fbpx
Coluna – Governador deve promover mudanças no primeiro escalão

Governo está estagnado pela inoperância de parte do secretariado que não consegue implantar nenhum programa efetivo

Acabou

Não gosto de rotular ninguém, mas falando honestamente, só quem é desmiolado acredita que se Dilma conseguir evitar o impeachment, o Brasil vai amanhecer milagrosamente recuperado. O governo acabou, Dilma poderia ter a grandeza de renunciar, pensar não na manutenção do poder, mas no país como um todo. Se o PT se preocupa tanto com o social, como continua apoiando esse governo?

Enquanto isso

Na Sugespe estão procurando uns bebedouros que sumiram…

Falando em Sugespe

A (ainda) titular da pasta, Isis Queiroz deu uma entrevista fofa ao colunista social Zuza Carneiro. Se você está em um dia fofo, assista abaixo. A partir dos 32 minutos.

Enquanto isso

A polícia continua sem combustível e nos presídios continua faltando toner e os ofícios ainda são redigidos à mão.

Ausência

E nesta segunda-feira teve uma reunião entre a Casa Civil, prefeitura de Porto Velho, Sebrae, Senac e outras entidades para tratar da questão dos conjuntos habitacionais na capital, tanto os que estão abandonados quanto os novos. O problema é que o Chefe da Casa Civil Emerson Castro não foi e sua ausência foi sentida. Mas aí chegou quem manda de fato, Cira Moura e a reunião começou. Castro ficou em seu gabinete.

“Até tarde”

Já tive oportunidade de conversar com o governador algumas vezes e apesar de discordar de algumas posturas suas, tem uma filosofia dele que é bem interessante. Para Confúcio, “a pessoa organizado tem que fazer seu serviço no tempo de serviço”. Mas, alguns secretários não entendem isso, e acham que o fato de ficar até tarde no gabinete é um mérito. Não é. O governador acha que isso é um sinal claro de que a pessoa é desorganizada. E pior, além de não dar conta do próprio trabalho, ainda atrapalha os outros, que são obrigados a ficar até tarde acompanhando o ritmo do desorganizado.

Agora a noite

Está acontecendo uma reunião na Casa Civil e Confúcio deve promover algumas mudanças. Por lá estão vários deputados e chamaram ainda o secretário da Sedam. Por recomendação do Ministério Público foram exonerados 40 cargos comissionados, de 109 que existem lá. A Sedam continua inerte, mesmo tendo repassado responsabilidades suas para alguns municípios, continua inoperante. Vai ver essas mudanças também aconteceram em função da ida de um político ao órgão, que tentou liberar umas licenças para instalação de forno para queima de lixo e não conseguiu…

Essas mudanças

Se de fato acontecerem, estão vindo tardiamente. O governo de Confúcio Mouras está em suspensão desde o ano passado. O DER, por exemplo, ficou 2015 engessado nas mãos do coronel bombeiro. A Sedam igualmente. Secretaria de Obras não consegue concluir as obras e a segurança pública trabalha no automático, com o mínimo possível., Estamos em crise sim, mas alguns setores do governo, como a Sugespe, não sabem gastar dinheiro.

Em Brasília

Na tarde desta segunda-feira o senador Valdir Raupp propôs, em discurso no senado, eleições presidenciais em outubro desse ano, “considero como do meu dever lançar uma sugestão, uma proposta – seria antecipar as eleições. Não seria uma renúncia, não seria um impeachment, mas anteciparia para outubro as eleições. Já vamos ter um país mobilizado pelas eleições municipais”.

Pois é

Mas eu acho que ao invés de ‘eleições presidenciais’ deveríamos ter eleições para uma assembleia constituinte, onde não poderiam participar nenhum dos atuais deputados federais ou senadores. Uma constituinte com gente disposta a pensar no Brasil e não em seus interesses pessoais. O Brasil precisa ser passado á limpo e com esse Congresso, fica difícil falar em combate à corrupção. Manchete do “Sensacionalista” dia desses resume bem como anda nossa ‘oposição’, “Aécio já é mais citado na Lava Jato que Clarice Lispector no Facebook”.

O problema

É que Raupp é aliado de Michel Temer (ou era) e a proposta, que em primeiro momento parece ser contrária a Michel, mas não é. Existe atualmente forte pressão para que o vice não assuma, inclusive tramita um processo no Tribunal Superior Eleitoral que pode levar à cassação da chapa Dilma/Temer. Então, corre o risco dele ganhar e não levar. Já se acontecessem as eleições antecipadamente, Michel teria vantagem, afinal, Lula está na fogueira e ele, Michel, já mostrou que tem um plano para tirar o país do buraco. É a volta do liberalismo em sua essência. Particularmente apóio a idéia (do liberalismo), já da antecipação das eleições presidenciais, aí é outra conversa.

Via Radar

Depois de anos enfrentando todos os tipos de problemas, a usina de Jirau deu início, na semana passada, à montagem de sua última turbina. No fim do ano, quando a 50ª turbina estiver em funcionamento, a hidrelétrica atingirá a capacidade instalada de 3 750 MW, o suficiente para abastecer cerca de dez milhões de residências.

Em Ji-Paraná

O MST andou fazendo manifestações em frente a casa do senador Acir Gurgacz. Ele está literalmente no limbo, sendo hostilizado por militantes pró-Dilma e pelos contrários à presidente. Carismático, né?

 

Clínica Mais Saúde informa – Toxina botulínica auxilia no tratamento de suor excessivo

Em pacientes com hiperidrose (suor excessivo), o tratamento com toxina botulínica está associado com melhorias significativas na saúde física e mental, segundo um estudo publicado on-ine em fevereiro de 2016 no The Journal of Dermatology. Pesquisadores suecos examinaram os sintomas de ansiedade, depressão e alto consumo de álcool entre os pacientes com hiperidrose. Eles ainda determinar se o tratamento com toxina botulínica mudou esses efeitos. Questionários sobre hiperidrose e sintomas foram administrados a 114 pacientes (idade média de início, 13,4 anos; 48% descreveu a hereditariedade para a hiperidrose). Os pesquisadores descobriram que duas semanas após o tratamento com a toxina botulínica, os pacientes com hiperidrose axilar e palmar tiveram melhorias significativas em relação à escala de gravidade da doença, numa escala de 10 pontos analógica visual, escala hospitalar de ansiedade e de depressão, num questionário de pesquisa curto acerca da saúde, e nos problemas de saúde relacionados com o suor. Os participantes não tiveram alterações significativas no uso de álcool.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Coluna – Governador deve promover mudanças no primeiro escalão

  1. BEM FEITO QUEM MANDOU BOTAR MILICO LÁ, O CARA DISSE QUE PORTO VELHO TÊM SANEAMENTO BÁSICO E QUE CACOAL NÃO, E UM TOPEIRA! CONFUCIO NÃO ACREDITA NAS PESSOAS DE BEM, A SEDAM PAROU PQ MEU MARIDO LARGOU A DESCENTRALIZAÇÃO. PQ TRABALHAVA MUITO E DONA SECRETARIA ANTIGA, SO RECONHECIA OS PUXA SACOS! DOS 52 MUNICIPIO SO 22 FORAM TRABALHADOS POR FALTA DE APOIO, E O QUE ESTÁ HOJE NA DESCENTRALIZAÇÃO NÃO LEVANTA A BUNDA DA CADEIRA SE AS DIARIAS NÃO DER PARA ELE TOMAR AS CACHAÇAS! OS MUNICIPIO ESTÃO LARGADOS, VIVA PADRE FRANCO QUE DEU CREDITO DE CONFIANÇA E HOJE CACOAL E O UNICO MUNICIPIO COM A COORDENAÇÃO DE LICENCIAMENTO FUNCIONANDO!

Deixe uma resposta