Coluna – MP pede explicações da prefeitura sobre rodoviária de Porto Velho

In Painel Político
Espalhe essa informação

Promotor deu prazo de 20 dias, em 7 de fevereiro. E ainda, Emerson Castro e Roberto Sobrinho, uma simbiose partidária

Estrondosa falta de sensibilidade

A deputada federal Mariana Carvalho é uma poetisa. Calada. Quando resolve falar é desastroso. A última pérola da representante de Rondônia em Brasília foi dizer que as mulheres “se vitimizam”. Branca, classe média alta e formada em medicina e direito, ela afirmou que “nunca sofreu qualquer tipo de preconceito no parlamento”. A resposta foi dada a um jovem que fazia uma visita a Câmara dos Deputados. Mariana Carvalho destoa completamente da realidade em que se encontra a esmagadora maioria das mulheres brasileiras…

Será que é?

O juiz pop star Sérgio Moro tem fama de que não concede entrevistas. Na verdade, não concedia porque ele falou – e muito – com a revista “Problemas Brasileiros” editada pela Fecomércio de São Paulo. Semana passada ele também estrelou um vídeo no Facebook de sua esposa, que mantém a sugestiva página “Eu Moro com Ele”. Deve ser questão de tempo para ele anunciar que “Se for para o bem da Nação e felicidade geral, diga ao povo que sou candidato em 2018”. Ainda ano passado disse a um amigo que o juiz cheira como tucano, tem bico de tucano, até voa como um, mas jura que não é. O tempo irá dizer…

Na verdade

Só acreditaria em Moro se ele, e os “boys magia” da Lava Jato, estivessem investigando, de verdade, o mega-delatado Aécio Neves

Ainda a rodoviária

Curiosa a total falta de interesse das autoridades em relação à rodoviária de Porto Velho, uma obra nasce errada a partir da desapropriação de uma área que não atende o que o município de fato precisa. Em 7 de fevereiro desse ano, o promotor de justiça Rogério José Nantes encaminhou ofício ao prefeito Hildon Chaves, com prazo de 20 dias, para que o município explicasse se existe convênio com o governo, quem ficará responsável pelo terminal, se a cidade ou o estado, qual a finalidade a prefeitura vai dar a área onde atualmente funciona a rodoviária que também foi desapropriada e se a área que o governo desapropriou está em conformidade com as normas urbanísticas, plano diretor e os impactos viários.

A resposta

Cri…cri…cri…cri…cri…cri…cri….cri…cri….cri….cri…

Da série #vocesabia?

Quando o atual Chefe da Casa Civil do governador Confúcio Moura, Emerson Castro era vice-prefeito de Porto Velho, a empresa de sua esposa, que chamava-se U.M. Rios Castro Turismo e Corretagem de Imóveis transferiu um contrato que tinha com ESBR, que construiu Jirau para outra empresa, também de propriedade dela, chamada Lumiar. O contrato era para limpeza e manutenção dos alojamentos, fornecimento de refeições e hotelaria. Isso aconteceu em 2009. Depois disso, a Luimar passou a acompanhar Castro. Por onde ele passou, a empresa da mulher passou junto.

Nada demais, né?

Afinal o próprio prefeito da época, Roberto Sobrinho tinha um contrato com Santo Antônio onde alugava caçambas para a usina. Isso mostra que PT e PMDB são a mesma coisa, só não vê quem não quer. E depois ainda me acusam de difamação. Roberto foi preso, já Emerson…quem sabe um dia, né?

Caminhando juntos

Emerson Castro foi eleito com Roberto Sobrinho em 2008. Roberto estava indo para o segundo mandato e Emerson havia sido vereador por um breve período. Não, ele não foi eleito, tomou no tapetão o mandato do pai de Ana Maria Negreiros, o então vereador Ramiro Negreiros cassado por dar remédios do SUS para eleitores. Em outubro de 2009, um ano após ser eleito vice-prefeito, a empresa de sua esposa assina contrato com a ESBR. Castro, filiado ao PMDB foi eleito com Roberto quando o PT nadava em popularidade. A simbiose funcionou até que Roberto foi afastado nos últimos dias de seu mandato. Sabe o que Castro falava sobre as traquinagens de Sobrinho? Cri…cri…cri…cri…cri…

Caso Protógenes

A justiça decretou a prisão de Protógenes Queiroz, ex-delegado da PF acusado de “vazar” informações da investigação Satiagraha para a imprensa. Protógenes jogou o jogo certo na hora errada.

Enquanto isso

Reinaldo Azevedo informa que Sérgio Cabral, ex-governador do Rio preso por ser um dos maiores ladrões do país, deu início a uma delação premiada e entregou nada menos que 97 autoridades do judiciário e ministério público do RJ. Até as togas ficaram arrepiadas com o depoimento.

Fosfoetanolamina, a ‘pílula do câncer’, não é eficaz, diz estudo

A fosfoetanolamina sintética, que ficou conhecida como pílula do câncer, não é eficaz para o tratamento de tumores. É o que revelam os resultados da segunda fase do estudo clínico realizado pelo Instituto do Câncer de São Paulo, o Icesp, divulgados nesta sexta-feira. Devido à ausência de “benefícios clínicos significativos”, o instituto decidiu suspender os testes com a substância. Os testes em humanos tiveram início em julho do ano passado, após forte pressão popular. A primeira etapa da pesquisa clínica avaliou a toxicidade da fosfoetanolamina. Os resultados mostraram que o produto não apresentava risco de efeitos adversos graves. Nesta segunda etapa, o objetivo era comprovar a eficácia da substância. Até o momento, 72 pacientes, de dez diferentes grupos de tumores, foram tratados com a fosfoetanolamina. Destes, 59 foram reavaliados e 58 não apresentaram resposta objetiva, de acordo com os médicos. Apenas um indivíduo, com melanoma, apresentou resposta ao tratamento.Como os resultados de reavaliação estão sendo muito inferiores ao desejável, em todos os grupos, a inclusão de novos pacientes está suspensa. O protocolo será reavaliado antes de qualquer continuidade, segundo a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

“Mostrei projeto do sítio e do tríplex a Lula”, diz executivo da OAS

“Mostrei projeto do sítio e do tríplex a Lula”, diz executivo da OAS

Espalhe essa informação A Operação Lava Jato atribui as duas propriedades ao ex-presidente. Ele, no entanto, nega as acusações

Read More...
TJ-SP realiza julgamento de lei que proíbe sacrifício religioso de animais

TJ-SP realiza julgamento de lei que proíbe sacrifício religioso de animais

Espalhe essa informação A maioria dos envolvidos representava grupos de umbanda e candomblé, inclusive de fora de São Paulo,

Read More...
‘Receios mais graves foram afastados’, diz Moro sobre projeto do abuso que CCJ aprovou

‘Receios mais graves foram afastados’, diz Moro sobre projeto do abuso que CCJ aprovou

Espalhe essa informação Juiz da Lava Jato avalia que aprovação na Comissão de Constituição e Justiça do Senado representa

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu