fbpx
Coluna — No STF ação de Capixaba avança e de Cassol emperra

Deputado federal e senador de Rondônia estão sendo julgados pela Corte

De caçador a caça

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pode ser cassado nas próximas semanas. Pelo menos é o cenário que começa a ser desenhado a partir desta quinta-feira, 20, no Congresso quando ele for denunciado ao Supremo Tribunal Federal por suposto recebimento de propina, conforme relataram delatores presos na Operação Lava-Jato. Com isso, Cunha deverá ficar isolado e refém de seus colegas de parlamento. Essa reviravolta se deve, em parte, a manobras feitas pelo governo com o apoio de Renan Calheiros, presidente do Senado. Cunha entrou em rota de colisão com o Planalto e se deu mal.

Aqui em Rondônia

O coronel bombeiro que administra o DER/DEOSP resolveu dar asas a sua criatividade e instalou no DER, que mal tem tratores para trabalhar, uma tal “coordenadoria de operações aéreas” e colocou por lá dois “amigos do peito” para comandarem o setor. Evidente que não faz o menor sentido essa função, vez que o DER está sucateado e até onde eu sei não possui nem asa delta, que dirá uma aeronave.

Seria risível

Não fosse uma piada sem graça cuja conta é paga por nós, contribuintes. Por causa disso, uma denúncia assinada pela sociedade civil organizada foi protocolada na manhã desta quarta-feira no Ministério Público do Estado e no Tribunal de Contas detalhando essas contratações e ainda acusando, tanto o coronel bombeiro quanto dois “coordenadores de operações aéreas” de improbidade, tendo em vista que, além de não possuir aviões, um desses coordenadores já mantinha contrato com o Corpo de Bombeiros. Outro ponto levantado pela denúncia é que os servidores que ocupam cargos de coordenadoria devem preferencialmente ser efetivos e obrigatoriamente serem portadores de diploma universitário. De acordo com os denunciantes, ambos não preenchem esse último requisito. Nem o primeiro.

DER não tem aeronaves, mas fica a sugestão...
DER não tem aeronaves, mas fica a sugestão…

13

Esse é o número de viaturas que a Polícia Militar dispõe para atender toda a cidade de Porto Velho, cuja população era de 369.259 em 2010, segundo o IBGE, o que dá uma média de 1 viatura para cada 28.404 pessoas. Porém, leve em consideração o fato de que as 13 não rodam simultâneamente, sempre tem algumas encostadas. Só para constar, quando Cassol era governador, esse número era três vezes maior.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Para refletir

Este ano os advogados de Rondônia vão às urnas para eleger a nova diretoria da entidade e é um bom momento para refletir sobre isso. Como jornalista sempre cobrei da OAB uma atuação mais efetiva em relação as questões políticas e conjunturais de nosso Estado e por anos ela silenciou. Os advogados eram tratados com jogos de futebol, shows duas vezes por ano e tinham uma entidade que deixava, e muito, a desejar. Em novembro de 2012 a OAB de Rondônia elegeu Andrey Cavalcante como presidente e muita coisa mudou, tanto na atuação da entidade em lutar pelas prerrogativas da classe, quanto estrutural e moralmente. Em pouquíssimo tempo a OAB conseguiu dar condições, por exemplo, aos advogados do interior, iguais aos da capital, existe uma paridade. As salas dos advogados foram uma das mais importantes conquistas da atual gestão, assim como a reforma do Clube da OAB e do hotel de trânsito, isso apenas para falar de coisas corriqueiras.

Só para lembrar

A OAB antes de Andrey chegou a situação vexatória de ter a lista sêxtupla para a vaga do Quinto Constitucional devolvida, quase perdeu a indicação para o Tribunal Regional Eleitoral e diversos outros episódios que podemos classificar como, no mínimo, constrangedores. Evidente que são águas passadas, hoje a OAB está sendo respeitada e quase emplacou um desembargador federal.

Na disputa

Os advogados Juacy Loura Júnior e Ernandes Segismundo, ambos da capital, estão pleiteando a presidência da entidade, cada qual com seu estilo e grupo. Independente do resultado, é importante salientar que eles precisarão fazer não apenas o mesmo, mas muito mais. Por enquanto, ambos têm para mostrar apenas seus currículos e projetos de gestão. São válidos e devem ser respeitados, ouvidos e analisados, assim como o que já foi conquistado ao longo dos últimos 3 anos. É partir do que existe hoje que a classe deve refletir. As candidaturas estão postas, resta aos advogados avaliar o cenário e decidir.

