Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Investigação aponta enriquecimento ilícito no Porto de Porto Velho

0

Vem aí

O PSC vai lançar candidato ao governo de Rondônia. A escolhida é a vereadora vilhenense Marta Moreira e o candidato ao senado pela legenda será o atual vice-prefeito de Vilhena, Jacier Dias. A decisão foi tomada em reunião realizada no encontro do partido, realizada no último sábado. O vice-presidente estadual do PSC, Lamir Fontes, comemorou a escolha dos nomes. “É a vez das mulheres, e Marta será a primeira mulher  governadora, de fato, do nosso Estado”. Com relação ao vice-prefeito, ele disse ter convicção de que fará uma votação expressiva. Nas eleições de 2010, o PSC conseguiu 200 mil votos ao Senado. “Tenho plena certeza que essa votação será ampliada com Jacier Dias”, disse Fontes.

Outra

Legenda que também lança candidato ao governo é o PSTU. O nome escolhido foi o de Jaderson Silva, que será anunciado oficialmente como pré-candidato no próximo sábado. A legenda andou conversando com o PSOL e PCB, mas por enquanto não tem nada definido em relação a coligações e alianças. Sabe-se, com toda certeza, que todos querem lançar candidatos próprios. O efeito disso? Saberemos nas urnas.

Apoio

A Associação dos Magistrados de Rondônia – AMERON – lançou nota de apoio ao juiz Arlen José Silva e Souza, da 1ª Vara de Delitos de Toxicos. Uma suposta namorada do magistrado foi acusada, por um dos presos na Operação Apocalipse, de ter pedido R$ 400 mil de propina, em troca da concessão de um habeas corpus. A acusação foi feita durante depoimento na central de polícia no final do mês passado. Uma outra acusada na operação, comandada pela secretaria de Defesa, pediu suspeição do magistrado, alegando que o mesmo teria “relações de amizade com o governador Confúcio Moura”. O magistrado afirmou, durante a análise do pedido de suspeição, que ele próprio solicitou ao Tribunal de Justiça a abertura de processo investigatório.

Mais uma

O governador Confúcio Moura foi informado recentemente sobre um esquema de propina envolvendo uma série de funcionários do Porto de Porto Velho. A coisa é grave e trata de fraude no pagamento de tributos, transporte ilegal de mercadorias, falsificação de documentos e uso de função pública para obter vantagens. Esse esquema chegou a ser investigado por órgãos de inteligência, polícia federal e ministérios público estadual e federal.

Ostentação

Através do rastreamento, foram encontrados patrimônios vultosos, que causou surpresa aos policiais. Se as denúncias forem todas comprovadas, Confúcio estará em maus lençóis (para variar) e devem ocorrer prisões. A situação no Porto começou a se complicar desde a Operação Apocalipse, quando Confúcio mudou parte da diretoria do Porto.

Porém

Não adianta cortar o dedo, se o braço está gangrenado. A mudança feita por Confúcio, assim como todas as anteriores, não resolveu absolutamente nada.

Circulando

E o ex-prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho que havia dado uma sumida em 2013, resolveu dar as caras e vem participando de uma série de entrevistas em programas que ainda se dão ao trabalho de lhe dar espaço. Ele aposta na memória fraca do brasileiro e continua repetindo o velho bordão de que “nunca na história…”. Quem mora em Porto Velho sabe bem que, de fato, nunca na história dessa cidade tivemos um prefeito tão ruim. Mas, falar sobre o contrato de sua empresa com a Santo Antônio Energia, que é bom…

Sobrinho

É o principal articulador da candidatura de Padre Ton ao governo de Rondônia. Aquela candidatura que naufragou, junto com os prédios da Receita Federal, Justiça Federal e Tribunal Regional Eleitoral.

Intervalo

E para quem gosta de comida regional, já está funcionando em Porto Velho o restaurante Pai D’égua, especializado em comida paraense. Comandado pela jornalista Elane Cardoso, funciona na Joaquim Nabuco com Duque de Caxias. É arretado.

Acusado

O secretário adjunto da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur), Ayres Eduardo Servo Rauen, está envolvido na fraude descoberta semana passada pela própria prefeitura de Porto Velho. Uma servidora da Semdestur que teve seu nome envolvido na fraude com o seguro desemprego dentro do Sine Municipal, e que pode ter causado um rombo de milhões de reais aos cofres da união, esteve na presidência da Câmara Municipal de Porto Velho,  prestando depoimento. Durante mais de três horas ela foi ouvida por vários vereadores.

O rolo

A prefeitura de Porto Velho descobriu um esquema de fraude no seguro desemprego, realizado por servidores do Sine Municipal. O caso foi investigado e apurado pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e também foi comunicado ao Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Federal e Ministério Público Federal (MPF).O próprio secretário titular da Semdestur, Antônio Geraldo Affonso, responsável pelo Sine Municipal, e o procurador do Município, Mirton Moraes de Souza, anunciaram a descoberta do esquema fraudulento.Através de denúncias feitas por trabalhadores que precisavam dos serviços do Sine, Geraldo Affonso foi informado de que servidores do órgão estariam vendendo senhas para atendimento ao preço de R$ 20 cada. Houve também denúncias de que pessoas com acesso ao sistema do Ministério do Trabalho estariam alterando os valores a serem pagos pelo Seguro Desemprego mediante suposto pagamento de “propina”.

O caso

É sério e envolve recursos federais. E essa não foi a primeira vez que Eduardo Servo Rauen se mete em confusão com a Polícia Federal. Em 2007 ele foi preso na Operação Xeque-Mate Acusado na ocasião de ser o braço da “máfia dos caça-níqueis” em Rondônia. Ele foi preso juntamente com outras 79 pessoas, que seriam integrantes da máfia dos caça-níqueis. O esquema criminoso funcionava em Rondônia, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Distrito Federal.

Plim-plim

Já está funcionando a nova cozinha da cervejaria OutBeer, com uma série de novos e sofisticados pratos. Vale a pena dar uma conferida. A cervejaria oferece ainda cervejas de mais de 120 países. Funciona ali, na esquina da Calama com João Goulart, de terça a sábado a partir das 16 horas. E conta ainda com um empório com produtos variados.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Line e Telegram.. Para mais informações clique AQUI.

Falta de sono pode provocar perda de neurônios

Depois de um estudo ter mostrado que é durante o sono que o cérebro libera substâncias tóxicas que vão se acumulando durante o dia, uma nova pesquisa traz à tona a importância do repouso para a saúde mental. A falta prolongada de sono pode provocar perda de neurônios. Realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade da Pensilvânia, o novo estudo foi publicado na revista científica “The Journal of Neuroscience”, e mostrou, pela primeira vez, que longos períodos sem dormir fez com que o cérebro de camundongos perdesse 25% de algumas células. Sigrid Veasey, uma das responsáveis pela pesquisa afirmou que agora há “evidência de que a falta de sono pode levar a uma lesão irreversível”. No entanto, eles afirmam que mais pesquisas são necessárias para descobrir se pessoas que dormem pouco correriam maior risco de dano cerebral permanente, e que, se o resultado for semelhante ao dos camundongos, seria inútil tentar “compensar” as horas de sono perdidas.

 

Comentários
Carregando