Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – PF identifica garimpo ilegal no entorno das usinas

0

De volta

Herbert Lins reassumiu a presidência estadual do PHS. Ele havia aberto mão da legenda logo após a Operação Apocalipse. Professor universitário, Lins iria disputar o senado este ano, não fosse a operação. Outro que também reassumiu a presidência de sua legenda foi Luizinho Goebel, que retomou o PV, perdido na semana passada. A determinação da nacional do partido é que seja priorizado um candidato a federal. Os nomes que o PV dispõe para essa vaga são Aires Motta (Porto Velho), Vilson dos Santos (Vilhena), Corazinho (Cacoal), João Cruz (Buritis), Marcos Sussuarana (Porto Velho), Marcos Uchoa (Porto Velho) e Carlos Goebel (Vilhena).

Rodados

O bonde petista que foi a Brasília para garantir a candidatura de Padre Ton ao governo volta falando sozinho. A conversa com o senador Ivo Cassol não rendeu. O italiano quer o PT de vice e ainda quer apoio para candidatura ao senado. Padre Ton, que declarou não ser vice de ninguém, vai encarar a eleição sozinho. E não emplaca. O PT terá dificuldades até para eleger deputado federal no Estado. A legenda sempre andou na companhia do PDT, PSB e PC do B. O PDT está amarrado ao PMDB, o PSB está namorando o grupo de Cassol, mas só fecha se o candidato for Maurão de Carvalho, do contrário, preferem também o PMDB. E o PC do B está avaliando o cenário, mas também já conversou com Maurão de Carvalho.

Racha

E a disputa dentro do grupo cassolista sobre quem vai ser o candidato majoritário, se Maurão de Carvalho ou Jaqueline Cassol chegou a um impasse. Cerca de 10 partidos que compõe o grupo apóiam a candidatura de Maurão e alguns já deixaram claro que, se o deputado não for candidato, eles vão debandar, a maioria para o lado de Confúcio Moura, outros vão com Expedito.

O problema

Foi a demora de Jaqueline em decidir pela sua candidatura. Se a empresária tivesse mantido seu projeto, iniciado ainda ano passado quando assumiu a presidência do PR, certamente teria consolidado sua candidatura dentro do grupo. Ela chegou a anunciar seu afastamento da vida pública, em nota divulgada em setembro do ano passado. Ela anunciou, “desde que passei a exercer cargos em órgãos públicos e, mais precisamente à partir de quando assumi a presidência do Partido da República em Rondônia, ficou explícito como sou vítima da irresponsabilidade por alguns, em nome da liberdade de imprensa. Foi prevendo isto, que há 30 dias decidi entregar o cargo de Presidente do PR para preservar a paz e dignidade de minha família”.

A partir daí

O caminho ficou aberto para que outros fossem indicados. O nome de consenso, na época, já era o de Jaqueline, mas o anúncio de sua decisão jogou um balde de água fria nas pretensões do grupo. Com isso, Ivo Cassol passou a estimular novas candidaturas, entre elas a de Maurão de Carvalho, que passou a se organizar como candidato. Ele cresceu, articulou e agregou. Tira-lo da disputa agora é complicado, para não dizer um suicídio político. Outro ponto que vem incomodando o grupo liderado pelo senador é a candidatura de sua filha, Karine Cassol para deputada estadual. Os demais candidatos estão enciumados, principalmente porque ela anda visitando bases de candidatos do mesmo grupo, o que já está causando problemas.

Portanto

O senador está com uma “batata quente” para resolver e cá entre nós, conforme ele conduza esse processo, a situação tende a se complicar ainda mais, até porque ele enfrenta resistência dentro da própria família. O prefeito de Rolim de Moura, César Cassol não quer nem ouvir falar em candidatura de Jaqueline e Karine. Para ele, a única candidata da família seria Ivone Cassol, esposa de Ivo, “se ela for candidata apoio até financeiramente, as outras, pode esquecer”, disse César.

Investigação

A Polícia Federal comunicou a superintendência do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) que estariam ocorrendo extrações de ouro nos arredores das usinas de Jirau e Santo Antônio. O comunicado foi feito, por ofício, na última quarta-feira. O DNPM é o órgão responsável pela fiscalização em garimpos. Providências deverão ser adotadas nos próximos dias.

Vetado

A presidente Dilma Roussef vetou, na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) a construção da ponte sobre o rio Madeira no distrito de Abunã. Na prática quer dizer que os acreanos e rondonienses continuaram pagando a travessia na balsa do deputado federal Roberto Dorner (PSD-MT). Ele fatura algo em torno de R$ 1,8 milhão por mês com essa balsa. Sei não, mas acho que com um rendimento desses, a ponte não sai tão cedo.

Interessante

Que o governador do Acre, Tião Vianna, acompanhado da própria presidente, chegou a anunciar, para este ano, o início das obras da ponte. Se essa obra tiver início, será ano que vem. E não se sabe se Dilma ainda estará na presidência.

Enquanto isso

A ponte sobre o rio Chaputaia, que fica entre São Miguel do Guaporé e Alvorada do Oeste, caiu após a passagem de uma carreta bi-trem e deixou todo o Vale do Guaporé isolado. O acidente aconteceu na última quarta-feira.

De novo?

A coluna havia denunciado o furto de aparelhos de ar-condicionado no almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde e até agora nada foi dito. Agora chega a denúncia à coluna que foram furtados da IDARON 10 computadores com processador I7 no valor total de R$ 10 mil. O furto teria ocorrido no escritório que funciona na rua Aparício de Moraes, no setor industrial.

Nepotismo

E na secretaria responsável pelas obras do PAC, que estão sob a responsabilidade de Iacira Azamor, que também acumula a presidência da CAERD, ela empregou o genro, além de um casal. Seria interessante também observar os valores dos salários que estão sendo pagos na tal secretaria executiva do PAC. Salário de magnata.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância. Também estamos com grupos no aplicativo Telegram. Para mais informações acessehttp://painelpolitico.com/grupos-de-noticias

Vacina poderá prevenir Alzheimer

Uma forma de prevenir o Alzheimer está sendo desenvolvida e pode surgir através de vacina. Segundo o professor de neuropatologia, James Nicoll, da Universidade de Southampton, a vacina é feita a partir da mesma proteína beta-amilóide, encontrada no cérebro de quem possui a doença e deveria ser aplicada em pessoas abaixo dos 40 anos, antes de exibirem qualquer sintoma. Pessoas com idade entre 40 e 50 anos também poderiam ser vacinadas caso não apresentassem nenhum sintoma. Em palestra em Cheltenham, cidade inglesa, o pesquisador afirma que não se pode prever os efeitos da vacinação. — É possível que o acúmulo de beta-amilóide cause uma cascata de coisas que você não pode reverter. Mas poderíamos vacinar antes que a doença comece a se apresentar? Para mim, essa é a pergunta mais interessante e emocionante. Pode ser um prevenção, em primeiro lugar. Um estudo realizado na Universidade de Columbia está atualmente testando a teoria sobre uma família que é geneticamente predisposta à doença de Alzheimer mas seu resultado demorará décadas para provar se a vacina é eficaz. Somente na Grã-Bretanha, onde o estudo é realizado, cerca de 800 mil pessoas possuem a doença o que impacta em £ 23 bilhões a economia. Em outra pesquisa, o professor de psiquiatria biológica da Universidade de Southampton, Clive Holmes, alertou que o Alzheimer pode ser causado e agravado por infecções comuns, como a gripe.

Comentários
Carregando