Mas você pensa melhor

Se estiver com a barriga cheia. Então dá uma passada na Prime, Espaço Gourmet ali na Jorge Teixeira, 2773 e já compra aquele corte de angus para preparar o churrascão na noite desta quinta-feira e chama os amigos para debater sobre as eleições na OAB e jogar conversa fora. E para quem gosta de se aventurar na cozinha, chegou por lá uma caixa que contém sais especiais para cozinhar, inclusive o rosa do Himalaya. Eles vem numa caixa de madeira que é bem legal para dar de presente ao amigo que vai inaugurar a cozinha nova. Ou vai queimar umas panelas.

Caixa com sais especiais que fazem a diferença na cozinha e são excelente opção para presentear o amigo gourmet
Caixa com sais especiais que fazem a diferença na cozinha e é excelente opção para presentear o amigo gourmet

Não convenceu

O deputado estadual Jesuíno Boabaid esteve com o chefe da Casa Civil Emerson Castro esta semana cobrando explicações sobre as desapropriações que foram feitas pelo governo da enganação cooperação em 2014, em regime de “urgência” para atender as famílias ribeirinhas que haviam sido desalojadas pela cheia do Madeira. Mas, segundo Boabaid, “as explicações não convenceram”. Pois é deputado, deve ser por isso que até hoje o governo não se manifestou sobre o caso.

Também não vi

Nenhuma movimentação do Ministério Público no sentido de apurar responsabilidades nessas operações, que foram feitas à toque de caixa. A “urgência” do governo, pelo jeito, era só para pagar os proprietários dos lotes, porque casa para ribeirinho, que é bom….

Sabe o que movimentou?

A Ação Penal 644, aquela que vai condenar o deputado federal Nilton Capixaba (PTB-RO) por crimes revelados na Operação Sanguessuga. Nesta quarta-feira o processo retornou a Procuradoria Geral da República para que sejam feitas as alegações finais. A PGR está com pressa, e certamente deve devolver o processo ainda na proxima semana. Com isso, fica cada vez mais próxima a condenação de Capixaba e sua consequente cassação.

Sabe o que não movimentou?

A Ação Penal 565 que já condenou o senador Ivo Cassol a pouco mais de 8 anos de prisão e aguarda apenas a análise de um último “suspiro jurídico” no Supremo Tribunal Federal. Essa análise estava agendada para o dia 23 de junho, véspera do recesso judiciário, mas não foi a plenário. E continua na mesma gaveta.

Ação de Ivo Cassol está parada desde junho
Ação de Ivo Cassol está parada desde junho

Além de Eduardo Cunha

Quem também deverá ser denunciado nesta semana por corrupção é o senador Fernando Collor de Melo por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras. O senador do PTB é suspeito de receber R$ 26 milhões em propinas, entre 2010 e 2014, desviados da estatal petrolífera. Esses recursos teriam sido usados para a compra de carros de luxo, apreendidos no mês passado pela Polícia Federal. Tanto Cunha quanto Collor negam participação em desvios e se dizem “vítimas” de perseguição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Clínica Mais Saúde informa: Pesquisa aponta que aspirina pode prevenir câncer em pessoas com sobrepeso

Um grupo de cientistas britânicos das universidades de Newcastle e de Leeds divulgou nesta segunda-feira uma pesquisa que mostrar que tomar uma aspirina por dia pode ajudar pacientes com sobrepeso a prevenir o desenvolvimento de câncer de cólon. Os especialistas descobriram que as pessoas nesta condição que sofriam da síndrome de Lynch, uma mutação genética hereditária, tinham o dobro de possibilidades de desenvolver câncer de cólon em comparação com o restante da população. Esta síndrome afeta os genes responsáveis por detectar e reparar o DNA danificado, que por sua vez produz proteínas que identificam e corrigem as anomalias. Cerca da metade das pessoas com esta condição, assim, acabará desenvolvendo um tumor maligno. A pesquisa, que foi desenvolvida nos últimos dez anos, mostrou que o risco de desenvolvimento de câncer pode ser neutralizado com uma dose regular de aspirinas. O estudo, publicado no “Journal of Clinical Oncology”, coletou dados de 43 centros distribuídos em 16 países do mundo, seguindo o progresso de aproximadamente mil pacientes, que eram portadores da síndrome. Jhon Burn, pesquisador de genética clínica na Universidade de Newcastle, afirmou que se trata de um grande avanço não só para as pessoas que sofrem com a síndrome, mas também para todas as outras. “Muitos pessoas têm problemas com o peso, e estas descobertas sugerem que o risco extra de sofrer câncer pode ser neutralizado”, afirmou o especialista. A pesquisa foi supervisionada pela fundação de hospitais de Newcastle, órgão vinculado ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, sendo financiada pelo Conselho de Pesquisas Médicas do país, o centro de pesquisa Cancer Research UK, a União Europeia e a empresa farmacêutica Bayern Pharma.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta