Coluna – Polícia Federal está de olho na turma que “quebra multa” na SEDAM

Denúncias envolvem supostos “assessores de deputados” que intermediariam redução e até extinção de multas aplicadas pelo órgão

Não foi preso

O empresário José Edmar de Souza, que havia sido detido na semana passada sob a acusação de estar aliciando menores para relacionamentos sexuais não ficou preso, como errôneamente foi divulgado pelos sites de notícias (inclusive PAINEL POLÍTICO). Ao chegar na delegacia, a jovem que estava com ele em um sítio, declarou que a relação era consensual, e que Edmar era seu namorado. Ela tem 16 anos e no caso, como não teve vítima, não existe crime. Ele havia sido preso em 2013 pelo mesmo motivo. Mas a “namorada” era outra.

Olha essa

Dilma Roussef entregou ao PDT a presidência dos Correios. A legenda já manda e desmanda no Ministério do Trabalho desde o governo Lula. Acir Gurgacz, senador rondoniense é do PDT. Acir Gurgacz é relator das “pedaladas fiscais” de Dilma. Acir Gurgacz também é o responsável pelo Orçamento 2016 e disse que “está tudo bem”. Alguém aí acha que seu relatório será condizente com a decisão do Tribunal de Contas da União que considerou criminosas as “pedaladas” de Dilma?

Nos EUA

O senador Ivo Cassol foi tema de uma reportagem da National Public Radio (Rádio Pública Nacional) americana em sua edição desta quarta-feira. O italiano integra a Comissão de Meio Ambiente (?) do Senado e será ela que terá uma palavra nas conversações internacionais de controle de clima, que acontece em Paris (FR) no final deste mês, onde representantes de quase todos os países já apresentaram suas metas para reduzir emissões de carbono. Cassol já adiantou sua posição, “se a Amazônia é o pulmão do mundo, o mundo terá que pagar o Brasil para respirar”.

Pois é

E argumentou assim, “é justo cobrar do Brasil para fazer toda a conservação, quando os Estados Unidos fizeram a bagunça, para começar? É muito hipocrisia dos norte-americanos. As mesmas regras devem se aplicar para todos ou para ninguém. Porque nós devemos ser o escravo de outros países? Os pulmões dos Estados Unidos? Os pulmões dos outros países? E querem nos pagar uma ninharia pela conservação? Eu não vou aceitar isso não”. Bem se vê que os gringos não conhecem Cassol. Alguém duvida que ele vá arrancar uns dólares da turma em Paris?

Internado

Está internado em estado gravíssimo em Fortaleza(CE), o ex-secretário de Saúde no governo Bianco e ex-senador de Rondônia, Claudionor Couto Roriz. Ele está em uma UTI e apresenta complicações cardíacas, renais e pulmonares. Médico, Roriz clinicou em Rondônia sendo eleito senador pelo PDS em 1982. Com a posse de Ângelo Angelim no governo em 1985 ingressou no PMDB e foi nomeado Secretário de Saúde do estado, o que permitiu a convocação de seu suplente, Alcides Paio. Candidato a deputado estadual pelo PSB em 1986 não foi eleito. Retornou à sua cidade natal e foi candidato a vereador pelo PDT, mas não foi vitorioso. Na gestão José Bianco, retornou à Rondônia para assumir, pela segunda vez, a secretaria de Saúde. Depois que deixou o cargo foi embora.

Cortes

E o governo deu início a série de cortes que está programada para acontecer agora no final do ano. E começou exonerando 36 comissionados (incluindo o superintendente) da SEPAZ, a secretaria que nunca serviu para nada. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 10. Ao mesmo tempo, a SUGESPE renovou assinatura do jornal Diário da Amazônia pela bagatela de R$ 45 mil. Pois é…alguém aí ainda lê jornal impresso?

Porto seguro

Um fazendeiro, que por motivos óbvios pediu sigilo sobre as informações, procurou a coluna relatando que foi multado pela SEDAM um tempo desses. Logo em seguida, ele alega que recebeu visita de uma pessoa que garantiu conseguir “quebrar a multa” dentro do órgão. Os chamados “lobistas”, umas criaturas que não são servidores, mas estão todos os dias lá pelos corredores do órgão. O fazendeiro então “esticou a prosa” e descobriu que para “quebrar a multa”, tinha que “fazer alguém sorrir”, (lembra daquele sargento do tropa de elite?) pois é. Ele decidiu que não iria por esse caminho. Resolveu denunciar na ouvidoria da SEDAM. Sabe o que aconteceu? O que acontece todos os dias por lá. Nada.

Pois é

Só que a Polícia Federal anda monitorando essa turma de lobistas, e vários se dizem “assessor de deputado”. Os denunciantes (é, tem mais de um) comunicaram também a PF que passou a investigar o caso. O que está ruim Confúcio, pode ficar muito pior. Acredite.

Sugestão

Os deputados estaduais e o próprio Executivo poderiam exigir a implantação de um sistema de multa digital. Assim, quando uma multa fosse aplicada pela SEDAM, os demais órgãos como IBAMA e Ministério Público seriam notificados pelo mesmo sistema, evitando que multas fossem “quebradas” e dando mais transparência ao cabide de empregos. Ops, desculpe, a SEDAM.

Uma dica?

Postos de combustíveis (e não foram poucos) que tiveram multas “quebradas” fizeram doações vultosas à campanhas de deputados em 2014. Em espécie e em combustíveis.

Sabe o que mais?

A maioria das multas aplicadas pela SEDAM podem ser canceladas por falta de normatização estadual. São aplicadas multas baseadas em legislação federal que é vaga. Quem conhece os meandros, resolve rapidinho. E sem gastar nada.

Acordou?

A deputada Glaucione teceu críticas na tribuna da Assembleia contra o DER e contra a SEDAM. Glaucione lembrou que em Cacoal existem diversas obras paradas e disse que o coronel bombeiro que ocupa a pasta não está nem aí para os pedidos dos deputados, “esgotei minhas visitas a esse órgão”, disse a deputada. Sobre a SEDAM Glaucione disparou, “a pasta já tem uma fama ruim e alguns servidores colaboram para isso”, referindo-se a a chefe da Coordenadoria de Licenciamento e Monitoramento Ambiental (Colmam), Márcia Alves, que teria fechado o setor por conta própria e deixado empresários alguns, após viajar quilômetros, sem atendimento. Pois é deputada, se a senhora que é parlamentar é ignorada, imagine a população.

Grupo LF informa – Conheça um pouco mais sobre injeção eletrônica

A injeção eletrônica é o sistema de alimentação de combustível e gerenciamento eletrônico do motor de um automóvel. Sua utilização em larga escala se deve à necessidade das montadoras reduzirem o índice de emissão de gases poluentes. Esse sistema permite um controle mais eficaz da mistura admitida pelo motor, mantendo-a mais próxima da mistura estequiométrica (ar/combustível), o que se traduz em maior economia de combustível, já que o motor trabalha sempre com a mistura adequada e também melhora o desempenho do motor. Algumas dicas para manter a injeção de seu carro sempre 100%.  O consumo excessivo de combustível ou falta de potência do motor pode indicar deficiência no sistema; No painel da maioria dos veículos existe uma lâmpada de advertência (geralmente um pequeno motor em amarelo) que ao piscar ou permanecer acesa com o motor em funcionamento, indica alguma anomalia; A manutenção preventiva do sistema de injeção poderá corrigir a formação de carvão na câmara de combustão, evitando danos ao motor; Quando houver dificuldade para fazer o motor funcionar pela manhã ou ele falhar/engasgar, é provável que o sistema necessite de limpeza e/ou de manutenção; Não pise no acelerador de veículos com injeção para ligar o motor, pois após a partida ele inicia seu funcionamento um pouco mais acelerado e logo volta à aceleração normal; cuidado ao fazer “chupeta” em carro com injeção eletrônica, pois uma sobrecarga ou uma inversão de polaridade dos cabos da bateria pode danificar os componentes eletrônicos; Não lave o motor com jatos de alta pressão, pois isso pode provocar falhas no funcionamento do veículo e danificar os componentes eletrônicos; Faça manutenção preventiva do sistema a cada 30.000 km; Os combustíveis aditivados ajudam a manter o conjunto da injeção limpo; Nunca deixe baixar completamente o nível do combustível. Como a bomba elétrica de gasolina fica dentro do tanque, é o próprio combustível que a resfria. Se ela esquenta muito, sua vida útil diminui. Além disso, com o tanque vazio todas as impurezas sobem para a injeção e podem entupir os bicos.

Faz o que quer

Há tempos que a população de Ouro Preto do Oeste pede que a empresa Eucatur pare de utilizar o terminal Três Coqueiros (que era um quebra galho) e passe a fazer as paradas dos ônibus no terminal rodoviário da cidade. O pedido foi feito por comerciantes, que alegam ter tido uma queda de 60% nas vendas. Eles fizeram um abaixo-assinado que reuniu mais de 600 assinaturas e entregaram ao deputado Aírton Gurgacz (foi o mesmo que nada). Também pediram ao Ministério Público, que expediu recomendação em agosto desse ano, mas também não foi atendido. A Eucatur para onde quer.

Bicada tucana

A bancada do PSDB divulgou nesta quarta-feira (11) uma nota em que reitera “de forma ainda mais veemente” o pedido de afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara, manifestado em documento conjunto divulgado pelos partidos de oposição em dia 10 de outubro. Cunha responde a processo de cassação no Conselho de Ética da casa, acusado de ter mentido quando afirmou em depoimento à CPI da Petrobras que não era detentor de contas bancárias no exterior. A bancada do PSDB classifica na nota como “insuficientes” as explicações de Cunha sobre contas atribuídas a ele na Suíça. Em entrevista a emissora de TV, Cunha se intitulou “usufrutuário”, mas não dono, de ativos no exterior.

Os bancos…

Pois é, para rir um pouco, dá uma olhada nesse vídeo ai embaixo e diz ai se o Brasil não está desse jeito….

Clínica Mais Saúde informa – Controlar a pressão arterial faz toda a diferença em sua vida

Uma abordagem mais agressiva para diminuir a pressão arterial poderia ajudar milhões de pessoas com mais de 50 anos, segundo os resultados de um estudo norte-americano publicado esta semana. Pacientes que conseguiram diminuir seus números sistólicos – ou seja, o maior dos dois números usados para descrever a pressão arterial – para menos de 120 mm Hg diminuíram seu risco de ataque cardíaco, insuficiência cardíaca ou derrame em 24%, e o risco de morte caiu em 27%. Diretrizes atuais pedem que os adultos mantenham a pressão arterial abaixo dos 140 mm Hg. Em setembro, o estudo patrocinado pelo Instituto Nacional de Saúde foi encerrado um ano antes devido aos resultados positivos. Na última segunda-feira, 9/11, um relatório detalhado sobre os resultados foi publicado no New England Journal of Medicine. No entanto, mais pesquisas são necessárias antes que as autoridades de saúde possam recomendar uma mudança de diretrizes atuais. O tratamento, que envolve o uso de medicamentos para baixar a pressão arterial combinados a opções de vida saudáveis, também veio com um risco aumentado para alguns efeitos secundários graves, incluindo pressão arterial ficaram muito baixas, desmaios, e problemas renais. Os pesquisadores também estão investigando como o tratamento pode afetar a cognição, demência e doenças renais. O estudo envolveu mais de 9.300 pessoas escolhidas aleatoriamente que tiveram como objetivo manter a pressão em 120 mmHg ou 140 mm Hg. Todos os participantes do estudo tinham idade entre 50 anos ou mais e haviam enfrentado um risco aumentado de doença cardiovascular, com uma pressão arterial sistólica de pelo menos 130 mmHg.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

3 thoughts on “Coluna – Polícia Federal está de olho na turma que “quebra multa” na SEDAM

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: