Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Investigações do MPRO estão paradas desde que Héverton Aguiar saiu

0

Última operação, Mamóm, investigou auditores fiscais

Republiqueta

No Brasil qualquer juiz com ‘juizite’ tem o poder de deixar milhares sem comunicação. De novo, um magistrado, dessa vez do Rio de Janeiro determinou o bloqueio do aplicativo Whatsapp porque ela se sentiu ofendida por ter recebido um questionário de cinco perguntas enviados pelo Facebook em inglês. A magistrada ficou aborrecida e ao invés de mandar prender os representantes da empresa por obstrução da justiça, achou melhor bloquear o aplicativo em todo o país. Acho que o Zuckberg nem vai dormir hoje de tanta preocupação….

Tem que parar

Essa palhaçada com o Whatsapp precisa ser encerrada. Não se pode, em detrimento de qualquer investigação, deixar milhares de pessoas sem comunicação. Mas esse é um dos  problemas do Brasil, por aqui não se ataca o infrator, se pune a população inteira. Foi assim com a tal “Lei Seca” que ao invés de endurecer a pena para quem comete crimes ao volante, preferiu retirar qualquer limite de tolerância. Vivemos na era das trevas nesse país…

Até quando?

O ex-deputado estadual Marcos Donadon continua foragido. Só para esclarecer, ele é marido da deputada estadual Rosângela Donadon, que se faz de “gato morto” na história. Marcos foi condenado por desvios de recursos da Assembleia Legislativa na época em que presidiu a Casa e mais recentemente por desvios na chamada “folha paralela”. Dizem que ele está escondido no Paraná.

Também

Anda se escondendo da polícia a ex-deputada estadual Ellen Ruth, com mandado de prisão em aberto pelos mesmos desvios na folha paralela da Assembleia Legislativa.

1 ano e 2 meses

Já se passaram desde que Héverton Aguiar deixou o comando do Ministério Público de Rondônia e a coisa estacionou. Ao menos no que diz respeito às investigações que estavam em andamento por lá. Uma delas, a Operação Mamóm, deflagrada um dia antes dele deixar a Procuradoria Geral de Justiça e que resultou na prisão de um auditor fiscal de Rondônia e investigou o Tribunal Administrativo de Tributos Estaduais (TATE). Nunca mais se falou sobre o assunto.

Só para relembrar

O Ministério Público de Rondônia, sob o comando de Héverton Aguiar realizou 16 grandes operações de combate à corrupção no Estado, fora as corriqueiras. Entre elas podemos destacar a Termópilas (2011) que atingiu em cheio  o legislativo estadual e parte do Executivo, a Ludus, que descobriu um imenso desvio de recursos nas obras do chamado Espaço Alternativo e a Platéias, em 2014, que “bateu na porta” do governador Confúcio Moura.

Atualmente

PAINEL POLÍTICO recebe dezenas de mensagens cobrando a atuação do Ministério Público em denúncias que são encaminhadas à Ouvidoria do órgão ou mesmo diretamente. Tem gente que não sabe que Aguiar deixou o comando da instituição e pensa que ele está fazendo “corpo mole”. Não está. Quem está à frente do MP desde maio do ano passado é Aírton Pedro Marin, que tem, dgamos, outro perfil. Quem quiser reclamar de alguma coisa, pode acessar ESSE LINK, prencher o formulário e cobrar por lá também.

Quanto ao Héverton Aguiar

Ele está apto novamente à disputar o cargo de Procurador Geral de Justiça… resta saber se ele quer.

Olha essa

O sistema do TRF da 2ª Região depositou por erro, os salários duplicados do juiz federal Marcello Granado. O TRF solicitou que ele devolvesse o dinheiro, afinal, foi uma falha e ele não poderia ter recebido. O juiz do TRF 2 argumentou que, apesar de ter percebido o pagamento anormal, “acreditou se tratar de Parcela Autônoma de Equivalência vencida e não paga” e recorreu à justiça para não ter que devolver R$ 71.905,96 e conseguiu uma liminar suspendendo os descontos.

Fico imaginando

Quando se trata de uma situação dessa natureza com um cidadão que não veste toga, o que acontece. Acontece o mesmo. Existe um entendimento do STJ que diz, “é incabível a restituição ao erário dos valores recebidos de boa-fé pelo servidor público em decorrência de errônea ou inadequada interpretação da lei por parte da Administração Pública”. Pois é, no Brasil pode tudo, até ficar com dinheiro depositado na conta por erro.

Já está chato

Mariana Carvalho já encheu a paciência de todo mundo com a indefinição de sua candidatura à prefeitura de Porto Velho nas eleições desse ano. A convenção acontece neste sábado, e quem sabe, essa xaropada chega ao fim.

Clínica Mais Saúde informa – Comer frutas e vegetais aumenta a felicidade

Aumentar o consumo de frutas e vegetais pode te deixar mais feliz. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico American Journal of Public Health, comer oito porções de frutas e vegetais por dia pode levar as pessoas a uma mudança de bem-estar equivalente à observada em pessoas desempregadas quando conseguem um emprego. Os resultados de uma pesquisa mostraram que as pessoas que aumentaram seu consumo de frutas e verduras ao longo do estudo também apresentaram um aumento no nível de satisfação com a vida, de felicidade e bem-estar. Naqueles que saíram de um consumo zero de frutas e vegetais para oito porções diárias, o aumento na satisfação de vida foi equivalente ao de pessoas que saíram do desemprego. Embora não saibam explicar exatamente o porque dessa relação, os autores acreditam que o efeito seja causado pelos antioxidantes presentes nesses alimentos.

Comentários
Carregando