Coluna – Mulher fica com dívidas e sem moto, que foi levada do pátio do Detran em possível golpe

Servidor do órgão informou que veículo foi “entregue a homem com procuração”, mas as taxas não foram pagas

Tem que fazer curso

Quem estiver buscando informações nos portais de transparência dos órgãos públicos, tem que fazer um curso para acessar os dados. São tantas “pegadinhas” que existem nos procedimentos que para um cidadão que não tenha muita familiaridade com sistemas de buscas, fica difícil acessar essas informações. E isso não se restringe a Câmaras de vereadores e prefeituras, o do Ministério Público do Estado também é bem complicadinho. Mas, os dados estão lá para quem tiver um pouco de paciência.

Deu ruim

Péssima idéia do deputado federal Expedito Netto inserir um dispositivo em uma lei autoritária e estapafúrdia que tenta obrigar sites de notícias e veículos de comunicação em geral a “esquecer” pilantragens de ladrões, assassinos, traficantes, corruptos e outros trambiqueiros através da “lei do esquecimento”. Deputado, quem não quer ser notícia, é só não aprontar. O papel da imprensa é investigar e dar a maior publicidade possível a falcatruas cometidas por delinquentes. Para esquecer, não precisa de lei, a própria população já está anestesiada de tanta safadeza. O senhor deveria combater qualquer tipo de medida que tenha por objetivo ser contra a liberdade de expressão. Tá começando muito, mas muito errado mesmo.

Olha essa

Em dezembro do ano passado uma mulher teve sua moto, uma Honda Bizz, de cor preta, apreendida em uma blitz de rotina em Candeias do Jamari. Como ela estava com a documentação atrasada, o veículo foi apreendido e recolhido ao pátio do Detran. Passados quase 10 meses, na última segunda-feira, ela já com algum dinheiro em mãos, resolveu ir ao Detran para tentar negociar e retirar sua moto, bem comprado, segundo ela, com muito custo e que estava fazendo falta em seu trabalho. O valor total entre multas e documentos, passava um pouco de R$ 3 mil.

Porém

Ao chegar no Detran ela foi informada que sua moto já havia sido liberada. Isso mesmo, o veículo teria sido retirado por um homem que teria apresentado uma suposta procuração feita em um cartório na cidade de Guajará-Mirim, segundo lhe informou um funcionário do Detran. Ela afirma que o servidor do órgão lhe mostrou a procuração, “mas muito rápido, nem deixou eu ler”, disse ela. O pior, além é claro da perda da moto, foi a informação que ela recebeu, a de que os débitos permaneciam todos em seu nome, e aumentando a cada dia, sendo cobrado inclusive a taxa de permanência no pátio.

Do Detran

Ela recebeu a informação que “o caso será apurado”. Evidente que ela não se conformou, e afirmou que vai procurar a justiça, requerendo não apenas sua moto, como também a punição dos envolvidos no caso. Evidente que uma liberação feita dessa forma tem servidor envolvido. O que mais assusta nessa história, é ver o nível de desorganização do Detran, que não tem o menor controle do que está sob sua responsabilidade. Aliás, essa palavra não faz parte de alguns órgãos do governo Confúcio. A SESDEC, por exemplo, deixou queimar mais de 500 motos que estavam apreendidas e sob sua guarda em um terreno nas imediações do bairro Ulisses Guimarães.

Essa falta

De controle do Estado sobre o patrimônio vem gerando prejuízos imensos aos cofres estaduais. Mas os gestores não dão muita bola, a conta quem paga é a população mesmo. Então, esquentar para quê, né mesmo?

Nove

Essa é a quantidade de estabelecimentos que foram fechados este ano pela vigilância sanitária do município de Porto Velho. Cine Araújo, Americanas e até o restaurante Almanara foram interditados por apresentarem risco à saúde da população. E riscos graves. O cine Araújo, por exemplo ficou fechado por 3 dias devido ao excesso de ácaros nos carpetes e no sistema de refrigeração. No total, apenas esse ano, já foram expedidas mais de 800 inspeções e mais de 900 notificações.

Omissão

Porém, a vigilância sanitária, sabe-se lá porque, simplesmente se recusa a prestar informações detalhadas sobre essas autuações, que são de interesse público, afinal, é a saúde da população que está em risco. A servidora Yete Baleeiro que está respondendo pela vigilância enquanto a diretora Daniela de Silva Souza está viajando, simplesmente se recusou a fornecer qualquer tipo de informação, alegando ser necessário “um requerimento”. O mesmo foi feito com base na lei de acesso à informação (coisa desnecessária, é bom ressaltar) e encaminhado e ela se recusou a receber, alegando “estar faltando alguns dados”.

Então tá

Enquanto a dona Yete se preocupa com a burocracia, você leitor e consumidor, fica sem saber o que acontece nos locais pelos quais você anda com sua esposa, filhos e amigos. A dona Yete acha que isso é “segredo de Estado” e só ela pode saber dessas coisas.

Ela fez

A presidente Dilma Roussef encaminhou ao Congresso nesta terça-feira, a nova CPMF. A “nova” contribuição deve ter alíquota de 0,2% e durar inicialmente quatro anos, segundo o governo federal. O Congresso precisa aprovar a volta do imposto. Também foi publicada medida provisória que altera o Imposto de Renda sobre ganhos de capital. Atualmente, a tributação é de 15%. Agora, ela será gradativa, entre 15% e 30%.

Dilma encaminhou a 'nova CPMF' ao congresso nesta terça-feira
Dilma encaminhou a ‘nova CPMF’ ao congresso nesta terça-feira

Condenado

O ex-deputado federal André Vargas (PT-PR) e ex-vice presidente da Câmara dos Deputados foi o primeiro político a ser condenado na Operação Lava-Jato nesta terça-feira. O juiz federal Sérgio Moro condenou Vargas a 14 anos e 4 meses de prisão. O magistrado afirma que a culpabilidade de Vargas pelos crimes investigados é grande. O ex-deputado foi condenado por receber propina do doleiro Alberto Youssef durante seu mandato na Câmara – entre 2007 e 2014 –, inclusive quando era presidente da Casa, entre 2011 e 2014.

Aceitou!

O PMDB que no início da manhã desta terça-feira dizia que não aceitaria indicar nenhum cargo na reforma administrativa proposta por Dilma, no final da tarde já batia o martelo e vai indicar cinco nomes para compor a “nova” equipe. As pastas mais cobiçadas são saúde, educação e a secretaria da aviação civil, que deve se fundir a dos portos, passando a ter um dos maiores orçamentos da esplanada dos ministérios. Essa “composição” cheira a “acordão” e quem se ferra, como sempre (desculpe a rima) é a população!

Concorrência

Não marque na mesma postagem os deputados estaduais Laerte Gomes e Aírton Gurgacz. Eles estão disputando espaço em Ji-Paraná e cada um quer aparecer mais que o outro. Só que nessa disputa, Gurgacz perde feio. Laerte sabe como tira-lo do sério…

Via O Antagonista

Se você cancelou sua viagem de férias porque o dólar está caro, uma má notícia: se depender do recuo do câmbio, você só relaxará em 2017. Esse é o prazo calculado para que a moeda norte-americana baixe para R$ 3,50, segundo a consultoria britânica Capital Economics. O que impede um recuo mais rápido são a inflação alta, a estabilização dos preços das commodities em níveis baixos e, claro, a crise política que transformou o câmbio no maior termômetro da inoperância que contamina Brasília.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Clínica Mais Saúde informa: França suspende vendas da Diane 35 por causar mortes em mulheres

A Agência Nacional de Segurança de Medicamentos e Produtos de Saúde (ANSM, sigla em francês) da França suspendeu nesta quarta-feira a autorização para a venda a pílula Diane 35, da farmacêutica alemã Bayer, e seus genéricos no país. A decisão foi tomada dias após a ANSM ter confirmado que o uso do medicamento, utilizado para combater a acne e também como anticoncepcional, está diretamente associado a quatro mortes por trombose ocorridas nos últimos 27 anos na França. Nesta segunda-feira, em resposta ao anúncio da ANSM, o laboratório Bayer divulgou uma nota na qual frisou que os riscos de coágulos sanguíneos ligados ao tratamento contra acne com Diane 35 “são conhecidos e estão claramente indicados na bula de informação ao paciente”.  A Diane 35 também é amplamente utilizada como anticoncepcional no Brasil. “Essa pílula está no país há mais de 20 anos. O tipo de progesterona presente no remédio é a ciproterona, conhecida por melhorar a pele e o cabelo das mulheres, além de inibir a ovulação”, disse Mário Martinez, chefe da equipe de ginecologia e obstetrícia do Hospital São Luiz, em São Paulo. De acordo com Martinez, todos os anticoncepcionais, principalmente os contraceptivos via oral, apresentam um risco de trombose – uns mais, outros menos. Por isso, é preciso que a paciente converse com o médico antes de escolher qual anticoncepcional irá utilizar. Em nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que “está acompanhando o caso para avaliar quais medidas devem ser tomadas”. Ainda de acordo com a agência brasileira, o sistema de notificações da Anvisa não recebeu relatos de médicos sobre problemas associados ao uso da Diane 35. “No Brasil, a bula do medicamento já traz alertas referentes ao risco de trombose arterial ou venoso por conta do uso do produto”, informou o órgão.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário