Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Julgamento de Expedito é o mais aguardado dessa eleição

0

Segurando

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deve julgar nos próximos dias o pedido de registro de candidatura de Expedito Júnior e este é, sem dúvida alguma, o fato mais aguardado desta eleição. É esse julgamento quem vai definir os rumos das demais candidaturas.

Explico

Com a briga Expedito/Cassol, o mais confortável no cenário é o atual governador Confúcio Moura. Ele olha com um olho essa peleja e com o outro vigia o Padre Ton. O governador avalia que, se Expedito ficar fora, ele pode até pensar em vencer no primeiro turno. Mas a coisa pode não ser tão fácil quanto os governistas pensam. As candidaturas de Jaqueline e Ton ainda não foram lançadas oficialmente, portanto, fica complicado ter um parâmetro para avaliar o cenário.

Certo mesmo

É que muita gente que deve se surpreender com a disputa ao Senado. É esperar para conferir, mas o que parece certo, está longe de ser.

Na pauta

O TRE começa a julgar nesta terça-feira os pedidos de registro dos candidatos a deputado estadual, federal, senado e governo. Mas o pedido de Expedito não deve entrar na pauta desta semana. Por se tratar de um caso mais complexo, deverá ser um dos últimos a ser analisado. Os primeiros a serem avaliados serão os que não tem pedidos de impugnação.

Com isso

Expedito continua segurando seu bloco.

Lançando

E nesta quinta-feira Jaqueline e Ivone Cassol devem lançar suas candidaturas oficialmente ao governo e senado em Porto Velho. Data, horário e local ainda serão divulgados. O governador Confúcio Moura lança na sexta-feira, 25, em vários municípios simultâneamente.

Andanças

No último fim de semana o casal Raupp esteve visitando os municípios de Guajará-Mirim e Nova Mamoré. Por lá também andou a candidata a deputada federal Scheilla Cassol, que esteve ainda em Buritis, Jaru, Ouro Preto e Presidente Médici. Scheilla lança sua candidatura oficialmente no sábado, 26, em Pimenta Bueno.

Sobre candidaturas

A coluna informa que estará publicando agenda de candidatos aos cargos de deputado federal, governo e senado, se elas forem enviadas pelas assessorias. O e-mail é o [email protected]. Não vamos divulgar as agendas de candidatos a deputado estadual devido ao grande número. Estaremos publicando resumos dessas agendas, desde que sejam enviadas. Não publicaremos fotos.

Descrença

De norte a sul de Rondônia a reclamação é uma só, a falta de compromisso da classe política com a população. Nos mais diversos municípios que andei nos últimos meses as pessoas dizem a mesma coisa, que político ‘A’ se comprometeu com tal coisa e não cumpriu, que político ‘B’ só aparece em época de campanha e por ai vai. De fato, os problemas continuam exatamente os mesmos do passado. E pelo cardápio atual, pouca coisa se salva.

Isolada

A rodovia BR 425 está intrafegável. Extremamente perigosa, com trechos de visibilidade zero. Isso na seca. Quando chove a coisa piora, já que a poeira vira uma lama pegajosa. Em Guajará-Mirim os supermercados e farmácias estão com as prateleiras vazias, a cidade parece um deserto. Os preços que haviam disparados durante a enchente, ainda estão altos, mas faltam diversos produtos.

Atenção candidatos

Liguem no 9984-8906 e peçam um orçamento para impressão de banners, adesivos perfurados e praguinhas. O melhor preço do estado e entrega garantida dentro do prazo.

Enfim

A polícia resolveu se mexer em relação ao cerol, que é usado em linhas de pipas na cidade de Porto Velho. No fim de semana, uma ação da PM no conjunto Santo Antônio acabou com a brincadeira dos marmanjos que ficavam na praça empinando pipas com linhas cortantes. Dezenas de motociclistas já sofreram com essa brincadeira sem graça, outros tantos morreram com o pescoço cortado.

Rebuliço

Desde que a coluna acionou o tic-tac na semana passada que a correria está grande em Rondônia. Tem gente desligando o telefone quando alguém fala em obra, operação ou qualquer coisa do tipo. Interessante é que estão adotando métodos de encontros pessoais com a famosa frase “preciso falar pessoalmente com você”. Parece que a turma esqueceui da Operação Termópilas. Um recado, se não quer ser ouvido, não fale.

Exemplo

A RJ Reynolds Tobacco, segunda maior fabricante de cigarros dos EUA, foi condenada a pagar compensações de US$ 23,6 bilhões a uma viúva na Flórida, que perdeu o marido em 1996 por causa de um câncer no pulmão. A decisão foi tomada na noite de sexta-feira e, se mantida, será a maior ação individual daquele estado. Cynthia Robinson, moradora de Pensacola, na Flórida, abriu processo contra a fabricante em 2008. Seu falecido marido, Michael Johnson, fumava entre um e três maços de cigarro por dia durante mais de vinte anos. Aos 36, morreu sem abandonar o vício. – Ele não conseguir parar. Ele estava fumando no dia em que morreu – disse à Reuters Chris Chestnut, um dos advogados da viúva. O julgamento durou quatro semanas e, após 11 horas de deliberações, o júri condenou a RJ Reynolds, dona da marca Camel, a pagar US$ 7,3 milhões à viúva, além de US$ 9,6 milhões ao filho do casal, por danos compensatórios. Além disso, a empresa foi condenada a pagar US$ 23,6 bilhões por danos punitivos. Em comunicado, Jeffery Raborn, vice-presidente da RJ Reynolds, afirmou que “o veredicto vai além do reino da razoabilidade e da equidade, e é completamente inconsistente com a evidência apresentada”. Ainda cabe recurso.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Telegram. Para mais informações acessehttp://painelpolitico.com/grupos-de-noticias.

Remédio para asma é usado para tratar um tipo de paralisia

Um remédio usado para o tratamento da asma pode ser uma nova esperança para pacientes que sofrem de miastenia congênita, doença genética caracterizada pela produção de anticorpos que agem contra o próprio organismo, especificamente nos componentes responsáveis pelo sistema motor. Em alguns casos, a síndrome pode causar problemas de locomoção. O britânico Jimmy Webster, de 18 anos, passou os últimos sete sem conseguir andar sozinho. Em apenas três dias com o tratamento em teste, já conseguia se levantar sem a ajuda de ninguém e, em uma semana, já estava andando. A droga mágica é o salbutamol, presente em sprays para o tratamento da asma, como o Aerolin e Pulmoflux. O componente age diretamente sobre as comunicações nervosas dos músculos, alvo da miastenia. A miastenia pode ser congênita ou adquirida. A dificuldade no tratamento da doença herdada geneticamente é que ela é causada por uma variedade de mutações genéticas, sendo que cada uma precisa de uma combinação diferente de drogas. As pesquisas buscam a melhor terapia para cada tipo de desordem.

 

Comentários
Carregando