uso por crianças e bebês, e isso está associado à redução do sono”, afirmou em comunicado o líder do estudo, Tim Smith, do centro de pesquisas Birkbeck, que pertence à Universidade de Londres, no Reino Unido. Porém, antes de proibir completamente os filhos de utilizar dispositivos, Smith afirma que outros estudos são necessários para compreender como esse fenômeno ocorre e qual é a melhor maneira de evitá-lo sem perder os aspectos positivos da tecnologia. Estudos anteriores do mesmo centro de pesquisa já haviam mostrado que o uso de touchscreen (por exemplo, usando os dedos para rolar a tela para baixo e controlando o dispositivo em vez de assistir passivamente que os outros o façam) estava associado com uma melhora no desenvolvimento motor em bebês.

 

LISTA DA ODEBRECHT COM PAGAMENTOS EM RONDÔNIA

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.51.12.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.52.09.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.51.59.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.51.53.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.51.35.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.51.29.png

Captura-de-Tela-2017-04-17-às-19.52.15.png

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Embriagado, PM é preso após causar dois acidentes, em Porto Velho

Espalhe essa informação O Sd PM RE 9164-8 Danilo Martins Benicio, lotado na CIA de Guarda, foi preso e

Read More...
Trinta e seis pessoas são detidas em atos contra reformas em São Paulo

Trinta e seis pessoas são detidas em atos contra reformas em São Paulo

Espalhe essa informação Na capital, foram 21 detidos em atos concentrados em duas regiões da cidade. Motivos para prisões

Read More...
PF amplia cerco à cúpula do PMDB no Senado

PF amplia cerco à cúpula do PMDB no Senado

Espalhe essa informação Foram cumpridos mandados de busca e apreensão contra suspeitos de operar recebimento de propina em contratos

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu