Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – PMDB deve se aliar ao PSB em 2014 e rifar Mário Portugues em 2016

0

É bom observar

Em Cuiabá (MT), em setembro do ano passado foi diagnosticado e confirmado pela secretaria de saúde, um caso da doença filariose, também conhecida como elefantíase em uma imigrante haitiana de 30 anos. A transmissão da filariose se dá pela picada de um pernilongo, também conhecido aqui como carapanã. As Américas representam 0,3% da prevalência global e o país de maior número de casos é o Haiti, seguido pela Republica Dominicana, das Guianas e do Brasil. Em nosso país, são considerados focos de transmissão ativa o Grande Recife, em Pernambuco e a cidade de Maceió, em Alagoas. Belém do Pará, que na década de 50 era a área de maior prevalência, hoje é considerada um foco em extinção.

Pois bem

Todos nós conhecemos bem o sistema de saúde brasileiro e principalmente a irresponsabilidade de nossas autoridades no que diz respeito ao controle sanitário de nossas fronteiras. Os haitianos estão migrando em massa para o país e entrando em sua maioria pelo Acre e estabelecendo-se em nos mais diversos estados, e muitos aqui em Rondônia. Nada contra a entrada dos imigrantes, mas é necessario que se adotem medidas de controle, principalmente de doenças. A infecção, na maioria das vezes, é detectada pela presença da microfilária através do exame de sangue obtido de sangue capilar (retirado geralmente do quarto dedo da mão). Esses pequenos vermes só podem ser vistos ao microscópio. Pode ocorrer em indivíduos de todas as idades, porém a prevalência da infecção é mais alta entre os indivíduos do sexo masculino e na população de 20 a 40 anos de idade. Ou seja, se trata de um exame simples, mas que não está sendo feito.

Na capital

Os haitianos estão concentrados na região do bairro Embratel e não se sabe ao certo como está sendo feito o acompanhamento dessas famílias. Espaço tem para todos, mas com saúde não dá para brincar, até porque pela falta de incidência da doença por aqui, a rede pública de saúde não está preparada para diagnosticar a filariose. Para falar a verdade, em nossa rede pública, dengue virou virose faz tempo.

Podcast

Ouça a coluna:

Mandado de segurança

Na semana que vem os quatro vereadores de Pimenta Bueno, Dener Dias (PTB), Maicon Miyabara (PTB), Rodnei Pedroso (PMDB) e Celso Bueno (PSB), que foram cassados após terem sido presos na Operação Hígia, da Polícia Civil no final do ano passado, estão impetrando um mandado de segurança junto ao Tribunal de Justiça onde tentam anular a sessão de cassação. De acordo com a defesa, que passou a ser feita pelo escritório de Nelson Canedo, não foram respeitados os trâmites e isso pode levar a anulação.

Reunião

No próximo dia 24 acontece em Porto Velho uma reunião entre PP, PROS e PV para definir as candidaturas proporcionais e marcar uma outra reunião e decidir as candidaturas majoritárias. Também na semana que vem, o senador Ivo Cassol deverá reunir-se, pela segunda vez, com Padre Ton, deputado federal do PT e pré-candidato ao governo do Estado. Ivo e Ton estão costurando uma aliança que poderá resultar em uma terceira via na disputa, que por enquanto está sendo tratada entre Confúcio e Expedito.

Sobre Expedito

Falaremos da condição de elegibilidade do ex-senador na próxima semana. A matéria é extensa e está bem embolada. Existem duas correntes que tratam do assunto, uma diz que ele está apto e outra que não, voltaremos ao tema.

Perdeu a vez

O empresário Mário Português, que disputou uma eleição pela primeira vez em 2012 e conseguiu uma votação surpreendente na capital, seria a “bola da vez” na disputa ao governo agora em 2014, se não tivesse caído no canto da sereia do senador Valdir Raupp e migrado para o PMDB, onde certamente não terá espaço em 2016, quando sonha em disputar a prefeitura de Porto Velho novamente. Isso porque o PSB deve caminhar com o PMDB nas eleições desse ano e já foi batido o martelo também para as eleições municipais e trataram de rifar o empresário lusitano.

Nos bastidores

O PSB articula a indicação de Mário Medeiros para vice de Confúcio. Sei que muitos vão questionar, “mas quem raios é Mário Medeiros?”, pois é, vai saber. Coisas do PSB de Nazif.

De qualquer forma

A possibilidade de aliança entre os dois partidos é grande e é dada como certa para muitos, até porque a legenda enxerga longe e já pensa em 2018, quando poderá contar com o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires para suceder Confúcio Moura, caso ele venha a ser reeleito. Resta saber como vai se portar o PDT de Acir Gurgacz nessa história.

Já o PT

O deputado federal Padre Ton, além de andar bem próximo de Cassol, também anda correndo por fora e costurando algumas alianças. Uma delas é com o PV e quem está animadinho com essa aproximação é o deputado estadual Luizinho Goebel, que vislumbra a possibilidade de ser reeleito com a ajuda dos vermelhinhos. O PT deve fazer três ou quatro deputados estaduais e levar Luizinho junto.

Deixa eu ver

Acho que não entendi direito a questão dos índices de violencia em Rondônia. Em janeiro deste ano, mais precisamente no dia 6, o secretário de Defesa Marcelo Bessa informou em seu perfil no facebook, “Rondônia pulou da 8ª posição, em 2010, para a o 14° lugar, em 2013, entre os estados brasileiros mais violentos do país. Atualmente, o Estado apresenta uma taxa de 25,2 homicídios por 100 mil habitantes, sendo que em 2010 esta taxa era de 35 homicídios para cada 100 mil pessoas”.

Ai no último dia 5

O diretor de homicídios da SESDEC, Jeremias Mendes informou que vinte e cinco homicídios foram registrados nos 45 primeiros dias do ano somente na área metropolitana de Porto Velho. Desse total, houve 21 assassinatos em janeiro. “Pelo que se vê até agora, 2014, certamente, ultrapassará os índices de mortes violentas em relação aos anos anteriores”. A capital de Rondônia é a quinta mais violenta do país, segundo dados do Ministério da Justiça, que conclui os indicadores com base na população. “E o Carnaval ainda nem começou”,  diz o diretor, que alerta: “esses indicadores podem ser maiores, uma vez que as ocorrências registradas nos distritos não nos são comunicados. Somos a única delegacia que não satisfaz ninguém”.

E tem mais

Todos os dias temos notícias de violência nos mais diversos pontos da capital. São roubos de veículos, invasões a residências, assaltos à mão armada e por ai vai. A população está apavorada e pelo jeito a insegurança vai continuar. Situação está bem complicada por aqui. Sei não, mas acho que o diretor Jeremias Mendes anda mais realista em relação a situação de Rondônia no que diz respeito à violência.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS; Caso queira participar de debater envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância.

Quatro potes de iogurte por semana protegem contra diabetes

Um pote de 125g de iogurte a cada dois dias reduz em 28% os riscos de desenvolver diabetes tipo 2, segundo um estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. O alto consumo de laticínios com pouca gordura, como queijo fresco e cottage também protege contra a doença, de acordo com estudo com mais de quatro mil pessoas. O estudo foi publicado na revista “Diabetologia”, da Associação Europeia do Estudo de Diabetes, não provou uma relação causal entre o consumo de iogurte e o baixo risco de diabetes, o que significa que pessoas com este hábito alimentar podem, também, ter um estilo de vida saudável. Mas os pesquisadores dizem que é possível que os probióticos e uma forma especial de vitamina K dos iogurtes, associados à fermentação dos laticínios, fornece proteção contra o diabetes. Laticínios, afinal, são uma fonte rica de proteína de alta qualidade, vitaminas e minerais.

 

Comentários
Carregando