Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Grupo Cassol abre conversa com Expedito para Eleições 2014

0

Dinheiro público

No último fim de semana, reportagem do jornal Folha de São Paulo descobriu que os consórcios de Jirau e Santo Antônio doaram juntos, R$ 18,3 milhões ao PT. A Odebrecht, responsável pela Santo Antônio Energia doou R$ 6 milhões em 2013 e a Camargo Corrêa, responsável por Jirau doou 12,3 milhões a “companheirada” ano passado. Ambas receberam recursos do BNDES para construírem as usinas e traduzindo essa história de “doação” elas simplesmente pegaram dinheiro de um banco público e fizeram uma doação ao partido que comanda o país.

Além disso

Vale lembrar que os consórcios foram acusados de, juntos, terem pagos propina a parlamentares estaduais em duas ocasiões, na época da CPI das Usinas e na votação da isenção fiscal para os empreendimentos, uma jogada que renderia cerca de R$ 1 bilhão para Jirau e Santo Antônio. As usinas também estão sendo acusadas, pela Justiça Federal, de serem as responsáveis pela enchente do Madeira, que causou prejuízos ainda não contabilizados totalmente.

Com essa revelação

Fica fácil entender a defesa ferrenha de Dilma Roussef aos empreendimentos, que deram dinheiro á rodo para a companheirada. É bom lembrar que até o ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho andou enchendo a burra em Santo Antônio, que contratou a empresa de Roberto, a V.R. Madeira e Transportes, para realizar trabalhos na usina.

Falando em Roberto

Seu nome consta na relação de pré-candidatos a deputado federal pelo PT de Rondônia para as eleições deste ano. O ex-prefeito foi preso quase dois meses antes de terminar seu mandato, acusado de uma série de ilegalidades em sua gestão. No último sábado, durante a visita do presidente nacional do PT, Rui Falcão, em Porto Velho, Roberto foi hostilizado por militantes do partido que passaram a xinga-lo na saída do evento, que deveria ter sido o lançamento oficial da pré-candidatura do deputado federal pelo PT, Padre Ton.

Deveria…

Mas não foi. Rui Falcão discursou, conversou, mas em momento algum declarou que “Padre Ton é nosso candidato ao governo de Rondônia”. O resultado do encontro foi que tudo ficou exatamente como está. Padre Ton continua falando que é candidato, mas o PT não confirma. Fátima Cleide abriu mão de sua pré-candidatura ao Senado e colocou seu nome á disposição, se for o caso, para deputada federal. E agiu certo. Sem nenhuma dúvida a ex-senadora é de longe o nome mais forte que a legenda tem no estado. Já Padre Ton, conseguiu reunir em seu grupo, os nomes mais rejeitados do partido, como Sonia Cordeiro (prefeita de Jaru), Padre Franco (prefeito de Cacoal), Roberto Sobrinho (ex-prefeito de Porto Velho),  Epifânia Barbosa (deputada que foi acusada de participar de um grupo de parlamentares que se vendia em troca de apoio político ao ex-presidente da Assembleia Legislativa ) e Cláudio Carvalho (deputado estadual que teria pego dinheiro com suposto grupo criminoso para fazer campanha dentro do próprio PT).

Bandeira branca?

Mas a grande novidade do fim de semana no cenário político foi a “piscada” que o grupo liderado pelo senador Ivo Cassol deu para o grupo do ex-senador Expedito Júnior para a sucessão estadual. Emissários de Cassol teriam feito, em nome do senador, uma proposta de aliança para a disputa. Em linhas gerais Cassol apóia Expedito oferecendo o nome do vice, em troca da vaga ao senado, que é do PSD, do deputado federal Moreira Mendes. Na aliança PSD/PSDB, a legenda de Moreira é quem indicará o nome para a disputa.

Evidente

Que essa foi a primeira conversa entre ambos, que já foram aliados no passado e romperam em 2010, quando Cassol insistiu na candidatura de João Cahúlla, seu vice-governador, rifando Expedito do processo. Naquela ocasião o italiano tinha razão, ele sabia que Júnior não conseguiria o registro de candidatura. Como os ventos estão soprando a favor de Expedito, o cenário mudou. Se essa conversa vai “dar liga”, é muito cedo para dizer, mas a possibilidade é concreta. Resta saber como essa situação vai desenvolver, e principalmente, como será a repercussão dentro dos grupos.

Enquanto isso

Jaqueline Cassol, irmã de Ivo segue abrindo espaço no grupo para se consolidar como candidata ao governo. Ela disputa com Maurão de Carvalho, deputado estadual que saiu na frente, essa postulação. Maurão recebeu, na semana passada, uma resposta positiva de Cassol para que ele, Maurão, continue articulando sua pré-candidatura. Porém, ele, Cassol, disse o mesmo para sua irmã.

Aditivada

O ex-diretor do DER e ex-secretário de Obras do Estado, Lúcio Mosquini inaugurou mais um posto de combustíveis em Porto Velho, na rua Raimundo Cantuária. O empreendimento leva a bandeira Ipiranga e foi “descoberto” pelo jornalista Tadeu Itajubá, já que Mosquini não fez nenhum barulho na inauguração. Deve sere por isso que intensificou o tráfego de carretas de combustíveis entre Jaru e Porto Velho, com a marca “Mosquini” nos tanques. Bom lembrar que o presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho apresentou denúncia de “enriquecimento ilícito” por parte do agora “assessor especial” do DER.

Mosquini

Esteve no Ministério Público onde apresentou cópias de declaração de imposto de renda, recibos de compra de uma fazenda, entre outros. Não sei, mas me parece que posto de combustível é um grande negócio em Rondônia, assim como era criar gado, até um tempo atrás.

Eleições 2014

De autoria do único juiz que representa a classe dos juristas no Tribunal Regional Eleitoral, Juacy dos Santos Loura, a Corte aprovou, por unanimidade, durante sessão plenária da última quinta-feira (15), Resolução que torna indispensável a constituição de advogado e de profissional de contabilidade nos processos de prestação de contas eleitorais de candidatos e de partidos políticos para as eleições deste ano. A Resolução prevê que a prestação de contas dos candidatos terá que chegar a Justiça Eleitoral com a chancela de um advogado e de um contador devidamente inscritos nos seus respectivos órgãos de classe. O juiz Juacy dos santos Loura Júnior acentua que o objetivo é facilitar o trabalho de prestação de contas tanto para os candidatos quanto para o Tribunal Regional Eleitoral. “É inegável que uma prestação de contas organizada sob a supervisão de um contador e de um advogado chegará às mãos do julgador em melhores condições para ser analisada, evitando perda de tempo na solicitação de juntada de documentos por falta de conhecimento de quem organizou as contas”, explicou o magistrado.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Telegram. Para mais informações clique AQUI.

Internet demais prejudica saúde mental das crianças, diz estudo

Relatório da agência de saúde pública britânica enviada ao Parlamento afirma que o excesso de tempo na internet está prejudicando a saúde mental das crianças. Na avaliação da Public Health England – responsável por estabelecer os parâmetros do venerado sistema público de saúde britânico -, o abuso da rede provoca nas crianças problemas como solidão, depressão, ansiedade, baixa autoestima e agressividade, informou o site do jornal “Telegraph”. Os efeitos nefastos da conectividade atingem sobretudo os jovens que passam mais de quatro horas por dia na internet. Mas a agência ressaltou que mesmo uma exposição muito baixa à rede pode ser prejudicial. A Public Health England foi apocalíptica em suas conclusões, atribuindo aos computadores responsabilidade por grande parte dos crescentes problemas de saúde que afetam as crianças no Reino Unido. Segundo o texto enviado ao Parlamento, um décimo da população infantil sofre de algum transtorno de ordem mental e um terço dos adolescentes experimentam tristeza pelo menos uma vez na semana. A agência chega a afirmar que a internet pode ter destruído todo o avanço conquistado no bem-estar das crianças britânicas nas últimas duas décadas, informou o “Telegraph”.

 

Comentários
Carregando